Abrir menu principal

Desciclopédia β

Br'oz

ESTE ARTIGO É SOBRE UM GALÃ!!

Ele provavelmente não passa de um BBB: bom, bonito e burro pra cacete. Mas e daí? As mulheres (e alguns homens) ficam babando litros toda vez que ele aparece na TV (ou em revistas), já que ele é um

GALÃ.

Gerard butler.jpg
Bernardinho nervoso jpg.jpg Please STOP the music!

Este artigo se trata de cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.

Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

U telec2k.jpg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos anos 2000!
Se você nasceu nessa época, não teve que temer a Skynet ou o Bug do Milênio.


Br'oz
[[Imagem:|200px]]
Origem Sampa
País Brasil
Período 2003 - 2005;2016-2018
Gênero(s) Pop, Música Cigana
Gravadora(s) Sonyfero Music
Integrante(s) Filipe Duarte, Matheus Herriez, Oscar Tintell, André Marinho e Jhean Marcell
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}


Cquote1.png Você quis dizer: Rouge masculino Cquote2.png
Google sobre Br'oz
Cquote1.png Você quis dizer: Backstreet Boys Cquote2.png
Google sobre Br'oz
Cquote1.png Experimente também: N'SYNC Cquote2.png
Sugestão do Google para Br'oz
Cquote1.png "Sim, Sim, Sim..." Cquote2.png
Br'oz sobre sua música
Cquote1.png São tudo puta! Cquote2.png
Eu sobre fãs imbecis do Br'oz que alteram este artigo
Cquote1.png EU QUERO DAH PRA ELES!!!! Cquote2.png
Guria Retardada sobre Br'oz
Cquote1.png Certamenta são um quinteto Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Br'oz
Cquote1.png Alguém ainda ouve isso?! Cquote2.png
Qualquer um sobre Br'oz
Cquote1.png Que artigo merda hein? Cquote2.png
Desciclopédia sobre a criatividade deste artigo

Br'oz foi uma boyband brasileira fundada em 2003 e afundada em 2005, refundada em 2016 e afundada mais uma vez em 2018. Seus integrantes eram: Filipe Duarte, Matheus Herriez, Oscar Tintell, André Marinho e Jhean Marcell, os clones dos Backstreet Boys. A banda teve muitas fãs e obteve sucesso com músicas copiadas de cantores internacionais, sendo Prometida o maior sucesso.

Índice

AvisoEditar

Para quem entrou neste artigo pensando em comprar uma motocicleta, anganou-se! Trata-se de uma boyband que encerrou as atividades. Não confunda com Warner Broz também.

A FormaçãoEditar

Em 2002, a RGB funda o Rouge, enquanto nos States os Backstreet Boys aparentemente acabam: foi ai que a RGB teve a necessidade de ganhar mais dinheiro, desta vez com uma boyband. Para isso a RGB junto à Sony e ao SBT forjaram um novo concurso, mas, os futuros integrantes da banda já haviam sido produzidos através do método da clonagem. As vitimas deste plano malígno foram nada mais nada menos que os Backstreet Boys. O tutor deles era o Rick Bonadio e o padrinho era o Ricky Martim, formando a dupla Rick & Ricky.

Os dois anos de sucessoEditar

Em 2003, Filipe, Matheus, André, Oscar e Jhean venceram o concurso e estrearam com a música ruím Prometida(versão da música Fruta Fresca, do Carlos Vives), a música era uma tentativa de retorno aos casamentos arranjados. Em seguida veio Tudo Que Você Quiser, outro sucesso ruím, que desta vez não era cópia. Nesse mesmo ano lançaram seu primeiro álbum: Br'oz - um compilado de plágios, versões e músicas de baixa qualidade. No começo de 2004, lançaram a música Se Você Não Está Aqui, que serviu para manter o sucesso e o público: pessoas de gosto horrível. Ainda em 2004, lançaram o álbum Segundo Ato, cujos singles foram:Vem Pra Minha Vida - plágio da música Entra En Mí Vida do Sín Bandera- e a canção Toma Conta de Mim, que é outra porcaria. Ainda em 2004, gravaram a música Ela é Um Anjo, cópia da música Ella és Un Angel do Chris Durán; a música foi usada na abertura da novela Esmeralda, que é uma cópia da novela mexicana Esmeralda. Em 2005, após problemas burrocráticos e a ampla concorrência com Rouge, Sandy & Júnior, KLB e outros lixos, o Br'oz fechou as portas em junho.

O reencontroEditar

Em 2016, os cinco integrantes se reencontraram num çurrasxco na lage e retornaram ao grupo, no mesmo ano lançaram um EP gravado no estúdio Video Show Livre, além do single que fala sobre o fim do grupo: Foi Melhor Assim. Em 2017, lançaram o EP Robin Hood, incentivando os pobres a roubarem os ricos. Neste EP, continha o single Foi Melhor Assim e as canções Sentimento de Paz após fumar um beck, Cheio de Vontade de cheirar, e a regravação de Quando o Dia Acabar (Vou pra farra). Anunciaram seu novo trabalho na Tv, mas não deu certo. Em 2018, lançaram a música Cala a Boca e Vem Cá fumar, em dueto com o Daltonico Max, mas ninguém ouviu. Ainda em janeiro, o grupo faliu de novo.

IntegrantesEditar

  • Filipe Duarte - Versão másculina da Luciana do Rouge. Canta mais que os outros quatro.
  • Matheus Herriez - Equivalente ao Nick Carter dos Backstreet Boys. Só serve pra atraír moças tolas.
  • Oscar Tintel - O compositor do grupo. É o único com uma gota de talento, mas usa um penteado medonho.
  • André Marinho - O pagodeiro do grupo, além de ser meio doido.
  • Jhean Marcell - Japonesinho que ninguém liga

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdioEditar

  • Broz (2003)
  • Segundo Ato (2004)

EPEditar

  • No estúdio Show Livre (2016)
  • Robin Hood (2017)

DVDEditar

  • Os Novos CornoStars (2003)

TurnêsEditar

  • Turnê Preterida (2003–04)
  • Turnê Segundo Pato (2004–05)

PromocionaisEditar

  • Turnê Planeta Pop (com [[Rouge) (2004)


Músicas Famosas/PlágiosEditar

  • Prometida - Maior sucesso do grupo. É uma cópia da música Fruta Fresca, do espanhol Carlos Vives, e consiste basicamente em traduzir a versão original que incentiva a volta dos casamentos arranjados e influência as pessoas a se tornarem ciganas. Só fez sucesso por causa do refrão: Sim, Sim, Sim! Este amor é tão profundo.
  • Tudo o Que Você Quiser - Uma das poucas músicas do grupo que não e plágio, quer dizer, versão. Foi sucesso na época, mas ninguém mais lembra. O eu lírico diz que fará tudo que você quiser. Óbvio!
  • Se Você Não Está Aqui - Single deles em 2004. É uma canção tediosa e melosa, além de ser cantada aos choros.
  • Vem Pra Minha Vida - Outro single de 2004, mas presente no cd Segundo Ato. É uma versão da música Entra En Mí Vida, da dupla espanhola Sín Bandera, com um arranjo estilo Se Você Não Está Aqui. é o último sucesso do grupo.
  • Amadeus - Plágio da música Rock Me Amadeus do austríaco Falco. Não foi single, mas fez sucesso com adolescentes analfabetos que nem mesmo conhecem o Wolfgang Amadeus Mozart.
  • Toma Conta de Mim - Segundo single do Segundo Ato. Não fez sucesso.
  • Ela é um Anjo - Gravada para a abertura da novela Esmeralda do Sbt. é uma versão da música Ella és Un Angél, do Chris Durán. É conhecida, mas poucos sabem que é o Broz que gravou.

Video ClipesEditar

  • Prometida (2003) - É um documentario sobre ciganas.
  • Se Você Não Está Aqui (2004) - O videoclipe mais tedioso, enfadonho e maçante do grupo, gravado num fundo branco.
  • Vem Pra Minha Vida (2004) - É um videoclipe meio R&B, o menos pior.
  • Foi Melhor Assim (2016) - Gravado no estúdio, o que indica falta de recursos.

Ver TambémEditar

  • Backstreet Boys
  • Rouge
  • Ricky Martim
  • Dalto Max
  • KLB
  • Sony Music