Abrir menu principal

Desciclopédia β

Desentrevistas:Judas Iscariotes


Desentrevistas.gif

Este artigo é parte do Desentrevistas, a sua coleção de fofocas informações sobre as pessoas famosas.

Batata desciclo sem texto.PNG
A Desciclopédia possui um artigo sobre Judas Iscariotes


Judas Muito animado com a Desentrevista.


Hoje nossa destemida e valente equipe irá desentrevistar nos confins do além, um dos maiores traidores da face da terra e blá blá blá nada mais nada menos o patife enganador Judas Iscariotes segue abaixo a grande obra da nossa equipe de reportagem

Olá senhor Judas Skywalker é um prazer....Editar

Seu pedaço de asno, é Judas Iscariotes, se falar mais asneiras vai ter em, entendido! ?

Okay, fale como esta sua morteEditar

Esta um tédio, eu gostava mais quando eu ainda era vivo a 2000 anos atrás

Quando você traiu Jesus, você se arrependeu em algum momentoEditar

Claro que sim, depois que eu tinha feito a cagada de acertar com os romanos 30 pratas pra caguetar o nazareno, eu me dei conta de que podia ter pedido bem mais... Mas águas passadas não movem moinhos, o que está feito, está feito.

E como você se sentiu ao ficar marcado na História como X9 vacilão?Editar

Eu nem dei a mínima. Tem tanta gente por aí traindo Jesus que, perto deles, eu não consigo sequer pensar no que eu fiz como traição... Afinal, né, não haveria toda aquela coisa de cruz, ressurreição, Páscoa e toda essa coisa que move a religião hoje em dia... Talvez Jesus nem fosse conhecido hoje se tivesse morrido de velhice... Pensando bem, eu fiz foi um favorzão pra ele!

Seja franco, Judas, por que você entregou Jesus? Ele não era seu amigo?Editar

Claro! Meu chapa! Amigão do peito! Eu acreditava muito nele, tanto que eu o entreguei aos romanos com o simples propósito de provar de uma vez por todas pra aquele bando de palhaços que Jesus era realmente o filho de Deus!

Como assim?Editar

Eu pensei assim: se o pai de Jesus é um figurão, provavelmente vai mexer uns pauzinhos pra tirar o filhote da encrenca. Eu pensei que Deus fosse mandar anjos com espadas de fogo, fazer chover enxofre, essas coisas aí que os deuses fazem, na hora que a coisa ficasse preta. Entreguei Jesus achando que Deus ia dar as caras e resolver tudo, provando que a coisa toda era real e acabando de vez com os boatos de que Jesus era um charlatão oportunista querendo ganhar fama às custas da ignorância do povo...

Então, na prática, quem traiu Jesus pra valer foi Deus e não você?Editar

É isso mesmo. Eu queria ver o circo pegar fogo, mas não pensei que o Todo-poderoso fosse aprontar essa patifaria de não mexer um dedo pra tirar meu brother daquela cruz. Se alguém sacaneou Jesus pra valer naquela história, foi o sem-vergonha do pai dele.

E as moedas de ouro?Editar

As moedas de ouro foram minha parte no acordo com os romanos, ora essa! Eu estava pensando no bem de Jesus e na perpetuação de sua doutrina pelos quatro cantos do mundo, assim como os outros apóstolos, mas eu tinha contas pra pagar e como não sabia pescar como Pedro e nem batizar como João, acabei meio que "vendendo" Jesus pra levantar uns trocados. Foi meio que no impulso, na hora eu pensei: "Uno o útil ao agradável: faço Deus aparecer e provar pra essa gente que Jesus é realmente 'o cara' e de quebra ainda arranjo um dinheiro extra pra tirar a corda do pescoço."

E o beijo que você deu em Jesus? você tava afim dele?Editar

Ei, como eu disse antes, eu não sei pescar nem batizar. Aquele beijo foi pra ganhar uma aposta que eu tinha feito com Tiago e Paulo. E, por sinal, eles nunca me pagaram!

Você está dizendo que não rolou nenhum tipo de veadagem naquele beijo?Editar

Não, não. Estritamente pra ganhar aposta. Sem língua, sem carinho, sem mão na nuca... Foi só um selinho, um... como é mesmo que os romanos chamam? Ah, sim, um 'osculum. Sou macho, sempre fui e, a não ser que eu muito me engane, sempre vou ser.

E que botas são essas que você perdeu?, e um mito ou e uma realidadeEditar

É meio constrangedor, mas... tipo... eu tinha mesmo um par de botas, mas... bem... numa das minhas andanças por Jerusalém, trombei com um chegado meu que me ofereceu um cigarrinho de bosta de camelo. Eu fumei aquele negócio e depois disso não vi mais nada. Quando dei por mim, estava pra lá do Monte Sinai e, pra piorar, sem minhas botas. O pior foi voltar andando descalço e com uma puta dor-de-cabeça... Próxima pergunta, por favor.

Você pensa em voltar a vida?Editar

Eu, hein? Com essa coisa da malhação do Judas, em que o pessoal pega uns bonecos que se parecem comigo e fazem um monte de barbaridades com eles tipo tacar fogo, dar paulada e sei lá mais o que, nem perco meu tempo. Acho que se eu voltasse à vida e me descobrissem, eu iria morrer de novo rapidinho, então, bem, nem valeria a pena o esforço.

Meio que voltando um pouco ao que perguntei mais cedo, como você explica o fato de as pessoas odiarem você e não odiarem os romanos, que fizeram coisas piores com Jesus?Editar

Esqueceu que foram eles que saíram por aí contando o que aconteceu? Claro que ninguém iria odiá-los, eles fizeram toda a publicidade, divulgaram a coisa toda... E, além do mais, eles tinham grana, tinham poder e influência. Gente assim nunca é odiada, ao menos não abertamente. Eu, por outro lado, sempre fui um pé-de-sandália, não era de se esperar algo diferente, sobrou pra mim a fama de mau. Agora, sério mesmo, vamos parar de discutir essa história porque faz 2000 anos que isso tá rolando e, na minha opinião, esse papo já está bom de acabar.

Bem, vamos para um bate-bola, jogo rápidoEditar

Sim, andastes logo com isso

Um ídolo?Editar

Judas Priest, é claro!

Uma Música?Editar

Judas, do Helloween.

Um filme?Editar

Jesus Cristo Superstar... adoro musicais.

Um esporte...Editar

Caguetagem ornamental e entregação com obstáculos.

Um livroEditar

Um passatempo?Editar

Colecionar latas de cerveja.

Uma mulherEditar

A mãe do nazareno, claro... Eita coroa enxuta.

Alguma bebida?Editar

O bom e velho vinho palestino.

Comida?Editar

A rabada da Maria Madalena.

Algum agradecimento aos nosso desciclópes?Editar

Assim que a malhação do Judas acabar, eu volto. Até lá, sigam os Dez Mandamentos se puderem e, caso resolvam entregar algum amigo à justiça, certifiquem-se de fazer uma denúncia anônima em vez de dar bandeira que nem eu.

Nesse momento Judas Skaywalker Iscariotes desaparece misteriosamente, e deixa nossa equipe presa no mundo dos mortos vivos, ou mortos mortos ou seja lá qual merda que é