Deinocheirus


Cada vez mais eu me pergunto se esse tempo todo admiramos apenas galinhas gigantes invés de clones do Godzilla...

Deinocheirus (que do latim significa "terrível cheiro mão") era um dinossauro grande pra caralho. Atualmente só foi descoberto na Mongólia os braços e mãos do filhão da putona (porque chamar de filhinho da putinha é uma agressão sem tamanho), na formação Nemegt, datada do Campaniano Superior ou Maastrichtiano Inferior, idades do Cretáceo Superior (se bem que esses bangues de períodos geológicos quem lê só se confunde, eu sei. Eu mesmo já tô confuso desde já). Servindo como "se só tem tu, vai tu mesmo", esses míseros elementos com 2,6 metros cada um tornam o bicho provavelmente um monstrengo. Daí pra sua aparência ao menos lembrar a de um Tiranossauro... não, não mesmo.

AnatomiaEditar

Como esse retardado que vos falaadiantou acima, só encontraram os ossos das omoplatas, dos braços e das garras do infeliz. São sem sombra de dúvidas as maiores garras dentro do mundo dos dinossauros e provavelmente as maiores de todo o reino animal.

Entretanto, os paleontólogos, fazendo comparações com os braços de outros dinos, sempre acabam localizando mais similaridades dos fósseis do Deinocheirus com dinossauros "imitação de aves" como o estrutiomimo e o avimimo, logo jogaram ele dentro dessa tchurma, ainda que criando sua própria família, a Deinocheiridae, o que ainda assim não remove a vergonha de um bicho com garras tão imensas, tão fodonas, e ainda assim ser um travesti galinhão gigante.

Este artigo é um esboço.
O remetente deste esboço também pode ser o Boça. Ou o Bozo.
Você pode ajudar o artigo se desesbocificá-lo.