Abrir menu principal

Desciclopédia β

Calmon

Luís Henrique da Silveira.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Prefeito de calmon Cquote1.png CULUUU! CULUUUUU! Cquote2.png
Um dos locais onde serão lançados os mísseis nucleares de calmon durante a terceira guerra mundial

Calmon é uma cidade do oeste catarinense muito famosa por abrigar celebridades que querem se esconder da mídia. Ao julgar pelo nome da cidade, ela é muito tranquila e extremamente cuidadosa com o meio ambiente.

Conversa! Calmon é uma cidade que vive sobre uma política totalitarista e extremamente secreta. A cidade inteira foi construída em cima de um bunker, pois Calmon possui reservas de urânio e com essas reservas, foi possibiliatadas ogivas nucleares.

História

Calmon foi colonizada por Cablocos. Os cablocos estavam frustrados, pois enquanto os Italianos e alemães colonizavam todas as cidades do sul, norte e centro-oeste, só restaram para eles os piores lugares, ou o então conhecido oeste de merda do estado. Nesse oeste de merda ainda foram pegos mais alguns lugares e colonizados por italianos.

Calmon além disso nasceu como uma fazenda pequena que aos poucos, grupos do MST invadiam e formavam suas próprias cidades, como por exemplo: Capinzal. Ocupada por integrantes do MST, antes pertencia a Calmon e era lá que ficava o chiqueiro. Atualmente capinzal fede igual a um chiqueiro...

O programa Nuclear

O início do programa nuclear de Calmon foi quando a fazenda deixou de ser fazenda e virou uma cidade que parece uma fazenda. O prefeito de Calmon estava caçando pacas (animal comum lá pacas!) durante a noite e acidentalmente e encontrou um reservatório de urano enriquecido. Surpreso pela cor, mas não burro o bastante para tocá-lo, chamou sua mulher para usarem a lona que tinham na garagem para pegar todo o urânio.

O urânio ficou guardado por um longo período de tempo, e durante esse período apenas os prefeitos sabiam do urânio armazenado. Logo, os prefeitos contruíram um bunker embaixo da cidade, a entrada ficava na igreja da cidade, que além de bunker era também o lugar aonde poderiam lançar os mísseis nucleares a qualquer momento.

Futuro

Ainda tem planos a cidadezinha que planeja conquistar todo o oeste catarinense e transformá-lo em um estado independente... Ou então mais conhecido como Estados Unidos do Sul épico e possível... MWAHAHAHAHAHA!