Abrir menu principal

Desciclopédia β

Desentrevistas:Vendedor de Icegurt


Desentrevistas.gif

Este artigo é parte do Desentrevistas, a sua coleção de fofocas informações sobre as pessoas famosas.

Batata desciclo sem texto.PNG
A Desciclopédia possui um artigo sobre Vendedor de Icegurt
Nosso Desentrevistado em ação.

Nosso repórter foi ao litoral paulista para obter uma entrevista exclusiva com um Vendedor de Icegurt.

Pra quem não sabe, ou pra quem é corno que é sempre o último a saber, o Icegurt é o novo fenômeno vício dos pobres e favelados do Estado de São Paulo, e só ainda não tão viciante no Rio, porque lá há outras dorgas melhores.

Todos os cornos que quiserem saber o que é Icebosta favor ler o artigo completo aqui.

Você está feliz hoje?Editar

Depende... eu já paguei a pensão da minha ex-mulher? Não tô querendo voltar pra cadeia...

Qual era seu trabalho anterior?Editar

Eu era extreminador de churuminos.

Qual é o ingrediente secreto do Icegurt?Editar

Asas de morcego, pernas de cobra e bico de jabuti.

Como você conheceu o Icegurt?Editar

Eu tava catanu latinha na rua, quando me deram um Aissigurtchi pra eu chupá. Û bagulhu era meiu ruim, mais já qui tava di graça eu matei minha fomi.

Por que você resolveu vender Icegurt?Editar

Purquê u cara qui mi deu o Aissigurtchi, era u donu da filiau qui abriu na cidadi. Aí eli mi convidô pra vendê us Aissigurtchis pra eli, qui eli mi dava deis centavus pur cada gurtchi vendidu.

Você está satisfeito com o seu salário?Editar

Agora eu tô ricu, mano !!!!! Todus us dia eu ganhu um dinheiraum.

Quanto foi o máximo que você ganhou em um dia?Editar

Lembrá, assim u massimu eu num lembru. Lembru qui gashtei quasi tudu cum pinga.

E agora no inverno, você consegue sobreviver?Editar

Claru quissim. Onti eu ganhei dozi reau. Deu pá eu cumê duas coxinha, tomá treis pinga, cherá uma pedra di oxi e ainda mi sobrô dinheru pra pegá uma daquelas puta de R$ 1,99 pur minutu. Tenhu uma vida di rei.

O quê você tem a dizer sobre a empresa Icegurt?Editar

Óia manuuuu...... Eu tô emocionadu.... O Aissigurtchy salvô a minha vida. Graças á eli, qui hoji eu sô u qui sô. U gurtchy me deu uma opurtunidadi di ganhá um dinheru e di subi na vida.

O que você acha do Icegurt?Editar

Du quê?

Você gosta de Icegurt?Editar

Puta qui pariu oôôô!!!! Aissigurtchy é muitu ruim!!!! Eu só vendu esse bagulhu, mais num chupu issu aí neim fudenu!!!

E o seu chefe sabe disso?Editar

Olha amigu... saber si eli sabe eu num sei não... mas, como eli é crackudo acho que eli também gosta de Icegurt.

Como você pretende crescer nessa profissão?Editar

Ué? Eu serei vendedor a vida toda! Quer mais o quê? Já não te disse que estou cumendo as putas de R$ 1,99?

Ok... entendi... e quem patrocina esse empreendimento?Editar

Nóis tem uns parceiro da hora! Em São Paulo nóis tem o PCC e lá nas quebradas do Rio é us amigo do CV! Não sei o porquê da polícia perseguir nossos patrocinadores... elis são tão gente fina!

O governo apoia o seu trabalho?Editar

Você é casado? Tem filhos?Editar

Minha muier mi largaste quando eu trouxe um estoqui de 51 pra casa. Ela ainda me chamou de beberão! É moli uma coisa dessas?! Aquela maluca! Filhos? Eu só tenho quarenta e sete. A camisinha era das boas, sabe?

É... sei sim... O que você acha das marcas de iogurte profissionais?Editar

Mas nóis é profissional! Tu tá me tirando, véio? Cuidado com que tu fala!

Desculpe... você tem alguma consideração final a dizer?Editar

Muito obrigado pela entrevista, vendedor de Icegurt!Editar

É nóis!