Abrir menu principal

Desciclopédia β

Caconde

Gnome-searchtool blue.png Caconde é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Apenas 2 partidos políticos atuam aqui.

Sciences de la terre.svg.png


Cquote1.png Experimente também: Fim de mundo Cquote2.png
Sugestão do Google para Caconde
Cquote1.png Você quis dizer: Cu do Conde Cquote2.png
Google sobre Caconde
Cquote1.png Você quis dizer: Lhe carco onde Cquote2.png
Google sobre Caconde
Cquote1.png MIRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRNA! Cquote2.png
Crispim
Cquote1.png Foi Caconde quem butô pra nois bebêee! Cquote2.png
Jeremias
Cquote1.png Vorrrrrrrrrrrrta aqui é uma cidade boua dismais! Cquote2.png
Cacondense
Cquote1.png O QUE TO FAZENDO NESSA M*** DE CIDADE? Cquote2.png
Você
Cquote1.png Não há resultados sobre 'Caconde' Cquote2.png
Google Maps
Cquote1.png Opa! Lá tem bar... Isso sim que é cidade! Cquote2.png
Zeca Pagodinho
Cquote1.png Acho que eu faria sucesso com uma clínica aqui... Mas não dá pra fazer milagres HAHAHA Cquote2.png
Doutor Rey

Caconde A sociedade depressiva e cachaçeiros
Brasão de caconde.jpg
Bandeira
Fim de Mundo é aqui!
Hino {{{hino}}}
Local link={{{3}}} São Paulo Interior de São Paulo
Idioma Caipira, caipira-mineiro e paulista
Geografia
Clima Indefinido
Locais de referência Botecos, botecos e botecos.
Economia Bebidas
Produtos exportados Cana de Açúcar, Cevada
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Não há política decente.
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
Zé Bento (Mazzaropi )(PTB)
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Galera da Erva (PTB)
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Ivete Sangalo
Esporte símbolo {{{esportesimbolo}}}
Santo local São Nunca

Índice

Balança ComercialEditar

A cidade de Caconde é a maior exportadora de cachorros do mundo. Seu prefeito, costuma trocá-los por piranhas chocadeiras para aumentar o número de eleitores cacondenses. Tudo em Caconde custa o triplo do preço do restante do mundo,talvez seja porque é uma Cidade falida (turística) com uma população altamente rica (quebrada) que se pode dar o luxo de pagar caro pelo que não vale! O comércio pujante (fedido) movimenta bilhões de reais aos cofres da megalópole galopante pangareante Cidade capengante. Não podemos deixar de falar da grandiosa festa esperada por todos os caipiras da cidade e zona (puteiro) rural,a festa de Setembro, o maior camelódromo do Brasil, gente de todos os buracos vêm trazer suas muambas Ching-ling pra vender (tapiar) os idiotas de Caconde que guardam o dinheiro da "panha" de café pra dar aos malandros. Sem contar com as barraquinhas de cocôcada (montadas ao lado do "fedeirão" Ribeirão cheio de bosta da cidade) e também das deliciosas maçãs contaminadas do amor (de bactérias e coliformes fecais). Têm parquinho com brinquedos velhos enferrujados,sucateados com alto índice de acontecer acidentes,más,mesmo assim fazem o maior sucesso. (Fazer o quê! Não têm outra coisa melhor!).

CaracterísticasEditar

Caconde, mais conhecida como Cudoconde e distância que mata, é uma cidadezinha pacata do interiorrrr de São Paulo. Ela é composta por vários botecos em cada esquina, e é muito conhecida pela sua putaria alegria no Carnaval. Os habitantes andam de fusquinha azul (ótimo lugar pra fazer a brincadeira do soco quando um desses passa), e de cavalos pangarés. Se você quer morrer de tédio, e de depressão, Caconde é a cidade perfeita! Localizada no fim do mundo, perto de Muzambinho e Barrânia (What the fuck), Caconde é bem visitada na época do Carnaval, pois é quando fazendeiros "ricos" (quebrados) vão para pegar as novinhas desesperadas da cidade. A região Rural é bem confundida com a 'Urbana', pois em ambos locais da cidade não há diversão. Tirando as quermesses das igrejinhas, que sempre sofrem com os trabalhadores rurais mortos de fome, que comem toda a comida da festa, e os cachaceiros, que sempre arranjam brigas. Há também algumas festas de (grandes fazendeiros) atolados de dívidas, com aperitivos tal como carne, carne, carne, pão com carne e cerveja, muita cerveja. A parte rural também é famosa pelas suas festas de São João, cheia de bebida, pinga, vinho quente e quentão. Todas essas festas são muito bem apreciadas pelos pinguços e as piriguetes feias loucas por um bofe. A estação rodoviária de Caconde é uma das maiores do país, com capacidade mais ou menos de 5 ônibus na estação, a maioria deles com apenas 5 passageiros ou menos. Esse número aumenta em Fevereiro por causa do grande Carnaval.

 
Típico frequentador dos botecos de Caconde

PopulaçãoEditar

A cidade é formada por muita gente feia bonita, e garotinhas que adoram um tiozão de 50 anos ou mais. O sotaque deles é pior do que de um habitante de Minas Gerais. A única diversão dos Cacondenses é um parque velho e caído que visita a cidade de 1000 em 1000 anos. Os tiozinhos frequentadores de boteco são encontrados por todos os cantos, vagando de um boteco pra outro.

 
Um típico cidadão Cacondense dando umas voltinhas nos bares da cidade

O Carnaval de CacondeEditar

O famoso carnaval que reúne a cidade inteira de Caconde é o único maior evento produzido todo maldito ano. Ivete Sangalo já deu as caras por lá, visitando os caipiras da região e os velhos tarados. Putaria é o que não falta, pois os habitantes são necessitados, a cidade sofre com falta de beleza exterior, o que prejudica os pegadores de plantão. (Isso justifica as barangas que se prostituem por apenas 5 reais). Muitos moradores da parte rural arrumam seus pedacinhos de terra, e fazem dele uma 'chácara', pra ganhar um dinheiro a mais e tentam pegar uns trouxas de Limeira, Sumaré e Americana que querem comprar mil metros de terra ruim por cem mil reais enchendo o cu dos caipiras de dinheiro e fazem uns muquifos de casinhas que mais parecem um pombal rural, trazem os "integrantes do PCC" (amigos) para conhecerem o "sitio". E assim a Cidade cresce chegando cada vez mais merda com "gente de primeira qualidade". Porém no ano de 2009, o Carnaval não bombou muito. Motivo: ingresso muito caro. Os antigos frequentadores, como cachaceiros, preferiram voltar ao seu bar e beber uma 51 e as vodkas falsificadas enquanto arranjam confusão. Também o "Cocondense" gosta de churras, carninha de cargas "extraviadas" e cervejas que o ilustre (ladrão ) Orai vende para os honestos comerciantes da Cidade.

 
Pessoas com beleza exterior elevada que frequentam o belíssimo carnaval Cacondense

Diferentemente de suas cidades vizinhas, como Muzambinho, que exportam comentaristas esportivos ignorantes, Caconde é o orgulho da região, pois é a maior produtora de duplas sertanejas desconhecidas, como Caio César e Diego.

Pontos TurísticosEditar

A Prainha (mais parecida com a Lagoa Azul) esgoto das águas das Cidades vizinhas mais altas, Botelhos e a famosa Poços de Caldas, é um dos cartões postais da cidade. Agora, ela está praticamente vazia, pois a água dela sumiu misteriosamente, mas do mesmo jeito, habitantes e visitantes se reúnem pra tomar um delicioso banho nas profundezas lamacentas e sujas do esgotão de Poços de Caldas da na Prainha. O Aquário da cidade está abandonado e destruído, o que mostra que a cidade tem MUITA coisa bonita e legal pra você fazer. O jeito é ir para os botecos, coisa que lá nunca vai faltar. A Prainha lota no Carnaval, por arroaçeiros e suicidas. Há na Prainha um INCRÍVEL parque aquático, com 4 toboáguas e uma piscininha pra refrescar, bom lugar para pegar unheiro, cobreiro, micose até Aids. Também tem o restaurante pizzaria (pizza uma bosta) pizza na roça,eleita pelo próprio dono "a melhor pizza do Brasil " Kkkkkk (que idiota) pagou uma matéria em uma revistinha e só os trouchas mal informados do Coconde que cairam nessa. Melhor do Brasil? Então são Paulo que é o berço da culinária mundial ficou fora da eleição do (Roni)von,cócegas ? Eita povinho prepotente!!!!! Pobre orgulhoso! Más Caconde tem muita gente boa (morta),porque os vivos...