Abrir menu principal

Desciclopédia β

Cu-na-mão

Dios1.png Importante! A Igreja Universal quer sua atenção!

Deus quer que este artigo seja ampliado.
Aqueles que o fizerem, serão ajudados pelos seus tentáculos. Os que ignorarem, irão para o inferno pra sempre.
Não seja herege e obedeça a verdade única e divina!


DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Você já ficou com o cu-na-mão um dia?

Cquote1.png ...E não protejo general de dez estrelas que fica atrás da mesa com o cu-na-mão! Cquote2.png
João de Santo Cristo sobre o senhor de alta classe com dinheiro na mão que lhe fez uma proposta indecorosa
Cquote1.png Tá com o cu-na-mão? Relaxa e goza! Cquote2.png
Marta Suplicy sobre cu-na-mão

Um típico cu-na-mão

Cu-na-mão é uma expressão bastante utilizada por todo o Brasil. Representa o medo em um nível tão alto que, é como se o locutor estivesse com seu próprio cu sendo segurado por uma de suas mãos, podendo perdê-lo (deixá-lo cair de sua mão) em qualquer empurrada de um negão.

OrigensEditar

 
Próximo passo na escala evolutiva do cu-na-mão: exercer força centrípeta significativa.

A palavra tem duas origens distintas. A primeira vem dos mosteiros franciscanos da Bahia, no século XII, quando índios catequisados batiam uma escondidos por entre arbustos, observando a sensualidade das europeias com roupas do queixo até o dedão. Como eles eram muito lascivos, ficavam imaginando que as damas da corte franciscana eram a sua mão. Se fossem pegos, a coisa ficava feia e iam pro tronco tomar chicotadas. Aí a expressão indica a mistura de prazer e medo. Típico de quem faz uma cagada e depois fica com o cu-na-mão; A outra é um tanto vaga. Não se sabe se é porque com medo a mão fica fechada, apresentando um tipo de esfíncter entre o indicador e o polegar opositor, ou se é porque ela fica toda suada, devido à adrenalina no momento do pusta medo.

 
Cu-na-mão americano, usado quando a pessoa sabe que vai morrer mesmo. É um sinônimo de foda-se
 
Milicos com o cu-na-mão, com medo de serem atacados pelo gatinho-de-cheiro

Veja tambémEditar