Abrir menu principal

Desciclopédia β

Criptograma

Criptograma mais sacana do universo.

Criptograma ou cripto-cruzada é uma modalidade de brincadeira de palavras cruzadas feita em vários quadradinhos e com dicas e símbolos para que você descubra cada palavra. Um jogo não-recomendado para nenhuma idade se você for analfabeto ou se você só acredita no que está escrito no Catraca Livre ou na Wikipédia...

Como funcionaEditar

Existem duas modalidades diferentes do criptograma:

  • Criptograma simples: É aquele que aparecem diversas palavras a serem descobertas, todas substituídas por símbolos como aqueles que você só encontra acessando o Mapa de Caracteres de seu Ruíndous (se você usa outro S.O., se fodeu), tipo , , ▲, , ℗, e ω por exemplo, todos representando alguma letrinha, tanto que estão espalhados pela quadrinha inteira numa ordem lógica, exceto em alguma coluna em específico, que não tem nenhum símbolo e é a palavra-chave, ou seja, aquela que você NEM que descubra todas ainda vai conseguir descobrir, vai preencher a porra toda sem entender nem o que fez.
  • Cripto-cruzada: É uma versão ainda mais hardcore punk grindcore fecha o ouvido senão endoida desse jogo. Nessa versão tudo lembra uma palavra cruzada comum, exceto que ao invés de dizer algo do tipo "ator principal da novela Irmãos Coragem dos anos 90, ex-marido de Cláudia Raia", o que aparece é algo do gênero "Que olhos mais claros para atender um celular, ih!", ou seja, um monte de enigmas do tipo os que o Charada faz pra irritar o Batimã, só que a vítima dessa vez é você. Agora aguenta coração! Descobrir essas porras é pior que completar um sudoku com um único número em cada quadra, e sendo esse número sempre o número 1 ou qualquer outro dos 9, só que só ele, foda-se pra descobrir onde os diferentes estão...

BenefíciosEditar

Aumentar o número de pacientes para os psiquiatras e hospícios. Porque meu amigo, duvido muito que estimule criatividade e paciência, isso vai é estimular você a quebrar lápis e caneta nas costas de qualquer pobre-diabo que tiver à sua frente num busão ou numa reunião chata...

Este esboço parece ter sido inspirado nas teorias de Richard Dawkins.
Faça-o se tornar mais verdadeiro.