Abrir menu principal

Desciclopédia β

Canário

Canarinho
Fringilídeos são os principais animais da falcoaria
Fringilídeos são os principais animais da falcoaria
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Classe: Voadores
Ordem: Passarinhos
Família: Fringilídeos
Gênero: Seringus
Espécie: Canarinho
seringus caralhus

Cquote1.png Você quis dizer: Caralho Cquote2.png
Google sobre Canário
Cquote1.png Canário, onde, onde?!?! Cquote2.png
Sylvester Frajola se lambendo sobre Canários.
Cquote1.png Arruma uma gata, infeliz! Cquote2.png
Tom sobre Frajola.
Cquote1.png Gatinho mau! Cquote2.png
Piu Piu sobre Frajola.
Cquote1.png Deixa eles serem felizes, intrometido. Cquote2.png
Jerry enfiando o rabo do Tom na torradeira e atrapalhando mais um xaveco.

Canário é mais um passarinho imprestável que só não foi extinto ainda porque voa bem e se adapta bem em qualquer buraco. Fora isso ele é uma porcariazinha bonitinha que não serva para nada a não ser comer vermes insolentes.

Pois...Editar

 
Canário macho envergonhado ao vencer o concurso de quem vê mais cloacas.

Por que então, se esse passarinho é tão insignificante se está fazendo um artigo sobre ele? Ora, ele não deixa de ter uma cançãozinha bonita quando gorgeia assim, sendo se até toda sorte de porcarias são chamadas de música os assobios do canário dão a ele uma certa importância.

 
Personagem feito para zoar os canários.

Os canários costumam andar em bandos mas, nem tanto como os imprestáveis pardais, eles se seguram sós algumas vezes e, não são dos mais covardes dando a desculpa da sobrevivência para apavorar o território dos demais voadores, a não ser os insetos voadores que eles devoram claro. Falando nisso os canários adoram uma gosmazinha verde oliva ou amarelo mostarda (cor de alguns deles). Essa cor nem sempre foi a única eles a adquiriram por um motivo que será citado mais além.

Você não vê eles com muita facilidade, apesar de existir uma espécie brasileira nativa, isso porque assim como todos os demais passarinhos que valem um pouco a pena (até onde bichos idiotas podem valer) eles não ficam muito tempo em uma região porque são espantados por pombos nojentos e os já citados pardais.

CaracterísticasEditar

 
Prova de que os canários não estão cagando e andando voando, como fazem os pombos.
 
Os canários quando cativados adequadamente dispensam as gaiolas e aceitam uma espécie de casinha de totó.

Eles são carregados de um lugar a outro claro que contra sua vontade e no cativeiro eles são os que melhor procriam: Já que não têm nada para fazer dentro da gaiola e mesmo dos viveiros que são maiorzinhos eles fazem é muita sacanagem mesmo, é uma putaria só a dos canarinhos singelos e assim procriam bem, diferentes da magestade os sabiás que ficam cismados mais facilmente e demoram mais para se manifestar em termos de acasalamento no e canto quando tem algum humano ou outro bicho lhe enchendo o saco.

Como ele não liga muito de viver entre criaturas impertinentes, ele faz tudo que costuma fazer quando em liberdade na medida do possível e, como ele canta para chamar a fêmea, ele canta pra carai já que gostam da cloaca coisa mesmo.

Ele se adapta em qualquer lugar e antes era apenas das ilhas canárias na África mas, se adaptou sem causar maiores desequilíbrios quando começou a ser carregado e se deu muito bem em alguns lugares tipo o Brasil e não entrou em conflito com o nativo canário-da-terra mesmo ele quando não tem o que fazer, joga terra nos outros pássaros e pia gargalhando uma risada perva.

AdaptaçãoEditar

 
Canários dando bom exemplo de divisão de espaço.
 
Sua mãe deve dizer para seu bichinho não imitar suas atitudes.

Essa adaptalidade dos canários e ao mesmo tempo sem causar desequilíbrio, faz que o canário nem se abale com o que dizem dele e nem pensa em extinção. Isso tudo fazia Darwin chorar e rodopiar de emoção ao ver as capacidades de se desenvolver e sobreviver do bichinho, ele chamou isso de: cagando e andando das espécies, embora o canário não seja dos mais imundos.

Eles são amerelinhos em sua maioria, só mudando os tons de amarelo e parecem pintos novos (...), essa coloração que eles não querem saber de modificar é em homenagem à gosma amarela dos insetos que os salva em tempos de escassez de alimento.

Assim mesmo eles vivem apenas cico anos em cativeiro ou em liberdade condicional. É por isso que não ligam tanto pra bobagens e querem mais é aproveitar a vidinha curta. O único canário que tem sobrevivido dez vazes mais do que o normal é o twetty, mais conhecido como Piu Piu... e por acaso ele existe? Então pode saber que se quiser ter um canarinho e no máximo cinco anos você estará chorando pelo milho amarelinho voador e, a não ser que ele tenha lhe deixado suas crias você ficará sem a não ser que arrume outro.

 
Se o canário não morrer em cinco anos, acaba por se matar.

Não são as condições climáticas, cativeiro ou não cativeiro que fazem os canários viverem tão pouco, não é problema de adaptação, seja em qualquer lugar, é da natureza deles essa vidinha curta mesmo.

Não se sabe também, porque a natureza resolver os deixar tão pouco tempo na Terra, sendo que tem criaturas bem mais chatas que eles que vivem muito mais. Talvez seja aquela história da negociação: os canários é que escolheram viver só cerca de cinco anos para ter outro benefício, pode ser que um dos benefícios seja procriar bem e bastante.