Abrir menu principal

Desciclopédia β

Capitão América: Guerra Civil


Capitão América: Guerra Civil, ou Vingadores 2,5: Guerra Civil é um documentário que narra, com certos alegóricos exageros, as eleições presidenciais no Brasil em 2018 onde é retratado a guerra sangrenta entre escravos do capitalismo olavista mal liderados por Homem de Ferro contra os criminosos comunistas comandados pelo Capitão América lulista. Como cada lado tem argumentos convincentes ensinados por Youtubers, cada um argumentando brilhantemente sobre a qual espectro político melhor o nazismo se encaixa, o filme já tem nesse apelo o seu marketing, porque é muito fácil escolher o seu lado, pois até anarcocapitalistas vão ter um lado. Este ambicioso filme começa a fase 3 do Universo Marvel que promete ainda menos mortes impactantes para o futuro da franquia. Dirigido pelos irmãos Russo que tiveram com Batman v Superman: Dawn of Justice um bom exemplo do que não fazer e mesmo assim o fizeram: Um filme ainda pior, mais sem graça e mais insosso que o anterior. Personagens como Hulk, Thor, Wolverine, Deadpool e Chapolin ficaram de fora, alguns por questões de direitos autorais, outros por questão de conveniência de roteiro.

Avengers: Civil War
Avengers 2,5: Civil War
Vingadores: Capitão América v Homem de Ferro: A Origem da Justiça (BR)
Capitão América: Guerra Civil (PT)
Marvel Civil War.jpg
Poster do filme
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
2016 • Bem colorido • 2 horas
Direção Par de russos
Produção Marvel na Disney
Produção executiva Kevin Faig
Elenco Chris Evans como líder dos comunistas
Robert Downey, Jr como líder da Hydra
e todas a cambada de Vingadores
Gênero Space opera de comédia romântica

Índice

ProduçãoEditar

Como o fim das filmagens de Capitão América, Eu e meu Outro Eu, conhecido em latim como Capitão América e o Winter Soldier, e o sucesso de Star Wars Stories: Guardians of Galaxy, pensava-se que uma boa continuação para o personagem do Capitão América seria uma comédia em ficção científica ao estilo James Bond. Os roteiristas logo se debruçaram sobre a a galeria dos vilões conhecidos do Capitão América, mas logo perceberam que só havia um, o Caveira Vermelha e mais ninguém vermelho.

O vilão que parecia mais interessante era o Ossos Cruzados, mas logo os roteiristas perceberam que além de se parecer com o já lançado Bane em The Dark Knight Returns, o Ossos Cruzados era sobretudo sem poderes. Uma das mentes nerds e criativas da Marvel Studios então logo sugeriu: Por que não fazemos guerra civil? O que inicialmente foi considerado algo estúpido porque para esses filmes genéricos e sem alma lotados de super-heróis já existem os filmes dos Vingadores, mas enquanto aquele nerd estava sendo tratado como um tolo, a Warner anunciou que iria lançar Bátima v Super Homi: A Origem da Feira da Fruta, então os produtores da Disney, após um breve silêncio, disseram para o geek enlouquecido começar os preparativos para um roteiro sobre a Guerra Civil. E assim se produziu pela primeira vez na história um filme dos Vingadores sem o subtítulo "Vingadores".

RecepçãoEditar

Quando um filme sobre a Guerra Civil da Marvel foi anunciada, todos imaginaram o Nitro explodindo uma cidade americana levando vários jovens heróis, incluindo a prima do Namor, que combateriam clones do Thor e do Hércules, enquanto o Quarteto Fantástico teria que lidar com os X-Men e muitos heróis que apenas as pessoas sem vida social conhecem. Mas o resultado não foi o esperado e a "guerra civil" na verdade era um subtítulo metafórico, a denominada "clickbait", porque o confronto foi apenas entre uma dúzia de heróis só. De todo modo os fãs acabaram mais felizes do que chateados (ninguém destruiu o cinema como aconteceu nas salas de cinema do Batman vs Superman, muito porque as mães do Steve Rogers e do Tony Stark não se chamavam Martha, e na verdade a mãe de um deles foi assassinada por um experimento russo). Os críticos (exceto aqueles youtubers nerds que gostam de qualquer coisa) deram ao Guerra Civil o status de "um filme de super-herói menos ruim do que o habitual".

EnredoEditar

TerrorismoEditar

Em 1991 a União Soviética tinha o seu aparente fim. Tudo uma grande fachada para dispersar um imenso espólio de armas, obras de arte, armas nucleares, ovos de ouro crivados de pedras preciosas colocados certamente por gansos soviéticos elegantes, muitas armas e um sótão abandonado onde James Bucky Barnes estava congelado, a quem deveria tornar-se o "Capitão URSS", também conhecido como "Soldado do Inverno", também conhecido como "O garoto do cabelinho bonito". Quem ficou com Bucky foi a Hidra, que se aproveitou do fato dos soviéticos só fazerem coisas malignas e que haviam, portanto, criado um soldado assassino sem sentimentos, ideal para executar os tantos planos malignos da organização.

Após terem erradicado o problema de invasão de baratas alienígenas em Nova York e derrotado um Pinóquio de Vibranium Megalomaníaco Assassino, a equipe do Capitão América, os denominados "Vingadores", dedica-se a lutar em países pouco conhecidos - de preferência paródias fictícias - contra goticrroristas (combinações entre góticos e terroristas) que se vestem de personagens de Tim Burton e roubam armas biológicas para fins malignos. O problema é que esses vilões menores tem o mau hábito de explodir quando são derrotadas, e isso ia acontecer no meio da Feira da Fruta (exatamente, a mesma onde o Coringa conheceu a tia do Batman), mas graças aos seus poderes ambíguos, a Feiticeira Escarlate consegue conter a explosão e salvar centenas de pessoas, fazendo com que o vilão exploda no ar longe de vítimas inocentes. Porém, embora Wanda consiga levitar maquinários inteiros em Guerra Infinita, não conseguiu enviar um simples homem para a estratosfera e a explosão matou dois ornitólogos que tiveram a má ideia de passear de balão de ar quente naquela área sem conflitos armados.

O documento que não prova nadaEditar

Depois de Tony Stark faz uma demonstração da nova tecnologia da Disney de rejuvenescer atores de modo a convencer Wesley Snipes de voltar a fazer Blade, uma senhora se aproxima dele nos corredores acusando-o de ter salvo o mundo do Ultron, mas não seu filho, que tinha apenas 15 minutos da batalha e morreu engasgado com Froot Loops quando viu meia cidade flutuando os céus enquanto eu estava comendo. Tony provavelmente estava bêbado porque se sentiu genuinamente culpado e até informa ao Capitão que o inimigo do Hulk quer vê-los, talvez com boas notícias. General Ross aparece mostrando-lhes vídeos de cidades que foram palco da aniquilação total das lutas inconsequentes dos Vingadores, perguntando-lhes se eles não se sentiam culpados.

O inimigo do Hulk então diz que os Vingadores devem assinar um documento que diz que eles só podem agir após uma autorização realizada por uma comissão da HYDRA ONU. Os Vingadores seriam então uma subunidade das Forças de manutenção da paz das Nações Unidas e seriam então padronizados, remunerados adequadamente e deveriam, quando em ação, proteger-se com os capacetes azuis e, quando necessário, proteger reuniões secretas de agentes encapuzados com um acentuado sotaque alemão. Steve Rogers logo manifestou-se dizendo que aquele documento que não prova nada e louco como todo conspirólogo acredita que a ONU é só um braço político da Hydra financiada por George Soros, um não-leninista, e se recusa a fazer parte nisso tudo.

Começa a guerraEditar

 
Aos 80 anos de idade, Capitão América beija pela primeira vez.

Em Tordesilhas, cidade onde historicamente são assinados acordos e tratados, 117 países comandados por presidentes alinhados à Hydra e contra o Foro de São Paulo decidem assinar um documento que diz que os Vingadores não podem combater vilões em seus países, incluindo os presidentes dos mesmos. Um homem coloca uma peruca de cabelo chapinha e um braço de metal e joga uma bomba pesada na sede do local, que felizmente não explodiu imediatamente, mas cai na chefe do rei T'Chaka de Uganda que distraído é explodido. O filho da única vítima do atentado jura vingança a qualquer pessoa com cabelos longos e sedosos e um braço de metal e por isso se veste com uma combinação de gato preto e Batman e sai nessa caçada louca. Por outro lado, o Capitão América que decidiu não assinar aquele documento, um pouco por sua ética mas também porque nunca aprendeu a escrever, ele se propõe a salvar seu antigo interesse romântico homoafetivo e amigo que por coincidência estava de férias na mesma cidade onde T'Chaka morreu no atentado a bomba.

Como Bucky não possui superpoderes, tem apenas um braço que potencializa sua masturbação, ele não consegue sozinho despistar todos os heróis reunidos, embora tente. Quando vai lutar contra o Pantera Negra mal consegue socá-lo, embora ele termine distraído por um helicóptero que dispara contra o Pantera acreditando que fosse o Batman do futuro.

Recuperando BuckyEditar

Bucky é preso em Berlim, mais amarrado do que Hannibal Lecter em seus bons tempos. Obviamente um psicólogo que não foi totalmente identificado é quem foi permitido ter acesso a um assassino com amnésia. Este psicólogo começa a ler um poema dadaísta, e sabemos que esses "poemas", na verdade, são muito ruins e perturbam qualquer um, até mesmo alguém que sofreu lavagem cerebral, e por isso Bucky faz o qualquer um de nós faria: Rompe suas algemas e quebra o vidro à prova de balas disposto a responder a tudo o que o psicólogo quer perguntar, para assim ele parar de ler aquilo.

Aproveitando que Bucky já tinha escapado, Rogers e seu amigo Willson conseguem detê-lo. O Capitão América mostra quão forte é ao conseguir parar um helicóptero com as mãos em vez de simplesmente ficar sobre ele, o que impressiona Bucky que concorda em ser raptado e levado para um armazém abandonado nas proximidades, onde ninguém iria encontrá-los, embora aquele fosse paradoxalmente o primeiro lugar onde você deve procurar por suspeitos de alguma coisa. Lá Bucky revela os segredos íntimos da mãe do Capitão América e eles se tornam amigos novamente numa emocionante cena homoafetiva. O Soldado Invernal revela ainda que o psicólogo demente vai para um gulag na Sibéria reviver outros super soldados, incluindo o Capitão Ucrânia, Capitão Geórgia, Capitão Estônia, Capitão Tadjiquistão e Capitão Cazaquistão,e que juntos eles acabariam com o mundo capitalista de mercado livre e restabeleceriam a Rússia Soviética, algo mais perigoso que o próprio Ultron, e eles deveriam ir matá-los enquanto estivessem dormindo em seu sono criogênico.

A luta no aeroporto abandonadoEditar

 
O baixo orçamento do filme não permitiu que a Disney pudesse comprar a Fox (a tempo) para que os X-Men fossem inseridos em CGI nesta icônica cena do filme.

Para evitar matar pessoas inocentes em uma luta como a realizada entre Superman e Zod ou Goku e Freeza, todos os heróis decidem se encontrar num aeroporto abandonado para brigar. Lá Rogers tenta alertar Stark que há um psicólogo dadaísta que precisa ser detido e que é um agente da HYDRA que quer destruir o mundo, mas Stark responde com seu sotaque etílico "num to tendendo nada, eu só quero brigar" e chama seu estagiário que veio direto da carreta Furacão, fantasiado de aranha para desarmar Steve Rogers, mas depois o Homem-Formiga intervém e transforma aquela batalha em uma luta de artrópodes (porque lembre-se que as aranhas não são insetos).

Na fita cena mais épica dessa pancadaria generalizada o Homem-Formiga encolhe e sobe numa das flechas do Arqueiro Verde e invade a armadura do Homem de Ferro, decidido à arruiná-la por dentro, procurando onde estaria a entrada do ânus de Tony Stark para crescer ali dentro e obliterá-lo, mas nunca imaginou que aquela tecnologicamente avançada peça de engenharia estaria equipada também com inseticida que o expulsaria de dentro do traje. Enquanto isso o Homem-Aranha exibe seus conhecimentos geeks contra Falcão e Barnes. Neste momento o Homem-Formiga inverte a função de seu traje e se torna gigante, desafiando todas as leis da física de conservação de massas e todos ficam atônitos imaginando qual seria o tamanho atual de seu pênis naquele estado. Apenas Feiticeira Escarlate, que é frígida, não está pensando sobre a anatomia do Homem-Formiga, e arremessa carros cheios de bebês ou gatos em cima do Homem de Ferro, permitindo que o Capitão América e seu amante Bucky para o seu sonho romântico na Sibéria. Natasha muda de lado e distrai o Homem-Gato-Preto com um rato de brinquedo. E o Visão não faz jus ao seu nome e erra o tiro à nave do Capitão América, enquanto War Machine, sentindo-se subaproveitado desde o começo do MCU, decide ficar paraplégico para ver se consegue o papel de Professor Xavier e assim ganhar mais relevância e o Falcão fica triste em não ter sido ele o aleijado, já que sente-se também subaproveitado.

Missão na SibériaEditar

 
E o lado sensato do bem perde no final.

Enquanto todos os amigos de Steve Rogers são capturados e levado para o Asilo Arkam, o Homem de Ferro repousa e acorda menos bêbado, quando percebe que tudo o que o Capitão América disse meio que fazia sentido, pois todo psicólogo sempre é o vilão das histórias, então ele decide sair para ajudar nessa missão, algo que decidiu ir fazer sozinho porque já estava cansado de dividir a tela com tanto personagem, embora o Homem-Gato o seguiria em um avião invisível que apenas um bêbado não veria.

Em algum lugar na Sibéria, um lugar pequeno onde é fácil encontrar alguém, Stark se reúne com Rogers e Bucky para fazer uma trégua e descobrirem juntos quem era o verdadeiro vilão da história, que pasmem, era o filho falecido da mulher do começo do filme, que se engasgou e morreu, mas que graças a uma bem aplicada manobra de Heimlich foi ressuscitado. Mas furioso jurou vingança contra os Vingadores e assim arquitetou um grande plano onde faria todos os heróis lutarem entre si, e para tal viajou no tempo com seu DeLorean de volta para 1991, vestiu uma peruca e revestiu o braço de metal, para então matar o pai e a mãe de Stark e ainda gravar isso em vídeo para provar que Barnes era o grande culpado por aquela tragédia. Neste momento o Homem de Ferro é tomado por uma fúria tão grande que desaprende todas suas técnicas de luta e decide brigar contra Bucky e Capitão América da maneira mais burra possível. Enquanto eles lutam como Zemo queria, o Homem-Gato-Preto o captura no lado de fora da base secreta soviética.

Enquanto isso na luta final, Bucky distrai-se e Stark vomita em seu braço metal, fazendo com que todo o álcool corrosivo de seu estômago dissolva aquele braço artificial. Momento que uma luta brutal e sem sentido acontece entre Rogers e Stark, um embate o qual Stark termina derrotado com golpe de escudo em seu coração metálico. A luta terminou com um corajoso desfecho, com o triunfo das forças do crime e da desordem contra as forças da ordem impostas por Stark. Não muito depois, o Capitão América se disfarça de cortesã e liberta da prisão em Tuvalu toda a sua equipe e ainda encontra tempo para enviar uma carta manuscrita a seu amigo Stark, dizendo que eles são amigos há mais tempo, mas que continuará lutando contra inimigos e que não é culpa dele ter se apaixonado por um soldado comunista e que apesar de tudo estaria sempre disposto a levá-lo para uma clínica de reabilitação para alcoólicos. Finalmente Steve Rogers aprendeu a escrever!

Cena pós-créditosEditar

 
Conhecemos Wakanda, o lar secreto dos Thundercats, local onde Bucky entrará em repouso pelos próximos 3.000 anos, até Futurama.

PersonagensEditar

Team Cap

  • Capitão América / Steve Rogers (Chris Evans) - Líder dos criminosos Vingadores e o mais veterano do grupo. Ele está chateado que SHIELD é controlada pela HYDRA que controla a ONU e todos os governos mundiais. Fica mais chateado ainda quando tentam controlar também o seu coração dizendo que ele não deve mais se importar com sua antiga paixão homoafetiva. É claro que ele se nega a isso e começa uma batalha contra o mundo para reafirmar seu amor impossível.
  • Falcão / Sam Wilson (Anthony Mackie) - É um daqueles personagens secundários que tem discreta relevância porque eles têm um amigo famoso, neste caso Steve Rogers a quem ele conheceu enquanto fazia cooper. Ele é um homem com traje de pássaro com o poder de voar. Originalmente Capitão Falcão, a Nintendo já havia patenteado o nome, então ficou só como Falcão mesmo.
  • Feiticeira Escarlate / Wanda Maximoff (irmã Olsen que deu certo) - Criada por nazistas e depois adotada por Ultron com o objetivo de ser malvada e vestir-se de vermelha, a Feiticeira Escarlate aparece em seu segundo filme disposta a se corrigir e salvar a vida de muitas pessoas, mas no final ela termina numa espécie de apartamento que parece cenário e enredo para filme pornô enquanto está guardado um robô de aspecto ainda mais pornô. Seus poderes são muito ambíguos, mas basicamente faz carros levitarem, e pelo menos sabemos que não pode anular uma explosão.
  • Gavião Arqueiro / Clint Barton (Jeremy Renner) - Um agente da SHIELD que até então só sabia fazer o que o governo o comandava, mas após ter se tornado escravo de Loki quando este usou sua "varinha" mágica, uma vez liberto o Gavião decidiu que poderia ser melhor que apenas um figurante. Graças a um telefonema explicando que Stark estava mais bêbado do que o habitual, ele decidiu voltar a filmar formigas e tentar ser o Vingador mais sexy da região.
  • Soldado Invernal / Bucky Barnes (Sebastian Stan) - Personagem mais importante no filme porque ao mesmo tempo que é o amor platônico do Capitão América ele também matou os pais de Stark a sangue frio.
  • Homem-Formiga / Scott Lang (Paul Rudd) - Veio para o grupo de Capitão América por ter caído no sono dentro de uma van. Foi recrutado para invadir o ânus de inimigos e explodi-los de dentro para fora, mas todos os adversários usavam armaduras e trajes muito hermeticamente fechados e ele nunca pode concretizar seu plano.

Team Stark

  • Homem de Ferro / Tony Stark (Robert Downey Jr.) - Líder dos Hydravingadores, bilionário, filantropo, playboy, que nunca em sua vida se dispôs ao controle do governo enquanto suas armas matavam milhões de pessoas ao redor das guerras do mundo, mas quando um colega acidentalmente mata um casal de inocentes, então Stark demonstra todo seu maucaratismo e move o céu e a terra para levar seus "amigos", defensores da justiça, à prisão perpétua mais segura.
  • Máquina de Combate / James Rhodes (Don Cheadle) - Soldado do exército dos Estados Unidos que faz tudo o que Bushs, Obamas e Trumps o ordena, ao mesmo tempo em que finge ser amigo de Stark para que ele não o deixe sem armadura. Ele nunca esteve realmente interessado em guerra e aquele codinome é só um disfarce. No final do filme, em ato desesperado por mais relevância nos filmes, decide que quer o papel do Professor Xavier, raspando a cabeça e ficando paraplégico.
  • Visão (Paul Bettany) - JARVIS era um fantasma cibernético que enfrentou Ultron e o venceu em um duelo de debate inglês, permanecendo com um corpo cibernético e agora tem crises existencialistas pois não possui um pênis.
  • Scarlett Johansson (Scarlett Johansson) - Continua sendo apenas uma gostosa que está ali para trazer um sex appeal. Sem muita função além disso.
  • Pantera Negra / T'Challa (Chadwick Boseman) - Apresentado como um belo príncipe wakandano, disposto a assinar alguns papéis para colocar na cadeia todos os super-humanos que não aceitem trabalhar para o Conselho de Segurança da ONU. Mas assim que alguém mata seu pai ele embarca em uma caçada por um criminoso disfarçado de cabelo comprido e braço metálico, e no final salva o bandido de verdade e também muda de lado.
  • Homem-Aranha / Peter Parker (Tom Holland) - Um nerd qualquer, um adolescente que teve um encontro casual com uma aranha radioativa e se tornou uma aranha humana, até Stark encontrá-lo e recrutá-lo e obrigá-o a ir para a Europa para lutar contra outros super-heróis ou caso contrário ele contaria tudo à sua tia sexy, e se isso não bastasse, ele também iria substituir o tio Ben.

Outros personagens

  • Helmut Zemo (Daniel Brühl) - Vilão genérico que quer se vingar dos Vingadores, ele decidiu fazer seus heróis favoritos se matarem para ganhar uma aposta, mas então ao ver o Homem de Ferro completamente nerfado ele percebeu que estava prestes a perder a aposta e queria colocar uma bala no olho para acabar com esse sofrimento, mas o Homem-Gato o salvou, prendendo-o e levando-o à justiça de Wakanda, para que as panteras a comessem pouco a pouco.
  • Agente 13 / Sharon Carter (Emily VanCamp) - A nova peguete do Capitão para botar ciúmes no Bucky, e também porque a Peggy já era velhota e foi pro saco.
  • Tia May (uma MILF bem sexy) - Até que não foi uma má escolha do elenco. Por que toda tia tem que ser feia caindo aos pedaços?