Abrir menu principal

Desciclopédia β

Comportamento

Comportamento indecente... não, comportamento ridículo... não comportamento inconveniente...

Cquote1.png ZEEEEERRROOOOO!!!! Cquote2.png
Qualquer professor(a) que dê aula pra você e pra mim sobre comportamento.
Cquote1.png ZEEEEERRROOOOO!!!! Cquote2.png
Mestre Linguiça para turma do Chaves quase toda sobre comportamento.
Cquote1.png ZEEEEERRROOOOO!!!! Cquote2.png
Professor Raimundo dando aula pro Bento Carneiro e sua cambada sobre comportamento.


Comportamento é a forma como as pessoas recebem informações do meio da bunda e reagem à elas, sempre lembrando que o cérebro humano processa informações de modo racional, mas a reação pode acontecer antes de se pensar melhor no ato, isso faz do comportamento algo quase sempre imprevisível, não se pode prever por exemplo, quando você vai se apaixonar por um lindo bofe casado...

TiposEditar

O comportamento humano na verdade não varia muito de pessoa para pessoa, depende do lugar da(s) compania(s) e até da conveniência. No caso da conveniência, por exemplo, seu irmão ou sua sua irmã ser um anjo perto de seus pais e longe deles ser o próprio de modo que eles não acreditam nunca e acham que você é quem está errado então, o melhor que tem a fazer e ficar quieto com cara de bunda, ou chamar ela... não, não, melhor chamar ela.

Agora vejamos o comportamento do ogro, que não é necessariamente um comportamento de ogro, do Shrek: ele trata bem com as pessoas, apesar delas terem preconceito com sua verde pessoa, mas na mesa deveras seu comportamento é de ogro: só falta engolir a Fiona, os pais dela e até a própria mesa... bom a Fiona também tem um comportamento semelhante.

O comportamento pode ter a ver com a personalidade, tipo, se a pessoa tem personalidade de jegue o comportamento será como tal. As pessoas se enganam um pouco sobre comportamento, por exemplo acham que na prisão se comportam como verdadeiras animais, e na verdade todos andam na linha e organizados, e ai de quem não cumprir as regras. Ainda no caso da prisão também pode acontecer conveniência: para obter benefícios aquele cão sanguinário se transforma em uma professora de etiqueta.

Bom e mauEditar

 
Serginho tentando ensinar modos de macho ao Marcelão.

Bom comportamento não pode se ter quando convém, até porque não se sustenta, deve ser regado (e não seria bom comportamento dar com o regador em alguém) de muita paciência e boa vontade, sempre que alguém perder as estribeiras, quem se comporta bem deve tentar acalmar a pessoa, e se dois perderem e quisetem brigar nada de rir, ou incentivar ainda mais, deve-se sim ter o comportamento virtuoso e apartar a briga...

...mas se você for fraquinho, tenha um bom comportamento consigo mesmo e peça ajuda, se não quiser até ser degolado no meio da briga, e depois, sendo alma penada, ver no seu velório, as duas pessoas abraçadas e comportadas... chorando pouco, ou nem chorando porque acham ser comportamento de mocinha.

Mau comportamneto pode ser alguém que fala muitos palavrões, porém essa pessoa pode falar por viver puto da cara com um monte de coisas erradas e pra outras coisa a pessoa pode ter o comportamento de um diplomata, e ser... gente boa pra caralho.

MudançasEditar

 
Aula de bom comportamento...

As mudanças de comportamento que não são conforme convém   ...mas isso já foi dito antes   ... certo, certo, comporte-se ou chamo o Mestre Linguíça, mudanças verdadeiras são difíceis, segundo a reza, muitas das coisas que se fazia aos três ou quatro aninhos, são enfraquecidas mas se continua fazendo de forma mais discreta: quem tinha mania de erguer a sainha das meninas e promete à professora e à mãe que não vai mais fazer, aos quinze anos está apanhando na cara pelo mesmo motivo ou coisas parecidas com essa.

Quem tinha a estranha mania de acusar os outros por tudo que fez, sem qualquer peso na consciência e ainda sair se achando o esperto, vai crescer se dando muito bem na vida: as pessoa no geral tendem a amar de paixão, criaturas assim.

Quem se comporta mau quando anda pela rua, apontando pra todo mundo, larga bufa no elevador, joga ranho pelas paredes... pode moderar conforme o crescimento, mas o negócio sempre está lá, tirando a cabeça pra fora, ocasionalmente... falando em tirar pra fora, esse hábito pode trazer muitos problemas se a pessoa for exibicionista, ou pode ser preso por atentado ao pudor... e na cadeia, como já mencionado, ou se comporta, ou vai pro cantinho da disciplina.