Abrir menu principal

Desciclopédia β

Burzum

Emblem-sound.svg.png Burzum
Logotipodogrupo.jpg
O logotipo da banda após Varg Vikernes ficar horas escolhendo, no programa Microsoft Word, qual era o tipo de letra que ficava mais bonitinho.
Nome Mussum Burzum
Origem Bandeira da Noruega NoruegaBergen
Sexo Só faz sexo com arianos altos, loiros e de olhos azuis
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
guitarra de quinta, bateria desafinada, baixo que não da para escutar e uma gritaria de quem parece estar levando no cu.De vez em quando usa um teclado para imitar o Caçulinha.
Gênero Black Metal com teclado e sem falar do capeta.
Influências Tecnobrega (principal influência), Marvin Gaye e Lionel Richie
Nível de Habilidade Como jogou muito RPG quando era criança deve ter habilidades em torno de 7.
Aparência Fanático religioso bissexual
Plásticas Tentou fazer uma no Euronymous e acabou matando ele.
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Queimar Igrejas, queimar a rosca e escrever textos falando mal de tudo o que não seja Pagão e Nórdico.
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Qualquer Deus da Mitologia Nórdica (em especial Odin).

Cquote1.png Você quis dizer: Bumbum Cquote2.png
Google sobre Burzum
Cquote1.png Você quis dizer: CUrzum Cquote2.png
Google sobre Burzum
Cquote1.png Você quis dizer: Buzum Cquote2.png
Google sobre Burzum
Cquote1.png Experimente também: Barulho Cquote2.png
Sugestão do Google para Burzum
Cquote1.png Na União Soviética Burzum escuta VOCÊ. Cquote2.png
Reversal Russa sobre Burzum
Cquote1.png Tá muito cara a passagem! Cquote2.png
cidadão confundindo Burzum com Buzum
Cquote1.png Já fiz sexo com um. Cquote2.png
ser gay Serguei de Saquarema também confundindo Burzum com Buzum
Cquote1.png Eu já queimei mais Igrejas do que o vocalista dessa banda! Cquote2.png
Euronymous sobre Burzum
Cquote1.png E dái?Eu já queimei mais a rosca do que você!!! Cquote2.png
Varg Vikernes sobre o comentário anterior
Cquote1.png Vocês trocados por merda é caro!Eu admiro mais a merda do que vocês!Entendeu?Eu dou valor ao cheiro da MERDA...AO CHEI-RO DA MER-DA DO QUE DOU VALOR A VOCÊS!! Cquote2.png
Alborghetti sobre a discografia do Burzum

Burzum Old School

Burzum é um projeto solo criado pelo sociopata comunitário, fanático religioso e pseudo-intelectual Varg Vikernes, que também atende pelos pseudônimos Conde e Vavá (sendo esse último utilizados somente para os mais próximos).Foi responsável por criar o gênero NSBM (não confundir com BSDM),Ambiente e WTF.Começou em 1991 e existe até hoje (foi o único jeito que Varg Vikernes encontrou de se vingar ,legalmente, daqueles que o prenderam). Entretanto, para entendermos a história do Burzum primeiramente devemos entender a história de Varg Vikernes.

Índice

História de Varg Vikernes

 
Varg Vikernes discutindo com a própria mãe.A mamãe chegou com a máquina de fotografar e disse:   Filhinho, faz uma pose para a mamãe   Aí Varg respondeu com toda a sua raiva Viking:   Poser?Eu sou TRUE, sua filha da puta.  

Varg Vikernes, antes de tudo, nasceu naquele enorme freezer que atende pelo nome de Noruega.Como a maioria da população norueguesa, e também de toda a Escandinávia (digamos que esse númeor é 99%), Varg Vikernes não tinha muitas alternativas de diversão.Em Minas Gerais linhas gerais, o que era para ser um moleque que se diverte de toda forma possível, Varg se limitou a ser um pirralho que só jogava RPG (Os seus prediletos eram um que se passavam na Guerra Fria e outro, logicamente, sobre a Mitologia Nórdica) e ficava brincando com os amiguinhos na florestas (coisa que você pode conferir no primeiro testículo que Varg Vikernes escreveu na prisão). Entre uma brincadeira e outra, Varg ficava falando com os seus amiguinhos, também metaleiros, sobre as bandas de metal que ele curtia (um desses amiguinhos, devo dizer, eram os caras do Immortal).

Na escola, Varg se comportava como todo bom garoto anti-social.Acontece que, enquanto a maioria dos garotos anti-sociais não falam com os outros porque têm vergonha ou são excluídos, Varg não falava porque se achava muito importante e também porque não queria se misturar com aquela gentalha cristã.A propósito, o ódio de Varg a tudo que é misturado é tanta que ele parou de tomar Nescau quando descobriu que esse era o resultado de uma mistura de chocolate-em-pó com leite.

Entretanto, se você acha que a arrogância dele começou só na escola você está muito enganado.Varg já era arrogante antes de nascer.Sua propotência era tanta que ele venceu a corrida dos espermas, no corpo da mãe dele, é claro, porque matou os outros concorrentes (50% carbonizados e outros 50% esfaqueados).Varg não nasceu, ele que fez o próprio parto.Conseguiu essa façanha graças a sua faca de 8 cm que ele carrega até hoje.Varg ficou esfaqueando a barriga da mãe até que ele pudesse sair.Cortou o cordão umbilical e ainda deu uma facada na bunda da parteira, porque essa pretendia, maléficamente segundo o Varg, a dar um tapa na bunda dele.

Na adolescência não foi muito diferente.Enquanto a maioria dos jovens noruegueses estavam a fim de arranjar uma namorada para trepar, Varg se preocupava mais em ficar treinando tiro-ao-alvo para uma possível invasão da URSS ou EUA na Noruega.A quantidade de balas que ele tinha era tanta que, quando foi preso, os policias lhe perguntaram se ele tinha algum parentesco com o Rambo ou o Chuck Norris, o que irritou mais ainda o Varg já que o primeiro não passa de um carcamano moreno e o segundo de uma mistura de índio com irlandês.

Antes do Burzum, Varg Vikernes participou de outra banda chamada Old Funeral, fez uma ponta no Darkthrone, Mayhem e no Calypso (Segundo Varg, ele começou a gostar de technobrega graças ao Calypso).

História do Burzum

 
Varg Vikernes segurando o seu brinquedo predileto.Um vibrador viking.

Após fazer todo o tipo de trabalho, para todo mundo, quase de graça, Varg Vikernes se rebela de vez.Passa em sua cabeça fazer uma banda, mas não uma banda como outra qualquer.Essa seria a banda que mudaria o curso da Europa e do mundo, que faria com que loiros de olhos azuis se voltassem contra a globalização, o capitalismo, a mistura de raças, a urbanização, ao 'estupro' da Mãe Natureza.

  Estupra mas não mata a mãe natureza  
Paulo Maluf sobre o 'estupro' da 'Mãe Natureza

Entretanto Varg Vikernes só fez uma bandinha tosca, com discos mal gravados e cheios de erros de notas músicas (coisas que ele se orgulha, pois passa uma mensagem, segundo ele, de que foi feito com alma).

O Burzum, na sua maior parte, se resulta em uma berraria insuportável do Vavá.Ela não é só completa porque o Vavá teve a bondade de fazer alguns discos onde ele não canta.

A fama que Burzum fez na cena (sena se você for adepto da Sasha) Black Metal se deve, exclusivamente, pela mania que Varg Vikernes tem de botar fogo em Igrejas e pelo assassinato de seu ex-amigo (agora mais ex do que nunca) Euronymous.Graças a tamanha genialidade, Varg já concorreu ao Prêmio Nobel, mas foi desclassificado quando o pessoal de lá descobriu que ele pretendia lançar mais um disco (o que vai contra a paz pelo fato da música ser muito ruim, segundo os jurados).

Até hoje Varg lançou 11 álbuns oficias, 7 compilações ('melhores' músicas - imagine como devem ser as piores?-) e 9 tributos.

O que significa Burzum?

 
Nesta foto vemos como Varg Vikernes é uma pessoa apta a viver em sociedade

Você já deve ter se perguntado, em algum momento de sua vida, o que significa a palavra Burzum (se nunca perguntou você não está perdendo nada).Para a sua informação, a palavra Burzum, na verdade, não existe.Isso mesmo.Burzum é igual a palavras como Parangaricotirrimiroao ou Zip Zap Zum, ou então a lugares como o Alasca ou o Acre. Na verdade, foi através dessa palavra que se criou duas teorioas que explocaremos agora.



Teoria de Varg Vikernes

 
J.R.R Tolkien foi o criador do Walk-Talkie, que foi uma febre nos anos 80.

Segundo o Vavá, Burzum é uma palavra criada por J.R.R Tolkien (precursor do Walk-Talkie) no seu best-seller Senhor dos Anais Anéis.Vavá conta que essa é uma das palavras que aparecem escritas, em língua negra (Ué!Se ele se orgulha tanto de ser branco por que foi tirar o nome de uma língua negra?), no Anel de Sauron (por isso a língua é negra, porque a frase se encontra no cu de Sauron). Dento do cu de Sauron, após uma visita no proctologista, dava para ler a seguinte frase:

"ash nazg durbabatuluk agh burzum ishi krimpatul"

Segundo Vavá, isso significa "um anel para atrair todos eles e uni-los através da escuridão" e, portanto, Burzum significa Escuridão.

Entretanto, o próprio criador do livro nega isso.Segundo ele, o real significado dessa palavra é:

Eu vou pegar o filho-da-puta escreveu essa frase no meu cu

Segundo o criador, Burzum significa, na verdade, filho da puta.

Teoria Conspiratória

Segundo a teoria conspiratória, Vavá só usou esse nome para arranjar uma desculpa, pois, na verdade, Burzum significa Buzum e que Varg Vikernes não passa de um imigrante português que veio para Noruega comer bacalhau e acabou ficando no país ilegalmente, usando um falso nome (na verdade ele se chama Manuel, segundo a teoria da conspiração).Segundo essa teoria, Vavá veio de Portugal até a Noruega de ônibus e, por causa disso, decidiu homenagear sua epopéia dando o nome de Buzum (o r seria só para disfarçar).

Discografia

Como já dito anteriormente, Vavá lançou onze álbuns (sendo que ele nunca fez show algum pois, como se tratava de uma-banda-de-um-homem-só, Vavá não conseguia tocar todos os instrumentos ao mesmo tempo.Também existe o fato de que poucos se interessaram em ouvir as músicas dele). Agora nós iremos abordar cada um deles:

Burzum 1:

 
Esta é a primeira demo que o Varg Vikernes lançou (coisa que ele nega até hoje pois, segundo o próprio, demo não passa de uma criação feita por essa sociedade judaico-cristã).

Na verdade se trata de uma demo (coisa que Varg Vikernes nega pois, segundo o próprio, demo é coisa de judeu e cristão).Como podemos observar, ela vem com um grande número de músicas (no total são três), tem um nome bastante original (se chama Burzum) e tem uma capa super coerente (na parte de dentro vinha uma mensagem dizendo que quem adivinhasse o que é aquilo na parte esquerda da capa ganhava um pirulito.Os poucos que compraram não conseguiram descobrir o que era).




Burzum 2:

 
Segunda demo Odin do Burzum.Esse aí é mais conhecido como brincadeira do copo (Brasil) ou Oiuja (resto do mundo)

Vavá decidiu lançar outra demo Odin no mesmo ano (1991).Como se trata de uma pessoa muito inteligente, ele lançou o Odin com o mesmo nome que o Odin anterior (Burzum), no que resultou em um fenômeno histórico.Vavá processou a si próprio por plágio. Neste LP se encontram mais músicas do que no anterior (infelizmente) e tem uma capa que não é tão esculachada quanto a anterior.O problema foi que muitos pensaram que aquilo ali era um símbolo da famosa brincadeira do copo, o que tornou o segundo LP do Vavá mais conhecido como Ouija (ou brincadeira do copo se você estiver no Brasil).






Burzum 3:

 
Terceira Odin do Burzum (1992).É considerado por muitos a capa mais criativa do Burzum

Neste aí a falta de criativade do Vavá não ficou só no nome para dar no Disco.Além da belíssima capa (consideradas por muitos Burzumaniacos como a mais criativa) o Vavá só decidiu gravar duas músicas.O restande ele disse que o comprador poderia gravar jogos ou vídeos pornos.







Burzum 4 (que na verdade se chama Burzum):

 
Vavá decide botar em prática tudo o que aprendeu em anos de estudo do Paint do Windows.O resultado é isso.

Ironicamente esse é o primeiro álbum oficial do Burzum e conta com nove músicas.

Tracklist:

[Side Hate]

Feeble Screams From Forests Unknown Ea, Lord Of The Depths Black Spell Of Destruction Channelling The Power Of Souls Into A New God

[Side Winter]

War The Crying Orc A Lost Forgotten Sad Spirit My Journey To The Stars Dungeons Of Darkness

A maioria dessas músicas foram regravadas mais tarde em outros CDs do grupo. O ponto fraco (tirando a música) é a capa, que mais parece uma obra feita por um iniciante no Paint, o programa de edição de imagens da Microsoft.

Burzum 5 ASKE

 
Aqui podemos ver que Vavá tomou vergonha na cara e parou de usar o Paint.Só não entendemos porque ele colocou na capa um aviso de que é proibido a entrada do vocalista do Judas Priest (segundo pessoas mais próximas ligadas a Vavá, ele teria brigado feio com o vocalista do Judas, porque viu ele dando em cima de outro homem)

Aqui podemos ver que o Vavá tomou vergonha na cara e decidiu abandonar o Paint e trocá-lo por um editor de imagens melhor.Também Vavá conseguiu, após dois anos, da um nome ao Álbum que não fosse Burzum.Devido a esse grande esforço cerebral (de arranjar um outro nome), Vavá só conseguiu gravar três músicas (a humanidade agradece).

Tracklist:

[Side Hate]

Stemmen Fra Tårnet Dominus Sathanas

[Side Winter]

A Lost Forgotten Sad Spirit

Det Som Engang Var

 
Capa do Álbum 'Det Som Engang Var' (O Som Engajado de Vavá, traduzido para o português).Notem que, pela imagem à esquerda, Vavá foi totalmente influencidado pelo jogo Alone in the Dark 1.
 
A grande inspiração de Vavá para a capa do Disco.

Em 'Det Som Engang Var' (O Som Engajado de Vavá), Varg Vikerns usou a sua inspiração no jogo Alone in the Dark 1 para fazer a capa.Este disco conta com oito músicas.

Tracklist:

Den Onde Kysten Key To The Gate En Ring Til Å Herske Lost Wisdom Han Som Reiste Når Himmelen Klarner Snu Mikrokosmos Tegn Svarte Troner

 
Esta seria a verdadeira capa do Álbum, entretanto, Vavá foi obrigado a mudar devido cartas de seus fãs que estavam cansados de capas sem nexo
  • Nota:A capa desse disco foi mudada por pressão dos fãs que não aguentavam mais capas sem nexo do Burzum.
  • Nota 2:A maioria das músicas está em norueguês (pelo menos no nome).
  • Nota 3:A maioria das músicas (se não todas) são regravações de discos anteriores, o que mostra como o Vavá é bastante preguiçoso.

Den Onde Kysten January 1992

Instrumental

Key To The Gate August 1991

My eyes are shut I cannot see though clear is thy despair I drift away - far away from places of which you seek Though I seek thy hell you close the gate before me Your life is right, and I'm to follow to your paradise I cannot fall in love love is for them Lusting for the sky - Heaven Why did I come to this world of sorrow why is this true Where is my dagger of sacrifice I will open the gates to Hell one Day...

En Ring Til Å Herske March 1992

I en mørk skog med kalde tjern Et sted hvor Herren av verdens Ild ikke rekker I det mørkeste i den store Av natten - av tid Og de samlet seg Og blev dødens hus Barn av tidens krefter Bran av den mektiges sønner Vi står i en sirkel av svart

Lost Wisdom June 1991

While we may believe our world - our reality to be that is - is but one manifestation of the essence Other planes lie beyond the reach of normal sense and common roads But they are no less real than what we see or touch or feel Denied by the blind church 'cause these are not the words of God - the same God that burnt the knowing

Han Som Reiste April 1992

Instrumental

Når Himmelen Klarner February 1989

Instrumental

Snu Mikrokosmos Tegn March 1992

Ingen stillhet her ute - en drøm Her hvor månen rår - en drøm Jeg hater denne skog Hvor ingen fare truer Ingen ulv Ingen bjørn Intet troll Puster Ingen onde ånder Ingenting Puster Bare meg og natten - bare meg og natten En natt skal jag reise Til Helvete

Svarte Troner April 1992

  • Nota 4:Eu só coloquei algumas músicas do disco para não ficar ajeitando a imagem toda hora.

Hvis Lyset Tar Oss

 
Capa feita em uma das seções de terapia ocupacional que Vavá fez na prisão

Disco gravado quando o Vavá estava na cadeia.'Hvis Lyset Tar Oss' ('Estou fodido! fui preso!' em português). Como a maioria dos discos do Burzum, esse conta com uma capa sem nexo (imagem feita pelo próprio Vavá, em uma das seções de terapia ocupacional) e com poucas músicas.Não que o Vavá não estivesse afim de fazer mais, acontece que a maior parte do tempo ele tinha que ficar vendo se não havia alguém da cela afim de comer a bunda dele (não que ele não estivesse afim de dar, mas não era para qualquer um que ele virava o brioco).

Tracklist:

  • Det Som En Gang Var
  • Hvis Lyset Tar Oss
  • Inn I Slottet Fra Drømmen
  • Tomhet

Filosofem

 
Disco de 1996.Notem que nesse disco há uma mensagem subliminar.Uma pessoa segurando um charuto e um pouco a frente dela uma pedra.Vavá queria mostrar nesse cd a sua luta contra o vício em crack, que ele adquiriu quando entrou na prisão

O CD mais importante da vida de Vavá (segundo ele próprio).Batizado de Filosofem (tradução desnecessária), Vavá queria mostrar a sua luta contra um vício que ele adquiriu na prisão, que era o vício em fumar crack.Isso explica o nome do disco pois, para tentar combater esse vício, ele ficou todos aqueles anos filosofando (pensando principalmente na merda que tinha feito para está lar e na merda que iria fazer quando saísse de lá.Nesse meio tempo, as únicas merdas que ele conseguiu fazer foram lançar os seus discos e seus textos). O disco tem uma versão em norueguês e em alemão.

Tracklist - Norwegian Version:

  • Burzum
  • Jesu Død
  • Beholding The Daughters Of The Firmament
  • Decrepitude I
  • Rundtgåing Av Den Transcendentale Egenbetens Støtte
  • Decrepitude II

Tracklist - German Version:

  • Dunkelheit
  • Jesus' Tod
  • Erblicket Die Töchter Des Firmaments
  • Gebrechlichkeit I
  • Rundgang Um Die Transzendentale Säule Der Singularität
  • Gebrechlichkeit II

"Dauði Baldrs" ("Balder's Død")

 
Disco de 1997 onde Vavá mostra os seus dois maiores prazeres sexuais.Participar de sexo grupal e depois levar jatos de esperma na cara, igual aos filmes tipo Bukkake (imagem à esquerda) e participar de sexo violento estilo BSDM (imagem à direita).
 
Varg Vikernes após uma cena de Bukkake.Lá todos são obrigados a gozar na cara dele.
 
Vavá não se cansa.Após participar de uma cena Bukkake ele já pega o seu outro brinquedinho para fazer cenas de BSDM

Em "Dauði Baldrs" ("Balder's Død")("Gosto de fazer Bukkake" ("Gosto de fazer BSDM")) Vavá mostra as suas duas maiores paixões que ele não pode fazer (pelo menos não com os amiguinhos Black Metallers) porque está preso.Vavá já disse, muitas vezes, que essas são as duas segundas maiores paxões dele (a primeira é ser pagão -aquele que paga boquete-).

Conta com seis músicas (três em homenagem ao Bukkake as outras três em homenagem ao BSDM).


Tracklist:

  • Dauði Baldrs
  • Hermoðr Á Helferð
  • Bálferð Baldrs
  • Í Heimr Heljar
  • Illa Tiðandi
  • Móti Ragnarokum

Dauði Baldrs

Þat er upphaf þessar sogu at Baldr inn góða dreymði drauma stóra ok hættliga um lif sitt. En er hann sagði Ásunum draumana þa báru peir saman ráð sín, ok var þat gert at beiða griða Baldri fyrir alls-konar háska, ok Frigg tók svardaga til þess at eira skyldu Baldri eldr ok vatn, járn ok alls-konar málmr, steinar, jorðin, viðirnir, sóttirnar, dýrin, fuglarnir, eitr, ormar. En er þetta var gert ok vitat, þá var þat skemtun Baldrs ok þasanna at hann skyldii standa upp á þingum en allir aðrir skyldu sumir skjóta á hann, sumir hoggva til, sumir berja grjóti. En hvat sem at var gert, sakaði hann ekki, ok þótti þetta gllum mikill frami. En er þetta sá Loki Laufeyjarson þá likaði honum illa er Baldr sakaþi ekki. Hann gekk til Fensalar til Friggjar ok brá sér í konu líki. þá spyrr Frigg ef sú kona vissi hvat Æsir hgfðusk at a þinginu. Hon sagði at allir skutu at Baldri, ok þat at hann sakaði ekki. Þá mælir Frigg: "Eigi munu vápn eða viðir granda Baldri. Eiða hefi ek þegit af gllum þeim." Þá spyrr konan: "Hafa allir hlutir eiða unnit at eira Baldri?" Þá svarar Frigg: "Vex viðarteinungr einn fyrir vestan Valholl. Sá er mistilteinn kallaðr. Sá þótti mér ungr at krefja eiðsins." Því næst hvarf konan á braut. En Loki tók mistiltein ok sleit upp ok gekk til þings. En Hoðr stóð útarliga í mannhringinum því at hann var blindr. Þá mælir Loki við hann: "Hví skýtr þú ekki at Baldri?" Hann svarar: "þvíat ek sé eigi hvar Baldr er, ok þat annat at ek em vápnlauss." þá mælir Loki: "Gerðu þó í líking annara manna ok veit Baldri sæmð sem aðrir menn. Ek mun vísa þér til hvar hann stendr. Skjót at honum vendi þessum." "Hoðr tók mistiltein ok skaut at Baldri at tilvísun Loka. Flaug skotit í gognum hann ok fell hann dauðr til jaðar, ok hefir pat mest óhapp verit unnit með goðum ok monnum. Þá er Baldr var fallinn þá fellusk glumm Ásum orðtok ok svá hendr at taka til hans, ok sá hverr til annars, ok váru allir með einum hug til þess er unnit hafði verkit. En engi mátti hefna, þar var svá mikill griðastadr. En þá er Æsirnir freistuðu at mæla þá var hitt þó fyrr at grátrinn kom upp svá at engi mátti gðrum segja með orðunum frá sínum harmi. En Óðinn bar þeim mun verst þenna skaða sem hann kunni mesta skynn hversu mikil aftaka ok missa Ásunum var i fráfalli Baldrs. En er goðin vitkuðusk þá mælir Frigg ok spurði hverr sá væri með Ásum er eignask viildi állar astir hennar ok hylli ok vili hann ríða á Helveg Baldr heim í Ásgard. En sá er nefndr Hermóðr inn hvati, sveinn Óðins, er til þeirar farar varð. Þá var tekinn Sleipnir, hestr Óðins, ok leiddr fram, ok steig Hermóðr a þann hest ok hleypti braut.

Tradução para o português:

Você pensa que me cu é de qualquer um

Mas não é não

É melhor tirar essa rola daí

Pra não da confusão

Eu gosto de levar jatos

Mas são jatos de esperma

Jatos de amor

Por isso pega a sua pica

E goze aqui

Mande todo seu leitinho

Até eu sorrir

E não se preocupe se você gozar no chão

Pois com minha linguinha não tem problema não

Eu sei, que você quer gozar

Mas antes, vai ter que me espancar

Sou uma putinha norueguesa

Bate em mim

Acho Beleza

Bate até sangrar

pra mim

Bate até sangrar

pra Odin

Laralara!!!

Hliðskjálf

 
Disco de 1999, onde Vavá mostra a sua saldade de fazer sexo na floresta

Em 1999, Vavá lança seu décimo disco.Intitulado Hliðskjálf (em português, no matinho é mais gostoso), Vavá mostra toda a sua saudade de fazer sexo no mato (coisa comum entre os pagãos). Foi através desse disco que ele teve a corajem de tentar fugir da prisão para dar uma rapidinha no mato (sem sucesso pois foi pego, não trepou no mato e ainda pegou mais alguns meses na cadeia).

Tracklist - Version #1:

  • Tuistos Herz
  • Der Tod Wuotans
  • Ansuzgardaraiwô
  • Die Liebe Nerþus'
  • Frijôs Einsames Trauern
  • Einfühlungsvermögen
  • Frijôs Goldene Tränen
  • Der Weinende Hadnur

Tracklist - Version #2:

  • Tuistos Herz
  • Der Tod Wuotans
  • Ansuzgardaraiwô
  • Die Liebe Nerþus'
  • Das Einsame Trauern Von Frijô
  • Die Kraft Des Mitgefühls
  • Frijôs Goldene Tränen
  • Der Weinende Hadnur

Belus

 
Décimo primeiro disco do Vavá.Nome do disco é em homenagem ao seu companheiro de cela, o pagodeiro Belo

Finalmente Vavá sai do xilindró e decide fazer um disco em comemoração a esse fato (pelo menos até o tempo em que ele permanecer solto). O disco se chama Belus e é uma homenagem, segundo Vavá, ao seu 'grande' companheiro de cela, o pagodeiro brasileiro Belo (em norueguês Belus).Para os que não sabem, Vavá dividiu sua cela com o pagodeiro e se emocionou com a história dele ter sido preso por causa de um tecido fino e um tênis AR-15.Vavá ficou mais triste ainda quando Belo saiu da cadeia e, para piorar a vida de Vavá, descobrir que ele é heterossexual.

Vavá fez até uma regravação de um pagode, em homenagem ao Belo.Muitas pessoas estão chamado isso da mais nova criação de Vavá, o Pagode Metal:

Toda vez que eu vejo você,

Sinto uma coisa diferente.

Toda vez que eu penso em você

Te vejo nos meus sonhos tão carentes.

Tão carente

Por que você não cola do meu lado,

Esquece os grilos todos do passado,

Vem comigo e tenta ser feliz.

Pare de dizer tá tudo errado

Deixa eu logo ser seu namorado

O resto o destino é quem diz

Sorria que estou te filmando

sorria o coração tá gravando

O seu nome aqui dentro de mim

Sorria que o prazer já vem vindo

sorria nosso amor tá tão lindo

não quero ver você tão triste assim.

Neste mesmo álbum ele faz outra regravação para explicar, de forma poética, porque matou o Euronymous:

Eu não tenho culpa de estar te amando

De ficar pensando em você; toda hora

Não entendo por que deixei acontecer

Isso tudo me apavora

Você não tem culpa se eu estou sofrendo

Se fantasiei de verde esta história

Você tem namorado posso até estar errado

Mas tenho que ganhar você

É mais do que desejo é muito mais do que amor

Eu te vejo nos meus sonhos

E isso aumenta mais a minha dor

Eu me apaixonei pela pessoa errada

Ninguém sabe o quanto que estou sofrendo

Sempre que eu vejo ela do seu lado

Morro de ciúmes estou enlouquecendo

Eu me apaixonei pela pessoa errada

Ninguém sabe o quanto que estou sofrendo

Sempre que eu vejo ela do seu lado

Morro de ciúmes estou enlouquecendo

Fica comigo me deixa ao menos te tocar

Entenda que ao meu lado é o seu lugar

Eu me apaixonei pela pessoa errada

Ninguém sabe o quanto que estou sofrendo

Sempre que eu vejo ela do seu lado

Morro de ciúme estou enlouquecendo

Perguntado porque a capa do CD é em uma floresta, Vavá disse que esse é lugar onde ele queria brincar com o Belo.

Tracklist:

  • Lukans Renkespill
  • Belus' Død
  • Glemselens Elv
  • Kaimadalthas' Nedstigning
  • Besøk Til Kelio
  • Alvenes Dans
  • Alvegavene
  • Sverddans
  • Keliohesten
  • Morgenrøde
  • Belus' Tilbakekomst

Subgêneros do Burzum

Apesar de ser uma banda de Black Metal existe no Burzum diversos subgêneros.Entre eles vale destacar:

Ambient:

É o tipo de música que se coloca nas lojas (música ambient) somente para dar um agrado ao cliente.Estima-se que muitos lojistas cometeram suicídio ou foram à falência depois de usar o Burzum como música ambient nas suas lojas.

NSBM:

Na verdade não há muita diferença entre isso e o Black Metal.Na realidade são grupos de Black Metal adeptos do nazismo. Ironicamente o Vavá negou ser nazista (após anos afirmando ser um), o que faz a existência desse subgênero não existir (igual as ideias utópicas do Vavá). O mais ironico é que apesar de ser classificado como NSBM, o próprio Burzum nunca fez uma música onde a letra tenha alguma semelhaça com os ideais hitleristas.O que faz Vavá ser um louco contraditório.

WTF:

Também conhecido como What That Fuck?, o WTF é mais um subgênero criado pelo Vavá.Quando alguém escuta Burzum pela primeira vez sempre fazia essa pergunta.

Ideologias

Além do som ser sempre o mesmo (quando não é, significa que está pior) as letras também falam das mesmas coisas, como Ambientalismo, Anti-Capitalismo, etc, etc, etc.Não se sabe até quando elas vão valer, já que o Vavá muda de ideia como quem muda de roupa. Segundo o próprio Vavá, ele parou de dar a bunda e só fazia isso porque queimar a rosca seria, na antiga concepção dele, anticristão (já que a Bíblia condena o homossexualismo).Vavá disse que parou não porque deixou de gostar, mas sim porque está virando moda.Isso deixa ele em um dilema.Dar a bunda e ser um modista ou deixar de dar e ser acusado de ter ideias iguais as do cristianismo? Para resolver esse problema, Vavá disse que, de agora em diante, só enfia objetos na bunda, o que, segundo ele, o deixa fora do homossexualismo modista e dos ideais cristãos.

Homenagem

 
Vavá foi homenageado em um seriado dos EUA fazendo papel de um advogado homossexual.
 
Vavá antes de saber que poderia virar personagem de um seriado ianque.

Poucos sabem mas o Burzum já foi homenageado na TV.No seriado estadunidense OZ, Varg Vikernes era interpretado pelo advogado homossexual Tobias Beecher.Entretanto, tiveram que mudar o nome do personagem por ordem do Vavá e proibir as músicas para não cair a audiência.

Apesar desse incidente, o seriado mostrou, mesmo de que em forma subliminar, como era a vida de Vavá na cadeia.

A começar pelas amizades.Assim como Tobias, Vavá tinha como maiores amigos os nazistas e mais tarde decidiu se separar deles (o mesmo aconteceu com Vavá).


Tobias teve que dar a bunda diversas vezes para os nazistas, o mesmo aconteceu com o Vavá.A única diferença é que, enquanto o seriado mostra o Tobias dando a bunda para os nazis e para o seu amiguinho (no caso do Vavá foi um imigrante nigeriano), Vavá teve que dar a bunda também para os policias, os imigrantes, as gangues da prisão e também para os parentes dos presos.




GAYleria

Ver Também