Caldas Novas

Cquote1.svg Você quis dizer: Quintal de Brasília Cquote2.svg
Google sobre Caldas Novas
Cquote1.png Experimente também: Banho de urina Cquote2.png
Sugestão do Google para Caldas Novas
Cquote1.svg É melhor que praia!!! Cquote2.svg
goiano sobre Caldas Novas
Cquote1.svg Tenho uma casa de veraneio lá!!! Cquote2.svg
Pobre querendo se exibir para outro pobre

Município de Caldas Novas
"Cidade da Putaria"
Bandeira de Caldas Novas.png
Bandeira
Aniversário Caldas Country
Fundação 21 de outubro de 1911
Gentílico atendente de hotel
Lema Partiu Caldas
Apelidos Puteiro a Céu Aberto
Prefeito(a) Turistas são donos da cidade
Localização
Localização de Caldas Novas
Estado Bandeira de Goiás Goiás
Região intermediária Reino de Itumbiara
Região imediata Termais de Caldas
Municípios limítrofes Morrinhos, Marzagão, Piracanjuba, Corumbaíba, Rio Quente, Ipameri, Santa Cruz de Goiás e Pires do Rio
Distância até a capital 152 km
Características geográficas
Área 1 608,439 km²
População 3 milhões de turistas hab.
Idioma Não disponível
Clima Água quente
Fuso horário UTC UTC−3
Indicadores
IDH 0,733

Caldas Novas é uma cidade goiana que é o destino de férias dos legítimos exemplares de goianos (Estado de Gayás) e candangos (Detrito Federal) que são seres sobretudo a favor de bagaceiras, festas com putaria e foleiragens em geral o que torna Caldas Novas a estância de férias ideal para quem quer essas coisas. Caldas Novas, tornou-se reduto frequentado por várias pessoas e uma opção de lazer para poucos privilegiados, abrigando playboys de toda parte do estado de Goiás.

HistóriaEditar

Águas termais foram descobertas na região em 1700 pelos portugueses. Mas para evitar a fadiga desistiram de explorar isso porque águas termais é coisa de otaku e japoneses. Todavia, com a colonização japonesa do Brasil e a crescente cultura otaku trazida pela antiga Rede Manchete, em 1900 surgiu um primeiro vilarejo do que um dia viria a ser Caldas Novas.

Como a cidade vizinha de Rio Quente abriu logo um resort de luxo para abrigar empresário multi-bilionários e políticos excêntricos, Caldas Novas decidiu então seguiu o sentido inverso e apostar em um turismo mais popular (para pobre) e portanto diversas festas para reunir gente fútil pensando apenas em foder foram sendo criadas, fortalecendo assim o polo turístico da região ao ponto de tornar-se uma das maiores cidades de Goiás, na época das férias ultrapassando até Goiânia em número de pessoas mijando e trepando nas suas ruas.

PopulaçãoEditar

Com 90.000 habitantes nativos, em épocas de festas esse número pode chegar a 3.000.000 de habitantes. Levando-se em consideração a quantidade de putaria irresponsável praticada por esses visitantes, são pelo menos 1.000.000 de novos goianinhos nascendo nove meses depois das festas, contribuindo bastante para o alto índice de taxa de fecundidade registrada no estado de Goiás.

Quanto aos nativos, a cidade de Caldas Novas é formada somente de nordestinos, os empregados dos hotéis e resorts da cidade. Lá se você balança um pé de manga cai um nordestino, e se algum nativo não se diz nordestino, ele é no mínimo neto de um, e se algum nativo afirma que nem neto de nordestino é, então ele é um órfão.

A divisão populacional de Caldas Novas distribui-se da seguinte forma: 76% de nordestinos e agregados comedores de cactos que não ganharam em sua distante terra natal o poço artesiano doado pelo Programa do Ratinho, a famosa cisterna, e vieram para Caldas Novas em busca da cidade das "águas" quentes; e 24% de viados que são os descendentes de nordestinos. Tanto que há um projeto para se mudar o nome da cidade para Codó Novas-GO, devido a grande quantidade de moradores que vieram de Codó-MA.

EconomiaEditar

Ignorando o turismo, a economia de Caldas Novas é totalmente baseada no mercado imobiliário. Um imóvel em Caldas Novas é um excelente investimento, pois valorizam merda nenhuma mas mesmo assim sempre tem algum idiota apto a alugar ou comprar o imóvel por preços acima do justo. Por isso a classe média-alta de Brasília, Uberlândia e Goiânia sempre tem alguma casa furreca em algum canto de Caldas Novas que passa o ano inteiro abandonada, o que fez com que o município de Caldas Novas torne-se a cidade com maior número de condomínios completamente vazios de alto padrão per capta no país. Ao comprar um imóvel em Caldas Novas você poderá desfrutar das maravilhosas águas quentes por muito tempo, mais precisamente até bater com as botas, pois você nunca mais conseguirá vender esse imóvel e ver seu dinheiro novamente, é mais fácil você vender um CD do NX Zero que vender um imóvel em Caldas Novas.

TurismoEditar

 
Final de semana calmo, tranquilo e de águas límpidas em Caldas Novas.

Um fato bastante conhecido sobre Caldas Novas é que durante qualquer feriado prolongado, tal cidade é conhecida como terra da putaria e da alegria, uma cidade na qual você verá brasilienses, uberlandenses e goianienses infestando as ruas da cidade. A cidade é tomada por educadas vadias andando seminuas à vontade pelas ruas, além de comportados agroboys otários universitários que passam a utilizar das lindas avenidas de Caldas Novas para demonstrar seu retardo mental numa extrema falta de controle na direção de seus veículos, que geralmente são caminhonetes turbinadas adquiridas para compensar o fraco desempenho sexual de seus donos.

É sem dúvidas o polo turístico mais desenvolvido de Goiás, as mulheres nativas conhecidas por serem vadias fáceis são um verdadeiro chamariz aos jovens brasilienses que todo feriado entopem a cidade buscando sexo casual.

Caldas Country ShowEditar

É uma espécie de encontro anual de tudo o que há de pior da humanidade. Reúnem-se num só lugar bêbados, funk, sexo ao ar livre, lixo nas ruas, mijo nas ruas, drogas, assassinatos, brigas generalizadas, putaria ao ar livre, som alto de péssima qualidade, e tudo numa só avenida. Neste evento que ocorre todos anos, todos os cornos de Goiás e do Distrito Federal (Brasília) se encontram para chorar suas desilusões amorosas, tomar muita cerveja e urinar nas ruas de Caldas Novas, escutando os maiores cornos do Brasil como Zezé di Camargo e Luciano, Bruno e Marrone e muitos outros cornos bem sucedidos que cantam suas músicas cornas durante duas noites sem parar. Nessa festa é socialmente aceito trair o marido ou namorado, por isso não é raro ver mulheres teoricamente comprometidas rebolando no colo de desconhecidos, e por isso o evento termina com uma Chuva de Fogos em formado de chifre no céu, que após a queima exalam o famoso cheiro de chifre queimado.

É uma facada esse Caldas Country pois cobra-se pelo menos 500 reais dos idiotas apenas para cornear por dois dias e beber Cerveja Glacial e guaraná Dolly. E para complementar, na saída do confinamento, as vacas, bois, cavalos, éguas e seres humanos saem tudo feito boiada estourada mais perdidos que cego em tiroteio.

Festa do CoraçãoEditar

Ver~soa foleira e fodida do Caldas Country. Essa festa acontece todo ano em Caldas Novas. Pelo fato de ser um evento solidário e gratuito (o famoso ZERO 800), só a ralé vai nessa festa. É conhecida também como 'Festa do Big Brother, porque toda edição se elimina uns 15 pra cima! Essa festa mata mais que Tsunami.

Só vai nordestino, pé de toddy, vida lôka, Só os quebrado!

Os shows são sempre: Banda Calypso, Amado Batista FEAT. Frank Aguiar, Banda You Tiú Cover By: Arlindinho dos Teclados, Josimar Batera e Toinho!