Abrir menu principal

Desciclopédia β

Cananéia

(Redirecionado de Cananeia)
Gnome-searchtool blue.png Cananéia é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Todos os habitantes usam a mesma operadora de celular. Isso quando existe alguma.

Sciences de la terre.svg.png


Índice

Que porra é essa?Editar

Cananéia, uma ilha mais conhecida como Cananóia, porque aqui você fica literalmente na nóia (sem ter o que fazer, para quem não entende o canoiês), não tem nada, nem banco se atreve a montar uma agência aqui, só tem alguns caixas eletrônicos como o Bradesco, que fica dentro do correio da cidade que fecha às 5 da tarde, o Banco do Brasil, que fica dentro do Fórum, o Nossa Caixa, dentro de uma lojinha de 1,99 (MGE) e um 24Horas da Caixa que funcionam até as 22:00 no supermercado Yassuy.

Localizada logo atrás de Ilha Comprida (bem mais famosa) logo na entrada tem um barquinho encalhado numa pracinha anunciando "Bem vindo a Cananéia"(o barquinho representa bem o espírito da cidade , encalhada no tempo ); Se você for pela estrada demora para burro, e se for pela balsa demora para burro também, mas tem de pagar cinco reais, além de ser carregado pelos pernilongos, "pórvinhas" e devorado por mutucas.

A economia da cidade inteira gira em torno dos pescados, prefeitura, Miami Pescados, Supermercados, Madeireira e do manguezal que cerca a ilha, puxado por seu carro chefe as ostras de Cananéia (que faz você peidar mais), um dos orgulhos da cidade, e claro os funcionários públicos, em Cananéia é assim, ou é pescador ou trabalha na prefeitura, ou na Miami, Supermercados e Madeireira (o problema aqui é o pó),e só.

LocalizaçãoEditar

 
Nem o Google consegue achar essa cidade (Piauí?)

Última cidade do estado de São Paulo (pelo litoral) cidade muito agradável, perdida no meio do nada, com suas belas praias absolutamente desertas.

HabitantesEditar

Basicamente animais silvestres nativos da Mata Atlântica, além de alguns caiçaras perdidos por lá, muito simpáticos e hospitaleiros.

Os nativos cananeus brasileiros afirmam ser Cananéia o primeiro povoado brasileiro. Antes mesmo do Brasil ser descoberto, Cananéia já existia, mas naquela época ninguém ligava pro pobre vilarejo, hoje em dia a coisa não mudou muito, Cananéia continua esquecida na fronteira com o Paraná.

A população caiçara vive a base da pesca.

Eventos importantesEditar

  • Porra nenhuma Festa da tainha, Festa do Mar, Festa de Agosto e Churrasco dos Ursos com a prestigiada presença de Tekinho homens fortes e viris

Pontos turísticosEditar

Cananéia tem uma praça com uma antiga igreja, um museu mais velho que a Dercy virgem, uma arvore que dizem ser centenária e algumas ilhas que podem ser visitadas.

A maravilhosa Ilha do Cardoso, que para chegar é muito simples: 3 horas de barco, que saem de Cananéia de mês em mês com destino a ilha. Mas lembre-se! Ao chegar na Ilha do Cardoso, prepare-se para andar no meio do mato, da lama e de animais selvagens. Há também algumas construções velhas nessa ilha que vale ressaltar que ninguém se importa muito com elas.

A magnífica Rua do Artesão, comumente chamada de Rua do 'T'esão, fica localizado no centro da cidade e é muito frequentado por turista durante o dia para ver a grande quantidade de artesões existentes e, no período da noite, para formados em humanas, funkeiros e ficantes que se utilizam da pouca luminosidade do local para acender ‘’velas’’, acasalar ou apenas mijar.

Existe ainda um bairro afastado do grande centro do nada, chamado Porto Cubatão, que vive da pesca e sua população é composta por Índios Canibais, canoas e alguns emos que de um tempo pra cá, vem contaminando esta pacata população com poluição sonora, mas ainda sim vale a pena dar uma olhada, como um passeio no zoológico.

Quando você quiser se esconder do mundo, fugir da civilização, Cananéia é um bom destino. A cidade é um quadro decadente e triste da época colonial.

BaladasEditar

Não tem (tem sim Maratayama) não tem mesmo, mas de vez em quando (todo final de semana de janeiro de ano bisexto) , tem um clube galpão que é colocado uma caixa de som e cobra-se para entrar (calunia verdádia), e a cidade inteira vai (oito pessoas), principalmente as menininhas de Cananóia, com seus 16, 17 e 18 aninhos, todas muito empolgadinhas por uma festa (que é coisa rara lá) (sempre tem tem nada), que fica fácil pegar mulher ,(mas não pensem que vão encontrar alguma gata, a mais bonitinha só perdeu um dente)(as moças são muito bonitas)a balada termina as 2 da manha (as 2 da manha está começando), e logo tem algumas delas que saem e tradicionalmente ficam dando volta na pracinha principal em frente a balsa que leva para ilha comprida ( passear de frente p o canal de Cananéia, somente poucos tem este privilégio) ,provavelmente torcendo para um dia alguém aparecer e tira-las de lá. (os incomodados...). Atualmente trabalhar nos mercados da cidade é motivo de status, uma profissão muito almeijada e disputada.

 
Chorão fazendo um som em Cananéia

.

Pontos de (des)interesseEditar

O orgulho da hmmmm.... cidade (??) é uma figueira que cresceu em cima de um chafariz, e segundo a lenda, quem der 7 voltas correndo em volta dela arranja uma namorada (o). Isso se deve ao grande número de virgens punheteiros que existem lá. Também é louvado um morro gigante sem nada em cima, sabe-se lá o motivo, provavelmente a falta de reais lugares bons para se visitar. Tem um bom carnaval, calmo, seguro e animado, onde os turistas se misturam com as caiçaras(Conhecidas como neguinhas do cabelo duro do rocio, carijo e acaraú).

Fios de cobreEditar

Em Cananéia agora tem uma onda de roubo de fios de cobre. Roubam até o fio que ilumina a cidade inteira. Esses tempos aí a cidade ficou sem energia o dia inteiro. Na verdade eu sei quem roubou esses fios, foi eu e uns manos lá da minha quebra, mas já tá normalizado que eu e os manos vamo ter que caminhar a pé de Cananéia até Praia grande.