Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bor (distrito)

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Bor forneceu o urânio de Chernobyl?

Bor é a maior mina de urânio do mundo da Sérvia.

Índice

HistóriaEditar

 
Efeito da poluição radioativa

A mina de Bor foi fundada em 1903, aproximadamente, e representou uma grande mudança dos moradores do lugar, que agora tinham emprego. A extração de urânio se tornou a principal atividade econômica do distrito, apesar de não ser muito importante naquele tempo, anterior às bombas atômicas e usinas nucleares. Quando o Partido Comunista tomou o poder na Sérvia, depois da 2ª Guerra Mundial, a importância de Bor cresceu bastante, pois além de entregar urânio para as usinas nucleares soviéticas foi o principal fornecedor de combustível para a Tsar Bomba. Forneceu suprimento para a usina de Chernobyl durante anos, e depois do acidente nuclear tornou-se famoso em todo o mundo, ganhando reportagens especiais no Globo Repórter, no The New York Times e no Pravda. Contudo, foi durante a guerra do Kosovo que Bor demonstrou seu valor, construindo armas atômicas que, infelizmente, não seriam usadas, mas que ficariam na memória dos sérvios e virariam monumentos nacionais. Atualmente, Bor chega a ser comparada a Cubatão, e sua população sofre com a poluição radioativa. Os efeitos da poluição podem ser sentidos de lugares longíquos da Sérvia, como a Bósnia, Juazeiro do Norte e Rondônia. A causa disso é a redução drástica da poluição população.

EtniaEditar

A população boriana, como já citado, tem diminuído bastante por causa do lixão atômico espalhado pela cidade. Apesar disso, os remanescentes são em sua maioria de origem sérvia, apesarde haverem outras etnias vivendo no lugar.

Composição ÉtnicaEditar

  • 80% - sérvios.
  • 35% - imigrantes ilegais.
  • 79,8% - pessoas sob efeito da radiação.
  • 0,3% - cafetões

EconomiaEditar

A economia boriana ainda se baseia na exportação de urânio. Atualmente, fornece tanto para Angra I quanto para Angra II, e há um acordo entre o governo de Bor e a África, para que o distrito venda urânio com desconto.