Abrir menu principal

Desciclopédia β

Deslivros:Como fazer funcionar um cartucho de Nintendinho

Deslivros4.png
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.

Este artigo é parte dos desmanuais, seu acervo de instruções livres de conteúdo. Nuclear-explosion.jpg

Manual Prático de como fazer funcionar um cartucho de Nintendinho
Adificilartedeassoprar.jpg
Gênero Computação e Engenharias
Editora Playtronic do Brasil
Ano de Lançamento 1992 em pleno auge do Plano Collor
Autor desconhecido
Cidade Rio de Janeiro

PrefácioEditar

 
Uma versão do cartucho Mário autolimpável. Não fez muito sucesso pois os usuários saudosistas preferiam continuar assoprando o cartucho sozinhos

  Você, garotinho inocente, garotinho juvenil, garotinho criado a Nintendo Uí, Pleistéxio 3, Xis-boquis 360! Na pratileira... Garotinho que joga pleistation... ! Você não aprendeu nada! A tua educação... Sabe o que que é a tua educação, mermão? É botá playstaxio de cabeça pra baixo! E bota o x-bóquis pra acender as luzinha e joga pro caralho, ô, filhadaputa... vai jogá Wii tranquilo, valeu!  
Gil Brother; 1990

Fazer um cartucho pegar na saudosa era dos 8 e 16 bits não era uma tarefa exatamente fácil, envolvia toda uma técnica e perícia que exigia competência daquele que se propunha fazer o jogo funcionar de novo.

Porém nos últimos anos, o advento do CD e seus similares tem facilitado a vida dos jogadores. É quase impossível encontrar hoje exemplares de videogames que ainda utilizam-se de cartuchos. Não fosse o advento dos portáteis, especialmente da Nintendo, estaríamos agora fadados a desconhecer uma das mais incríveis artes e técnicas que se constituiu em termos de videogames.

Engana-se, contudo, quem acha que esta metodologia ficará relegada ao passado. A Desciclopédia vem, através de sua deseditora, publicar o impublicável: a incrível arte de colocar um cartucho para funcionar. Pense logo em uma técnica que melhor explicita essa época de ouro dos jogos de videogame e você lembrará da técnica do assopro!

Embora o uso desta técnica esteja relegado ao passado, é muito importante que a metodologia não se perca. Procuraremos agora, pelos próximos capítulos, mostrar o que você, garotinho juvenil, não viu por que é um noob: A incrível arte de fazer funcionar um cartucho de Nintendinho .

IntroduçãoEditar

Você estava passando daquela fase maneira em ninja gayden que você demorou exatas 20 horas para chegar e de repente a fita travou? ou você arrumou aquela fita maneira emprestada e ela não pega no seu videogame de jeito nenhum? Calma, você ainda tem uma salvação! Vamos te ensinar aqui a incrível técnica de fazer seu cartuchinho pegar. Nós garantimos que ela funciona, ou devolvemos o dinheiro gasto neste deslivro em até 30 dias!

Bom, a primeira coisa que um usuário de Nintendiho deve fazer quando um cartucho não funciona ou dá pau é manter a calma. Fique tranquilo! Nós garantimos que em menos de 30 minutos você estará jogando Nintendinho novamente. Aprenda agora, em 8 passos, o que você deve fazer para que sua fitinha de Nintendinho funcione novamente.

Método 1: Insira a fita meio tortinhaEditar

O primeiro método que nós iremos lhe ensinar é uma técnica relativamente fácil. Consiste em desligar o videogame (lembre-se! Isso é muito importante). Retirar a fita e recolocá-la um pouquinho torto. Comece com um ângulo de aproximadamente 15 graus, será suficiente. Caso não funcione, desligue i videogame novamente e adicione mais 5 graus aos 15 anteriores. Essa técnica é consiste em um desvio, facilitando a passagem dos dados do cartucho, ao utilizar as trilhas do outro pino e podendo assim acessar a memória interna do seu videogame.

Se esta dica não funcionar, recomendamos que você leia o próximo passo...

Método 2: Dê uma batidinha de leveEditar

O método dois também é relativamente fácil. Consiste no usuário dar um tapinha de leve no cartucho com ele plugado no videogame. Essa clássica gambiarra funciona bem, desde que o usuário saiba comedir sua força. Utilize aproximadamente 0,0001 megatons de força para ajeitar a imagem do game. Caso não funcione, ponha um pouquinho mais de força, mas não muito pra não machucar. Você pode também agitar a fita um pouquinho pra reorganizar as coisas lá dentro.

Se este procedimento ainda não resolveu, você deve passar para o método 3.

Método 3: Limpe a fita com um paninhoEditar

Pegue um pequeno pano de algodão macio e branco e passe nos conectores do cartucho. O pano tem que ser branco senão não funciona. Passe algumas vezes até a fitinha esquentar um pouco. Insira o cartucho e ligue o videogame.

Você pode também, em uma segunda tentativa umedecer levemente (muito levemente mesmo) o cartucho com álcool isopropílico, ou seja 100% puro álcool (a marca Jeremias é excelente). Nós da Desciclopédia não nos responsabilizamos por utilização de marcas que não sejam 100% puro álcool

Se não funcionar, passe para o método seguinte.

Método 4: Passe uma borrachinha brancaEditar

Arrume uma dessas borrachinhas brancas de escola (pode ser aquela que você roubou do seu amigo no colégio). Passe a borrachinha vagarosamente pelos pinos do cartucho. Certifique-se que os pinos estão limpos, não deixe ficar nenhum vestígio da borracha. Insira o cartucho no videogame e ligue. Pronto! Se não funcionar, repita o operação mais uma vez, sempre lembrando de deixar a fita limpinha.

Caso ainda não volte a pegar, passe pro próximo passo.

Método 5: Chupe a fitaEditar

 
prepare-se! você ira precisar para o que vai aprender agora!

Esse método é conhecido como a preparação para a técnica milenar do assopro. Ela seria a técnica reversa. Bom, para executá-la você deve aproximar a boca do cartucho, fechar parte dos pinos com os lábios e fazer uma forte sucção, afim de puxar todo o pó preso nos pinos. Lembre-se que apesar da poeira conter fragmentos de silício e que este produto pode fazer mal a saúde, não se preocupe, o risco de você desenvolver câncer aos 12 anos é relativamente pequeno próximo ao prazer de desfrutar uma jogatina no seu maravilhoso Nintendinho.

Se não funciona, prepare seu espírito, você precisará para executar a derradeira técnica: o assopro!

Método 6: Assopre a fitaEditar

 
A arte do assopro no cartuchinho é uma técnica que exige preparo e perícia do usuário

Quando nenhuma técnica que o usuário comum utiliza funciona, está na hora de fazer o que fazem os mestres. você deve agora, desligar o videogame e retirar o cartucho. Comece fazendo um bico de peixinho de aquário (ver foto). É imprescindível que você faça a técnica da maneira correta para que não saia saliva da sua boca e molhe ainda desnecessariamente o cartucho. Caso não funcione você pode abrir um pouquinho só mais a boca. Mas muito cuidado pra não voar saliva sobre o cartucho. Ainda não é o momento.

Bom, se até aqui as técnicas não funcionaram, comece a se preocupar. A técnica do assopro costuma ser infalível...

Método 7: Dê uma lambidinhaEditar

Calma, é preocupante, mas ainda não é momento para pânico. Te ensinaremos agora uma técnica francesa desconhecida aqui, porém muito comum por aquelas bandas. É a técnica da lambidinha no cartucho. Eu sei que um gamer macho e ui... viril como você se nega a lamber um cartucho. Mas pense, é uma fita (no feminino!) e por uma inocente lambidinha no pino você poderá jogar aquele maravilhoso jogo que você esperou a semana inteira pra jogar, porque sua mãe lhe proíbe de jogar em semana de provas!

Vai lá, mano! Lambidão… tipo saco de boi! Foi?! Beleza... enfia no videogame com tudo... vai garoto, com fé que dá!

Não funfou? Fudeu... não temos mais técnicas... mas espere, podemos tentar mais uma coisa. Próximo passo!

Método 8: Combo! Todas as técnicas ao mesmo tempo!Editar

Não funcionou? É amigo... é mais sério do que eu pensava. Comece a se desesperar, porque se a milenar técnica do assopro e a secreta técnica da lambidinha não funcionaram, dificilmente outra técnica poderá te ajudar!

Começa assoprando bem forte, vai lá... pode ser com cuspe e tudo! enfia o cartucho (não esquenta se ele está ligado ou desligado, irá fazer pouca diferença mesmo). Não funcionou? Dá uma porrada com ele ligado. Não funcionou, arranca ele e põe ele torto, em um ângulo de 30 graus (foda-se se o videogame continua ligado!! a gente tem que fazer ele pegar)

 
Esse aí já era!

Ainda não deu cara? puta merda! arranca do videogame e lambe. Coloca de novo! Liga! Ah, já tá ligado né... Não deu... assopra de novo... chupa, enfia torto com a borrachinha e tudo pra fazer pressão. Não deu? respiração boca-a-boca de novo. Lambe, cospe.. enfia no videogame. E ai? Não funcionou ainda?

Então pega o paninho branco que você usou para limpar, enrola o seu videogame nele e enterra, porque provavelmente depois dessa seu videogame morreu e nunca mais voltará a funcionar.

Que pena né? pena pra você, ainda bem que eu tenho um Nintendo CD e não preciso disso. Valeu por ler esse deslivro e até a próxima dica de como fazer seu Playstation com canhão arranhado ler um CD!

BibliografiaEditar

 
Protótipo do NES. O autor desse deslivro é um dos exclusivos usuários do revolucionário Nintendo CD 8 bits e não precisa técnicas de pobre para fazer o jogo funcionar

NINTENDO; Manual do videogame. Japão, 1990.

MYAMOTO, S; Como jogar Zelda sem perder o save. Japão, 1992.

ZANGIEF, V; Metodologia Russa para conserto de aparelhos eletroeletrônicos. URSS, 1972.

HANZOU, H; A arte milenar ninja do assopro no cartucho. Japão, 1932.

POG; Programação Orientada a Gambiarras. Desciclopédia, 2005

HERNANDEZ, Clô; Chupar, assoprar ou lamber? Uma conferência de três metodologias para o conserto de nintendinhos travados.

Como fazer funcionar um cartucho de Nintendinho é da época da Velha Guarda dos Games

gráficos 3D? Yo lo no conozco señor...