Abrir menu principal

Desciclopédia β

Brago e Sherry Belmont

Hitler curtindo um som do Fresno. Brago e Sherry Belmont é emo.

Se você não respeitá-lo(a), um deles chamará o Adolfinho para lhe transformar em purpurina.


Cquote1.png Você quis dizer: Avril Lavigne Cquote2.png
Google sobre Sherry
Cquote1.png Papai! Cquote2.png
Brago sobre Ryuk.
Cquote1.png Tira essa roupa preta porque você não é caveira, você é muleque, MULEQUE!!! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Brago
Cquote1.png Você traiu o movimento punk, véio! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Brago
Cquote1.png THIS IS... SAPATAAAAAA!!! Cquote2.png
Leônidas sobre Sherry
Cquote1.png Você mancha o nome dos Belmont!!!!!! Cquote2.png
Simon Belmont sobre Sherry
Cquote1.png AihHhHH EuHHh AmMuUHhhHHh MinNhHAa XuPpEEr MEeLlHhoOR MmIiGgUuXxA!!! Cquote2.png
Sherry sobre Koko

Brago e Sherry Belmont, são dois personagens, que formam mais uma dupla de treinador e parceiro pokémon, do desenho Zatch Bell!. Juntos eles lutam para tentar vencer a Batalha Mamodo e salvar a melhor amiga de Sherry das garras de uma mamodo impiedosa e ninfomaníaca.

Índice

BragoEditar

 
Ser ou não ser Emo? Eis a questão!

Brago ou Bragão para os íntimos, é o mamodo fodão da Sherry. É um ex-punk, um jovem gótico, e um emo reprimido. Como a maioria dos mamodos maus ou aspirantes a vilão, é bastante apático, talvez por não terem sangue correndo nas veias, ou mesmo por serem exímios cheiradores de gatinhos.

Assim como grande parte dos personagens dos animes da atualidade, Brago “esbanja criatividade”, afinal, em que outras centenas de desenhos você poderia encontrar um monstrinho gótico, que veste preto, usa maquiagem e tem poderes gravitacionais das Trevas?

O primeiro contato de Brago com Sherry, foi em um incidiu, quando ele salvou sua vida, impedindo que ela fosse estuprada por uma mamoda do capeta chamada Zofis.

A principio, ele odiou ter que fazer par com um humano, por considerar essa, uma raça fraca e medrosa. Pior ainda se tratando de uma mulher, e ainda por cima, se tratando de um emo do gênero feminino. Mas o verdadeiro motivo por ele não gostar dela, é que ela nunca dava para ele.

 
Em cima, Brago. Em baixo, Ryuk. Mais criativo impossível

Assim que se uniu à Sherie, Brago teve varias mudanças. A criatura perversa, e pálida, adoradora do Heavy Metal Satânico, continuou pálida, mas graças a convivência com sua parceira, tornou-se mais EMOtivo, e adquiriu grande gosto por Simple Plan e My Chemical Romance.

Ao contrario dos outros mamodos, Brago é um dos poucos personagens realmente machos do desenho. Apesar do gosto por música ruim, e do comportamento um tanto quanto gentil para com criancinhas em perigo, Brago não demonstra seus sentimentos, não chora e não tenta se suicidar (ao menos até o último episódio). Diferente dos outros mamodos também, Brago é um grande seguidor das doutrinas de Chuck Norris e do Clube da Luta, e prefere usar os punhos para vencer as batalhas, embora faça uso constante de seus poderes para vencer e para conquistar uma fêmea.

Pouco se sabe sobe o passado de Brago e sua vida no Inferno, mas especula-se que ele não seja um mamodo e sim um shinigami, que fugiu do Mundo Shinigami, pois não tinha nada melhor para fazer e resolveu entrar na batalha pelo inferno. È provável que Brago seja na verdade, filho do shinigami Ryuk, ou apenas mais uma das mil copias mal feitas da série. Prova, vide foto.

Brago tem uma grande rivalidade com Zatch, mas como não poderia deixar de ser, eles acabam se unindo, para derrotarem Clear Note, um demônio mais fodão que eles. Após derrotarem Clear, eles dão uma pequena pausa de três meses, tempo suficiente para Zatch assistir à formatura de Kiyo, e Brago conseguir o autografo do Pierre Bouvier

Na luta final, Brago tem a grande chance de se tornar o Rei Mamodo, mas deixa que Zatch queime seu livro, consagrando Zatch como Rei e ele como Zé Ruela.

Sherry BelmontEditar

 
Não provoquem a Sherry, ou ela vai xingar muito no Twitter.

Sherry Belmont é uma Emo Francesinha da Zelite, personagem da série Zatch Bell! e poke-treinadora de Brago. Foi uma das primeiras a dar uma surra no Kiyo, e a explicar as regras da Batalha Mamodo a ele. Poderia ter queimado o livro dele e de Zatch, mas é obvio que isso não aconteceu, e ela preferiu deixá-los vivos, pelos mesmos motivos de sempre: os protagonistas nunca podem perder e é obvio que se ela queimasse o livro deles a série não teria sentido.

Desde criança, Sherry já demonstrava tendências Emo-suicidas, por ser odiada pelos pais e por esses não permitissem que ela ouvisse música Emo. A mãe de Sherrie, obrigava que ela tocasse piano até que seus dedos estourassem, e ainda batia nela, por ela ser uma maldita emo e uma vergonha à família.

Cansada de não ser amada, e de não poder ouvir suas músicas, ela tenta um suicídio e pula da ponte, mas para desgraça de toda humanidade, ela não morre e é salva por uma garotinha chamadaCocô. A partir desse dia, Sherry, passa a se sentir amada, e por não compreender direito esse sentimento e pela falta de homens na França, se apaixona perdidamente.

O povo da Vila onde Koko mora, frustrado com a impensada atitude dela em ter salvado um Emo da morte, começa a persegui-la e estuprá-la, até que um dia ela se cansa dessa vida e conhece Zofis, a mamoda filha do capeta. Juntas as duas botam fogo na Vila e na Califórnia. Sherie tenta impedi-las, mas Zofis tenta estuprá-la. Nesse momento, ela tem o primeiro encontro com Brago que a salva e lhe dá o livro Preto da Hello. Depois desse dia, Sherry se uni a Bragão e sai em uma insana Caça as Bruxas, em busca de seu verdadeiro amor e do diabo que ferrou com a vida dela.

O que Sherry não sabia era que o livro que detinha era na verdade um Death Note, mas as pessoas que tinham seus nomes escritos no livro, nunca morriam, já que o Livro era incapaz de compreender o miguxês. Como Brago é extremante machão e forte, Sherry não precisa usar o Death Note, apesar de às vezes utilizar-se de alguns fogos de artifício poderes para vencer as Batalhas.

Quando Brago finalmente enfrenta Zofis, ele come a bunda dela sem dó nem piedade, fazendo ela virar um despacho de macumbeira de segunda e trazendo Koko de voltar ao normal. Sherry finalmente se declara a Koko e as duas fazem as pazes, assumem seu amor e fundam a ALD (Associação das Lésbicas Desabrigadas).

Sem mais nenhuma preocupação, Sherie promete fazer de Brago o Rei, e se empenha completamente na batalha. Mas eis que surge Clear, um vilão ainda mais fuderoso, e Sherry pela primeira e única vez, se une de boa vontade a um homem, Kiyo, para derrotar o novo vilão.

No fim das contas Brago acaba perdendo para Zatch, e Sherry viaja para o Canadá para se casar com Koko.

 
Death Note Livro preto de Poderes

PoderesEditar

  • Reis: Uma esfera tosca de energia. Poder típico de anime. (Ataque)
  • Engravidei: Gravidade esmagadora, que prende o inimigo no chão, provocando vários gemidos. (Imobilização)
  • Engravidou: Único poder de defesa de Brago, que cria mais uma esfera roxa, que se diz defender alguma coisa (Defesa)
  • Do Kiyo engravidei: Brago controla a gravidade, esmagando tudo em sua volta. Porém essa é apenas a teoria, na pratica, o que esse poder conseguiu fazer, foi desmatar a Amazônia e enterrar alguns noobs (os serralheiros fazem isso o tempo todo). (Ataque)
  • Diogo engravidou: Uma esfera tosca com as cores do goticismo que causa uma explosão bem gay que faz os mamodos se derreterem por Brago. (Ataque)
  • Babei na ruga e engravidou: A mesma merda que o "Do Kyio Engravidei" mas com uma força muito maior, e com mais controle na gravidade. (Ataque e defesa)
  • As Rugas dos Reis: Faz uma quantidade extensa de gravidade, que ao atingir o oponente, com certeza poderá queimar seu livro. (Ataque)
  • Ariel Engravidou: Mesma coisa que quando o Kiyo engravida, mas um pouco menor. (Ataque)

Ver tambémEditar