Corcuero Flango Sobrinho

Ana-paula-padrao-gostosa.jpg Atenção! Este artigo informa sobre um jornalista!

Corcuero Flango Sobrinho é mais um(a) mala sem alça que adora dar palpite onde não interessa.

Confira outros oportunistas pseudo-intelectuais clicando aqui.


Cquote1.svg Você quis dizer: Corcuero Sobrinho do Pastel de Frango Cquote2.svg
Google sobre Corcuero Flango Sobrinho
Cquote1.svg Você quis dizer: Costinha Cquote2.svg
Google sobre Corcuero Flango Sobrinho
Cquote1.svg Você quis dizer: TV Só do Cu Cquote2.svg
Google sobre TV Sodoku
Cquote1.svg Na Holanda, Corcuero Sobrinho morre sozinho e não precisa de você! Cquote2.svg
Reversal Holandesa sobre Corcuero Flango Sobrinho
Cquote1.svg Na União Soviética, Corcuero Sobrinho bate no Seu Madruga, jogando um feitiço que mata VOCÊ! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Corcuero Flango Sobrinho
Babel fish.gifTraduzindo: Corcuero Frango Sobrinho
Babel Fish sobre Corcuero Flango Sobrinho

Corcuero Flango Chun Sobrinho (Chinatown, 15 de janeiro de 1959 - 1 de março de 1979) foi um jornalista chinês da TV Sodoku falecido em 1979. Seu anúncio do suposto caso do Quico repercutiu na Desciclopédia.

HistóriaEditar

Corcuero Flango Sobrinho, nasceu em 1959, filho de um pasteleiro. Em 1969 após passar na faculdade, decidiu seguir a própria vida na TV Sódoku com o programa jornalístico Inusitados. Em 1970 noticiou sobre cara revoltado fodendo chineses.

Em 1971, veio a noticiar sobre um suposto caso de Quico, que utilizamos aqui no artigo sobre o seriado Chaves.

MorteEditar

Em um belo dia, Dona Clotilde bateu em Seu Madruga pensando que este roubou sua sobrinha, fazendo com que o Jornalista falecesse devido a um câncer que subiu para o corpo atingindo o cérebro (mesma causa da morte de Ramón Valdez, ator que interpretava Seu Madruga).