Abrir menu principal

Desciclopédia β

Controvérsia acerca do uso do acento agudo na palavra "cu"

Banner do movimento anti-uso de acento no cu. Junte-se você também!

Controvérsia acerca do uso do acento agudo na palavra "cu" (também chamada de Controvérsia acerca do uso do acento agudo na palavra "cú") se refere a uma série de debates científicos e linguísticos sobre o uso do acento agudo no cu. A polêmica é grande, o assunto é tão polêmico quanto o casamento gay, o nazismo ou a teoria de que os vírus não são seres vivos.

Existem várias teorias a respeito, a mais provável delas é de que cu não tem acento, pelos seguintes motivos:

  1. O assento é que tem cu;
  2. Não se acentuam os monossílabos tônicos terminados em í ou ú, exceto se for éi, éu ou ói, seguidos ou não de “s”. (Porra, o lema da Desciclopédia é: Seja engraçado e não apenas idiota!)

Mas muitos professores e linguistas negam essa teoria, por 2 motivos;

  1. Muitos cus (ou cús) possuem acento
  2. O uso do acento no cu é preferível para que novatos não confundam o cu com o cu
Um cu prestes a receber um acento.

A teoria mais provável e aceita é de que cu não tem acento, note como neste artigo inteiro, o cu foi usado sem acento nenhum. Mesmo assim, tem gente que é rebelde não aceita isso e prefere escrever com acento. Muitas crianças já apanharam dos pais porque insistiam em escrever cu com acento.

Possíveis soluções para a confusãoEditar

O uso de alternativas ao cu é o único jeito de se resolver a polêmica. Exemplo, em vez de dar o cu, você pode dar a buceta, é a mesma coisa mas só funciona se tu for mulher usar cu, você pode usar o toba, o anel de couro ou o fiofó, o que é a mesma coisa resolve essa confusão idiota. Pena que ninguém liga pra essa solução. Para ver mais alternativas à palavra cu, consulte: Deslistas:Nomes populares para o cu

ConclusãoEditar

O único cu que possui acento é o seu, e o meu só é posse de um assento.

Carpe Diem, Iniciação, Senhorita e São Jorge, sabem bem.