Abrir menu principal

Desciclopédia β

Carue

250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

Carue

Carue-cosplay.jpg

Bando Reino de Alabasta
Pirata / Marinheiro
Idade alguns aninhos.
Codinomes Patinho feio.
Cargo Bichinho da Princesa
Técnicas Patada
Perfil
Família Ninguém
Sonho Comer sua dona
Frase Favorita "Quack! Quack!"


Cquote1.png Você quis dizer: Patinho feio Cquote2.png
Google sobre Carue
Cquote1.png Você quis dizer: Jar Jar Binks Cquote2.png
Google sobre Carue
Cquote1.png Quack!!!! Quack!!!! Cquote2.png
Carue gritando por coisas sem sentido.
Cquote1.png Vamos passear! Cquote2.png
Nefertari Vivi sobre Carue
Cquote1.png Esse pato está cagando o barco todo! Cquote2.png
Zoro sobre Carue
Cquote1.png Cala a boca, você congelou o coitadinho! Cquote2.png
Nami sobre citação acima
Cquote1.png Esse pato é chato pra caralho! Cquote2.png
Usopp sobre Carue

Carue é um pato chato pra caralho, ele é o animal de estimação que acompanha a Nefertari Vivi, a princesa de Alabasta. Carue acompanhou os Piratas do Chapéu de Palha em suas viagens na guerra contra os terroristas malvadões do Baroque Works. Atualmente ele vive nas lagoas de Alabasta que havia secado pelo Crocodile

Índice

HistóriaEditar

PassadoEditar

 
Carue tomando Noku.

Carue nasceu em um riacho na longínqua ilha de Alabasta, onde foi abandonado por seus amigos patos, e que um caçador islâmico mandou todos eles pro colo do Capiroto, Carue foi o único sobrevivente do grupo de patinhos. Ele ficou perambulando pelo deserto até ser adotado por Nefertari Cobra, o rei de Alabasta, que o deu de presente pra sua filha Nefertari Vivi, a princesa de Alabasta pra servir de capacho. Carue acompanhou Vivi desde a infância até os dias de hoje, Vivi adora montar no seu patinho feio.

Baroque WorksEditar

 
Carue e Vivi no Mundo do Contra.

Carue ajudou a sua querida Vivi contra o grupo terrorista alto-intitulado Estado Islâmico do Alabasta, mais conhecido como Baroque Works, Vivi havia se infiltrado no grupo e foi molestada pelo Crocodile, agora eles estavam atrás dela para manda-la pro saco, mas foi salva pelo Zoro, que fazia parte de um grupo de piratas maloqueiros, Vivi deu pro capitão do grupo pra ele ajudar ela em Alabasta, assim o patinho Carue e sua querida Vivi foi com o bando rumo a Alabasta resolver essa parada.

Litte GardenEditar

Carue, Vivi e os Chapéus de Palha chegaram em um jardim no Jurassic Park, e lá tinham dois gigantes caindo na porrada. Um deles chamou Carue pra tomar cachaça, na casa do Brogy tinha tudo quanto era bebida alcoólica, Carue encheu a cara e ficou doidão, enquanto isso, Mr. 3 e uns piratas do Baroque Works e queriam fazer churrasquinho de pato ao molho branco, e foram à caça, mas os piratas do Chapéu de palha botaram eles pra correr, Brogy se curou da ressaca e voltou a entrar na porrada com o Dorry. Carue e seus amigos saíram rumo à Alabasta (de novo).

Ilha de DrumEditar

 
Carue e Vivi indo salvar Alabasta.

Eles estavam indo em direção à Alabasta, porém, Nami pegou gonorreia na xereca e precisava de cuidados médicos, eles desembarcaram na Ilha de Drum e foram atrás de um ginecologista, enquanto isso, Carue foi dar uma nadada e ficou congelado. Depois que os Chapéus de Palha voltaram com um veadinho, eles perceberam que Carue tinha virado picolé, assim eles foram pra Alabasta.

Alabasta (finalmente!)Editar

Eles finalmente chegaram em Alabasta pra resolver a treta, Carue chamou todos os patos das fazenda e reuniu um exercito com Pato Donald, Patolino, etc. e foram pra batalha com os Barrocos terroristas, levou Vivi em suas costas rumo a capital enquanto ela estava sendo perseguida por um travesti tarado chamado Mr. 2. O resto da história é que Alabasta virou um fuzuê danado, o pau comeu, e o Crocodile se fodeu, Carue pode viver tranquilamente passeando com seus patinhos.

Ver TambémEditar

v d e h