Abrir menu principal

Desciclopédia β

Cabo Ocidental

Nota: Para outros ocidentes, consulte Ocidentes e oestes.

Cabo Ocidental é um estado sul-africano, o ponto mais setentrional da África e sítio arqueológico marítimo tombado pela UNESCO como patrimônio dos fracassos da humanidade.

HistóriaEditar

 
Área portuária de Cabo Ocidental.

O Cabo Ocidental foi descoberto por Vasco da Gama, quando este perdeu um jogo para seu rival Real Madrid e resolveu navegar procurando as Índias. No caminho de sua trajetória de (in)sucesso descobriu Cabo Ocidental, que na época era habitado apenas por algumas tribos bárbaras de negões e alguns antílopes.

Desde esse momento, Cabo Ocidental passou a ser habitada cada vez mais por branquelos, todos náufragos, pois 60% das embarcações que arriscavam cruzar Cabo Ocidental terminavam no fundo do mar após alguma tempestade poseidônica.

Navios afundarem em Cabo Ocidental virou rotina, mas como para chegar nas Índias os caminhos alternativos sempre eram piores, até hoje embarcações se arriscam em Cabo Ocidental. A navegação no contorno de Cabo Ocidental é difícil, pois você pode estar próximo demais do continente para encalhar ou longe demais para morrer de frio na Antártida ou no meio termo enfrentando tempestades colossais.

No governo de Nelson Mandela, Cabo Ocidental foi classificada como zona de proteção aos pinguins.

GeografiaEditar

Localizada no Cabo das Tormentas, Cabo Ocidental é assolada por tempestades, furacões, tsunamis e terremotos com frequência de 3 vezes a cada dia, essa peculiaridade do clima do estado transformou seus habitantes em pessoas imortais e exímios pescadores.

Cabo Ocidental divide o Oceano Atlântico e Oceano Índico, logo é até a região que a marinha árabe tem autonomia. Como a alfândega do oceano é precária, há muita muamba que passa pela região.

PolíticaEditar

A atual capital do Cabo Ocidental é a Cidade do meu Cabo, grande produtora mundial de trocadilhos.