Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bring Your Daughter... To the Slaughter

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Cquote1.png Let her go, let her go, let her go! Cquote2.png
Bruce Dickinson implorando para o papai deixar a filha dele ir pra fazer coisas
Cquote1.png Além de ser banda satânica ainda faz apologia a pedofilia! Cquote2.png
Algum Evangélico fanático sobre Iron Maiden

Bring Your Daughter... To the Slaughter é o segundo single do álbum No Player for the Dying, da banda Inglesa de Rock Paulera Iron Maiden. Foi lançada em 24 (Ui!) de Dezembro de 1900 e bolinha, e é considerada por muitos uma das piores músicas da história do Heavy Metal, mas pelos fãs dominados pelo Satanás enquanto gritam "MAIDEN, MAIDEN!" é considerada uma das melhores. A música é repetitiva pra caralho, e 70% dela é Refrão, outros 20% é solo de guitarra, e o resto é resto.

Dj Bruce mexendo o disco pra estragar mais ainda a música

Índice

Sobre a músicaEditar

Essa música é considerada do Iron Maiden, mas na verdade, foi o Bruce Pau-no-filho (combina com o nome da música) quem a gravou primeiro, enquanto estava em carreira solo, e foi feita para ser incluída na trilha sonora de um filme do Freddy Krueger. A versão original dessa música você encontra lá em Pato Branco num disco do Dick-in-son, e a do Airam Meidem tá no disco No player for the Dying (Playboy não dirige), que é um dos álbuns mais criticados pelo público, mas mesmo assim eles conseguiram bater o recorde de vendas desse disco, vendendo incríveis 24 cópias em toda a Inglaterra, e se somar no mundo inteiro, incriveissississímas 50 cópias, pra você ver como o disco é ótimo. Mas o Bruce Dick-in-son, que de besta não tem nada, depois de alguns anos deu no pé e foi substituído pelo Blaze Bayley, que foi com a banda de mau a pior e vendeu míseras 3 cópias do seu disco X Factor em toda a Europa. Depois de uns 6 anos, o coitadinho do Blaze cansou de levar tomatada, bananada, garrafada e vaias nos shows, também deu no pé, e assim, Bruce voltou e está na banda até hoje.

Letra da músicaEditar

Bring me your Daughter... To the Slaughter

Honey it's getting close to midnight
And all the myths are still in town
True love and lipstick on your linen
Bite the pillow make no sound
If there's some living to be done
Before your life becomes you tomb
You'd better know that I'm the one
So unchain your back door and invite me around

Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go!
Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go!

 
Inspiração de Bruce pra compor a música

Honey it's getting close to daybreak
The sun is creeping in the sky
No patent remedies for heartache
Just empty words and humble pie
So get down on your knees honey
Assume an attitude
You just pray that I'll be waiting
Cos you know, you know I'm coming soon

Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go!
Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go!

So pick up your foolish pride, no going back
No where, no way, no place to hide

Bring your daughter, bring your daughter, bring your daughter,
bring your daughter, bring your daughter, bring your daughter to the slaughter

Bring your daughter, fetch your daughter, bring your daughter,
fetch your daughter, bring your daughter, fetch your daughter to the slaughter

Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go!
Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go!
Bring your daughter, bring your daughter to the slaughter
Let her go, let her go, let her go! Let her go! let her go, let her go!
I'm coming get you, now!

 
Traga seu filho para a matança!

TraduçãoEditar

 Traduzindo: Traga sua filha... para a Suruba
Babel Fish sobre Bring me Your Daughter... To the Slaughter

O Honey está fechando alguma coisa as meia-noite
E o Will Smith ainda está na cidade
Amor verdadeiro e batom no Sr. Lilen
Morda minha pica mas não gema
Porque quem vai gemer de dor serei eu
Antes de você comer uma tromba
É bom você saber que eu sou o escolhido
Abra sua porta dos fundos e deixe meu instrumento entrar

Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!
Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!

O Honey quer dançar Break
O Sol está assistindo filme na SKY
E não tem remédio pros seus parentes!
Somente um Word vazio e seu pai
Ajoelhe-se, Honey!
Faça um boquete em mim, eu espero!
Vamos, começe!
Você apenas reza, porque eu estou gozando
Mas você sabe, que eu vou comer o Soon!

Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!
Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!

Só não volte com sua pickup
Pra lugar nenhum, nenhum caminho, nem porra nenhuma

Traga sua filha, traga sua filha, traga sua filha,
traga sua filha, traga sua filha, traga sua filha para a Suruba

Traga sua filha, busque sua filha, traga sua filha,
busque sua filha, traga sua filha, busque sua filha, para a Suruba

Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!
Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!
Traga sua filha, traga sua filha, para a suruba
Deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir, deixe ela ir!

Estou indo te comer, agora!

Explicando a letraEditar

Bruce Dickinson fez essa música para ser tocada num filme do Freddy Krueger, mas ela além de falar sobre assassinato fala sobre um cara que estava na seca, mas também estava cansado de comer seu cachorro, e por isso, estava implorando para o vizinho levar a filha dele para rolar um sexo à 3. Mas terminou que ela não foi e o cara não acabou com o jejum de mais de 900 dias sem fazer sexo, e prometeu que ia atrás dela fazer algumas coisas com ela.

CréditosEditar

  • Bruce Dickinson Fez a música sozinho na versão do filme, mas logo depois também gravou com o Airam Meidem, e mais 4 anos depois saiu da banda para ser substituído pelo Blaze Bayley. ...Que não durou muito na banda.
  • Steve Harris O baixista, chefão da banda e compositor da maioria das músicas
  • Janick Gers Janick Germes, recém-chegado na banda para substituir o Agente Smith e está até hoje dando chilique nos shows e dando chute no saco do Eddie.

Ver tambémEditar