Abrir menu principal

Desciclopédia β

Brasão de Armas do México

Brasão de Armas do México é um símbolo nacional muito conhecido em países vizinhos, por estar presente nos passaportes e documentos de zilhares de imigrantes ilegais pegos pulando as fronteiras das nações vizinhas todo ano.

Estados Unidos Mexicanos
Mexico emblem.JPG

DescriçãoEditar

O que vem a ser conhecido como brasão de armas do México hoje em dia foi roubado dos concebido pelos astecas, consistia de uma águia comendo outra águia, uma representação perfeita do canibalismo que já era uma tradição inabalável em meio às tribos mexicanas. Através de uma ideia do designer asteca Tupac José Amaru da Silva a águia comedora foi colocada pisando num cacto, numa referência sutil à suposta cabra-omice do povo local e das provações que o humilde trabalhador mexicano tinha que passar pra ganhar a vida nos Estados Unidos.

Com o passar do tempo o canibalismo foi saindo de moda e o governo do México se viu obrigado a mudar o brasão, a águia menor foi substituída por uma cobra do deserto sob efeito de tequila que de tão bêbada errou o caminho de casa e foi parar direto no bico da ave de rapina, servindo de lição pras novas gerações de aventureiros sobre os perigos de vagar na fronteira EUA/México no deserto de noite. O eterno combate entre a águia do bem e a cobra do mal foi designado como uma espécie de yin-yang maluco mexicano e sabedoria passada de cowboy pai pra cowboy filho, porém essa noção foi abandonada com a chegada do catolicismo, em referência a qual a coroa do papa foi adicionada de forma singela na cabeça do referido pássaro.

E por fim mas não menos importante, não poderia faltar embaixo as plantas de procedência duvidosa de uma só vez representando o agave (matéria prima da tequila) ou a pimenta absolutamente indispensável no dia-a-dia mexicano ou a maconha traficada a toneladas pros EUA ou o capim do outro símbolo nacional mexicano, a vaca comendo capim.