Abrir menu principal

Desciclopédia β

Daisuke Nishio

Farnese1.jpg Made in Nihon ^‿^v

Este é um artigo kawaii ¬¬ com tecnorogia japonesa, né? (ou não :~)
Os otakus dão a sua vida por isso! :B
Mas se vandarizar, o Madinbu vai te transformar em chocolate :~

Cquote1.png Ai, esse desenho aqui vai arrasar o coração das criançadas. Cquote2.png
Daisuke Nishio sobre ele ter criado a série Pretty Cure
Cquote1.png Não é a toa que botamos ele para interpretar a Bulma e a Lunch nos filmes de Dragon Ball. Cquote2.png
Diretores de série animada sobre Daisuke Nishio

Daisuke Nishio criando Pretty Cure, após ter misturado LSD com maconha.

Daisuke Nishio (parido em 1 de abril de 1959) na Prefeitura de Hiroshima, Japão, ele é um animador japonês, responsável pela criação da série Pretty Cure.

Sobre o Daisuke NishioEditar

Juntou-se Toei Doga (agora chamada de Toei Animation, vocês querendo ou não) como animador em 1981. Depois de fazer várias séries televisivas, foi promovido a assistente de direção com "Dr. Slump" em 1982. Estreou como diretor de cinema com "Dragon Ball: Secret of Dragon God" em 1986 (ele dirigiu os dois primeiros filmes da série). A partir de 1989 também dirigiu a série de TV e filmes antes de sua sequência, " Dragon Ball Z ", porém por ele considerar esses desenhos violento demais, ele decidiu ter liberdade própria para poder criar desenho para série mais femininos.

Como ele criou a Pretty CureEditar

Grande fãs das Sailor Moons e de Digmon, ele então decidiu recriar uma história de menininhas entre 11 a 17 anos com poderes mágicos auxiliados de bichinhos super kawaiis, tendo a Culumon como base (explicando porque mais da metade dos mascotes são um verdadeiro porre por serem cutes demais), numa grande aventura contra monstros, vilãs surgidas das trevas, clones malignos...

Ele para desapontar alguns punheteiros de plantão, as Cures nunca ficaram nuas frontalmente ou sim e as suas transformações nunca haviam restigios que estavam peladas e sendo vestidas magicamente, onde com isso ele conseguiu fazer um dos desenhos mais femininos da série, além de famoso também, pelo menos no Japão isso aconteceu.

  Conheça também a versão oposta de Daisuke Nishio no Mundo do Contra:

 
  Conheça também a versão oposta de Daisuke Nishio no Mundo do Contra:

 


 
v d e h
v d e h

Aquele povo que aparece nos créditos finais dos jogos