Abrir menu principal

Desciclopédia β

Coriza

Cquote1.png Se fica no Acre, não existe. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Coriza

Coriza é uma pequena cidade Acreana no meio do sertão, próxima ao cu do mundo.

Fundada em 1837, é uma famosa pela grande exportação de Ranho.

Índice

HistóriaEditar

Era uma vez, um lugar perto do nada, bem longe de tudo que você possa imaginar.

 
Cidadãos de Coriza passeiam no centro da cidade.

Nesse lugar, no interior do Acre, o estado mais afastado do Brasil, dois maconheiros vindos do Pará em direção ao Paraguai para buscar mais maconha, pararam para passar a noite.

Seus nomes eram Jaílson Nasalino e Andemarélson Nareba.

Entretanto, eles mudaram seus planos ao lerem num jornal perdido no meio do nada, que a Inglaterra estava importando bastante ranho. Como os dois eram narigudos e tinham rinite, resolveram começar um negócio com a produção industrial de ranho.

A partir daí, fundaram o povoado, que depois passou à condição de distrito, e, por fim, se emancipou em 1837.

PopulaçãoEditar

Atualmente, de acordo com o Ibope, o Datafoda-se, o IBGE e a Tua mãe, vivem 378 ranhentos em Coriza.

Destes, 60% são homens, 30% são mulheres e 10% são emos.

EconomiaEditar

Ninguém economiza nada nessa cidade.

Em especial, ranho.

90% da cidade trabalha nas indústrias de ranho das famílias Nasalino e Nareba, dos fundadores da cidade.

Os outros 10% são desempregados.

Ver TambémEditar