Abrir menu principal

Desciclopédia β

Cavalo com alças

Cavalo com alças é uma modalidade da ginástica artística exclusivamente masculina, visto que os gordos onanistas da FIG achariam uma visão nada indigna mulheres musculosas girando naquele instrumento que requer puramente força física.

HistóriaEditar

 
Cavalo sem alças praticado à moda antiga.

Tudo começou quando pessoas paraplégicas na Roma Antiga decidiram não se entregar à depressão e dar o bom exemplo competindo nas para-olimpíadas da antiguidade. Após serem esfaqueados ou algo do tipo e perderem o movimento das pernas, ainda montavam cavalos, mas não apenas isso, faziam sexo com eles, que claro, sofrendo tais mals tratos e estupros se debatiam e forçavam o cavaleiro paraplégico ficar se contorcendo e fazendo diversas manobras para se manter montado no animal.

O esporte foi reinventado em meados do século XVII quando pessoas decidiram executar acrobacias em cima de cavalos para apenas simular posições do kama sutra mas sem executar a bestialidade e zoofilia em si.

Aos poucos a tendência foi apenas ficar mais suave a prática, e no século XIX o cavalo real foi substituído por uma bancada que simulava o cavalo tal qual as bonecas infláveis simulam mulheres para otakus solitários, tal medida teve que ser adotada para evitar que o ginásio ficasse todo cagado de bosta de cavalo. A modalidade foi adotada logo nos Jogos de 1896.

AparelhoEditar

O cavalo com alças na verdade não é realmente um cavalo, aquele instrumento nada mais é do que um touro mecânico improvisado com duas alças que servem só de ornamento porque ninguém usa.

A estrutura de madeira é revestida por couro de pica onde os atletas devem então esquivar-se o máximo possível de esfregar a bunda ali sob penalização de serem zoados por causa disso. As suas quinas são arredondadas e suaves para evitar que os atletas morram caso caíam.

Execução e regrasEditar

Embora seja declarado senso comum a grande viadice de todos aqueles ginastas, não é porque são gays que eles precisam ser fracos e frágeus, e o cavalo com alças é a prova em que eles podem demonstrar toda a força contida naqueles braços sarados que sustentam todo peso de seus corpos malhados e suados. Na apresentação de 1 minuto os ginastas devem ficar girando igual uns doidos fazendo cara de quem está segurando bosta e demonstrar o máximo de posições do kama sutra possíveis a se executar em zoofilia com cavalos.

Pontos são descontados por falta de postura nas pernas que devem estar sempre eretas já que manter o pênis em ereção seria muita baixaria. Também são descontados pontos caso o atleta caia de boca no chão, ou caia de bunda no cavalo.

v d e h