Abrir menu principal

Desciclopédia β

Calvin Klein

NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Calvin Klein.
Ps3dourado.jpg Gostou? Valentino desenhou para mim...

Este artigo é rico e seu autor só compra coisa chic. Seus advogados estão de olho em você, então não vandalize! Pobre? Tenho nojo de pobre, tudo o que tem é feito de prástico...

Vamos, meu bem, tempo é dinheiro!


Crystal Clear action bookmark.svg.png Calvin Klein Crystal Clear action bookmark.svg.png
Eva mendes jeans calvin klein.jpg
Uma marca, apenas isso.
Origem Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos baby!
Sexo Fêmea
Ocupação Faz ropa Estilista bêim!
Profissional
Profissão Anterior Desempregado
(quem sabe faz ao vivo!)
Conchavo Amiga pessoal de Cristian Pior e frequentador de festas hi society!
Maior Escândalo Dormir com o ex da amiga e patrocinar a indústria da moda
Perfil
Nível de Inteligência Baixo, ruim, pobre... (assim como toda subcelebridade)
Plásticas Cquote1.png Beinhê como acha que essa pelanca obra escultural se mantém!? Cquote2.png
Vícios Bulimia (como caber naquelas calças que ele faz, não é mesmo?)
Emissora Atual Rede TV
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.png Perca peso em 21 dias
Música Emblem-sound.svg.png Qualquer um da lei de gága
Prato ex-cagou
Filme Qualquer um que a atriz principal não seja tão gorda como a Kate Moss




Calvino Ricardo Kléber da Silva (New York (Brazil), 19 de novembro de 1942) é um afeminado da indústria da anorexia (ou moda, como queira) e que trabalha com a parte mais complicada na confecção das roupas[1], ou de calças jeans, como é o caso da empresa que ele diz ter (mesmo considerando que jeans são sempre a mesma coisa). Neste caso, a empresa que estamos nos referindo é a Calvin Klein é uma das marcas de roupas que você nunca vai ter[2].

Índice

HistóriaEditar

Calvino era igualzinho o você é hoje, era alguém tão pobre, mas tão pobre, que serviu de motivação pras campanhas humanitárias ONU. Mas Calvino também tinha sonhos e um deles era se tornar alguém tão rico como você achava que a Giselly era. Mas não se engane, ser "rico" é diferente de ser "pobre esnobe".

 
Primeiro desenho de Calvino

Então o jovem com cara de velho Calvino, então com 21 "aninhos" e sem ter tido uma oportunidade naquela pobre e humilde vida resolveu cansar de procrastinar e resolveu procurar um emprego algo pra fazer. Foi ai que ele descobriu seu "talento" pra desenhar. Inicialmente ele levava dias (às vezes meses) pra fazer um simples modelo de corpo inteiro (como esse da imagem abaixo). Então ele teve a ideia genial (mesmo) de fazer apenas os palitos pernas e criar uma empresa que vendia calçolas jeans (o que na época era uma novidade, lembre-se era mil e sei-lá-quanto antes de cristo, não 2003!). Depois disso Calvino pegou carona, foi até o rio amazonas, viajou até a fronteira do país com a colômbia, pegou uma caravana de emigrantes que ia da colômbia até o méxico e de lá conheceu alguns coyotes mexicanos, que o ajudou a chegar até "A América"[3]. Claro que chegando lá ia alterar esse nome ridículo, e ser americanizar o nome dele para Calvin Richard Klein, ou seja Calvino Ricardo Kléber em inglês. A empresa ele registrou na américa e a batizou de Calvin Klain apenas.

Como já deveria saber, qualquer empresa ou organização da indústria bulímica precisa de modelos assim como um comercial de cervejas precisa de mulheres extremamente gostosas. Um não vive sem o outro já o outro pode viver sem o um(ou não). Foi aí que o Calvin começou uma parceria de sucesso com a Lindsay Lohan, no auge da plenitude de sua juventude!Se hoje ela está velha e mal acabada, em 1900 e 2002 Lindsay Lohan era uma delicia de pessoa (e de corpo também...).

Parceria com Lindsay LohanEditar

 
Primeira foto da parceria Calvin & Lindsay

Um dia, quando ele estava fotografando a modelo Lindsay Lohan com o jeans de sua marca, Calvin reclamou que a calcinha dela estava aparecendo e Lindsay, jocosamente, disse que conseguia tirar a calcinha sem tirar a calça. Mas Calvin levou a sério o desafio, e fez com que ela prometesse que daria para ele se não conseguisse.

Lindsay resolveu que, por méritos próprios, a tarefa era impossível, então ela resolveu apelar para a Ciência: usando técnicas da Mecânica Quântica, Relatividade Geral, contorcionismo e cheiramento de gatinhos, Lindsay projetou sua calcinha para fora do contínuo espaço-temporal e a trouxe de volta como uma garrafa de Klein - o que muito impressionou Calvin, apesar da frustração de não comer a Lindsay.

 
Pode não parecer, mas os dois estão transando na foto...

Os resultados práticos desta experiência foram:

  • Lindsay Lohan virou uma drogada
  • Lindsay Lohan virou uma lésbica
  • Lindsay nunca mais usou calcinha

DesastresEditar

Um dos episódios mais trágicos da história dos jeans Calvin Klein ocorreram com Kate Moss. O Calvin (aquele lá de cima, lembra?) prometeu a ela que ela sairia em fotos com um macho, e ela ficou toda animada.

Mas o cara chamou o Marky Mark, uma bicha louca, para fotografar com Kate. A partir deste momento, Kate nunca mais acreditou em ninguém, e passou a cheirar cocaína para compensar a frustração com a raça humana.

FuturoEditar

Ainda não sabemos do futuro, porque a marca ainda não aprendeu que estamos no século XXI, já existe foto a cores, e não faz mal nenhum mostrar uma modelo com os peitinhos livres, em vez delas ficarem se escondendo.

O famigerado Veja Também!Editar

Cristian Pior
Dolce & Gabbana
Victoria's Secret


  1. Igual a um filósofo estilista é um dos profissionais mais requisitados da atualidade.
  2. Refiro a um modelo da marca que seja Original. Nesse paraguay perto de sua casa tem um bocado, mas nenhum é genuinamente original.
  3. Caso deseja saber melhor (ou menos ainda) como foi a trajetória de Calvino até a américa, aconselho que veja a novela América (melhor que não veja).