Abrir menu principal

Desciclopédia β

Crowz

Lego-beatles-abbey-road.jpg Este artigo trata de um álbum

E você baixa da internet porque não tem dinheiro.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Quevedo25on.gif Este artigo trata de coisas que nón eczisten!

Este artigo trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.

Cquote1.png Isso nón ecsiste!! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Crowz
Cquote1.png Nunca existiu. Cquote2.png
Mick Thomson sobre Crowz
Cquote1.png Que porra é essa?? Cquote2.png
Corey Taylor sobre Crowz
Cquote1.png Tenho ele todinho. Cquote2.png
Poser idiota pagando uma de fodão que baixou o álbum pela internet sobre Crowz
Cquote1.png Que porra de nome é esse?! Cquote2.png
Qualquer um sobre nome de Crowz

Crowz
Crowz1997.jpg
Capa do álbum, em uma qualidade extremamente alta. (ou não)
Lançado em 1997
Gênero Cu Metal
Gravadora Fundo do porão da casa de algum dos membros


Crowz simplesmente foi o segundo o primeiro um álbum do Slipknot que nunca foi lançado, provavelmente de tão ruim e mal-feito o álbum era. Foi gravado em 1997, e era pra ser lançado nesse mesmo ano, antes do ataque de viadagem do Anders Colsefini vocalista original e ex-batedor-de-latão Anders Colsefini meter o pé, porque cantava mal pra caralho, mas se bem que todo mundo do Slipknot canta mal pra caralho tava de saco cheio de sua carreira secundária não ser reconhecida, e depois entrou Corey Taylor na gritaria, substituindo os grunhidos, gemidos e latidos de cachorro com raiva do Anders.

Índice

A Origem mega estranha do nome de CrowzEditar

Tudo começou numa noite tranquila após um show do Slipknot seguida de uma suruba. Todos os oito miguxos (oito??) voltaram pra casa e depois mais de 8 mil corvos começaram a plantar na carreta fudida de Paul Gray (sim, ele estava vivo). Este mesmo cidadão ligou o farol da carreta e os corvos voaram pras árvore da rua. Então o céu ficou ainda mais escuro do que a pele do negro maravilhoso Zidane.

Num dia fatídico, o batedor-de-latão Shawn Crahan achou um corvo morto na porta de casa. Ele então, com seu grande teor de esperteza e o fato de ter achado o corvo bonitinho, guardou-o num pote de picles em conserva. De tanto amor que liindoooooo *-*, ele levou o pote pros shows. Dizem que até agora ele mantém o pote, porém sem o pássaro, pois este havia morrido séculos atrás devido contrair AIDS.

Faixas (sim, apesar do álbum nunca ter existido, qualquer maggot com internet sabe as faixas)Editar

  • Slipknot/Gently - 8:08
  • Me Inside - 2:52
  • Do Nothing/Bitchslap - 4:16
  • Coleslaw (WTF????) - 2:15
  • Only One - 03:12
  • Prosthesis - 05:40
  • Carve - 03:57
  • Tattered & Torn - 02:39
  • Windows - 03:49
  • Interloper - 02:58
  • Scissors - 08:04

Fonte: suspeita

Sobre as músicasEditar

Como você acabou de perceber, essas músicas músicas? tem mais de 3 minutos, ou seja, o verdadeiro sacrifício é ouvir esta merda (se ele existisse, né?). Pois eu vou contar porque (vinda de fonte super confiável): Quando a demo foi mandada pro produtor, elas tinham menos que 2 minutos AMÉM!!!. Então o produtor não aceitou e mandou eles fazerem músicas mais longas, só que eles meio que exageraram muito na hora de criar músicas maiores e acabaram enchendo linguiças com solinhos á la Brad Delson, e mandaram de novo um CD pro produtor, que aceitou depois de quase se matar ouvindo essa porra que nunca acaba.

Os miguxosEditar

CuriosidadesEditar