Abrir menu principal

Desciclopédia β

Brasilândia

Cquote1.png Nunca ouvi falar dessa porra! Cquote2.png
Dercy Gonçalvez sobre Brasilândia

Brâsilandia é um micro-município acriano perdido em Mato Grosso do Sul, relativamente perto da civilização (São Paulo) mas desconhecido pela civilização. Acredita-se que o local é um lugar com um sol azul, 40 luas, e 3 sóis vermelhos, pois só isso poderia explicar o motivo de lá fazer um calor pra caralho, segundo a astrologia.

Índice

HistóriaEditar

 
Cidadãos brasilandenses honestos são pegos e apreendidos com 2 toneladas de doce de leite, alimento proibido na região, pois não há nada de bom na cidade para comer, nem doce de leite.

Ninguém sabe ao certo como surgiu essa pequena favela, nem a Wikipédia, nem o Google, nem o IBGE e nem o site da prefeitura. Sabe-se apenas que por tradição oral, era um antigo território que fora governado por 34 anos por mafagafos dos Estados Unidos, pequeno reino que depois foi destruído pela chegada dos Pringles no Brasil e anexado como território de Corumbá, sendo construído de novo em 1963. Devido a um feitiço temporal, a cidade nunca mais saiu daquela data, e até hoje permanece exatamente como era em 1963.

GeografiaEditar

Chegar em Brasilândia é uma tarefa quase impossível, mas existe um jeito mágico. Apenas diga "weluidoskiu" três vezes, depois pule do Monte Everest e então uma camada de Matrix irá se abrir e te engolir, e então você acordará nesse mundo paralelo chamado Brasilândia.

E Brasilândia, por estar situado em outra dimensão, o formato da Terra é horizontal e todos veem o espaço sideral, e lá os cidadãos consideram funk um estilo musical bom com melodia agradável.

EconomiaEditar

Uma micro-cidade destas isolada no meio do nada não tem economia própria, sendo totalmente dependente das muambas advindas da Bolívia e Paraguai. Como a cidade é estrategicamente posicionada no meio do nada, sem segurança nem nada, é rota ideal para traficantes entrarem no estado de São Paulo onde existe a maior população de maconheirinhos imbecis do mundo.

PopulaçãoEditar

Meia-dúzia de pessoa que fazem a cidade nem aparecer no mapa. Lá as mulheres são homens, e os homens são homens mesmo.

CulináriaEditar

As comidas típicas locais são: