Abrir menu principal

Desciclopédia β

Di Ferrero


Cquote1.png Você quis dizer: Christian Chávez Cquote2.png
Google sobre Di Ferrero
Cquote1.png Você quis dizer: Uni, o Unicórnio da Saga Caverna do Dragão Cquote2.png
Google sobre Di Ferrero
Cquote1.png Que se foda! Eu pego mais gatinhos que você, porra! Cquote2.png
Pitty sobre Di Ferrero
Cquote1.png Nunca vai ganhar de mim Cquote2.png
Lucas do Fresno sobre Di ferrero
Cquote1.png Se a vida lhe der um limão, ataque-o no Di do NxZero. Cquote2.png
Provérbio Chinês sobre Di Ferrero
Cquote1.png Veja bem... Se não tem que mandar matar uma desgraça dessas! Cquote2.png
Alborghetti sobre Di Ferrero
Cquote1.png É uma cilada, Bino!! Cquote2.png
Pedro sobre Di Ferrero
Cquote1.png Meu fã ,adora minha tromba negra Cquote2.png
Motumbo sobre Di Ferrero
Cquote1.png You are so gay Cquote2.png
Kate Perry sobre Di Ferrero
Cquote1.png Aiiiii ele é tudo de bom! Cquote2.png
Fã retardada sobre Di ferrero
Cquote1.png Quer cair pra dentro o florzinha? Cquote2.png
Jimmy London sobre Di ferrero
Cquote1.png Cê se acha pra caralho...! Cquote2.png
Di Ferrero sobre Citação acima
Cquote1.png Cai dentro, chega dentro maluco! Cquote2.png
Jimmy London sobre Citação acima
Cquote1.png Respeito pra caramba o Matanza... Cquote2.png
Di Ferrero que afinou na hora da porrada sobre Matanza e Jimmy London

Cquote1.png Mamãe, descobriran que eu sô baitola]!! Cquote2.png

Nascido no Mato Grosso do Sul que coisa.., Di Ferrero tem 25 aninhos e é a mente pensante (?) da bandinha de emogaycore NxZero

Índice

Vida PessoalEditar

Como assim? Que vida? Ele tem uma?

Di foi o típico menino cu, aquele pivetinho que a mãe trabalha fora e ele tem que ser educado pela avó de 74 anos, que utilizou os mesmos brinquedos com os quais tinha educado a Tia Gumercinda, que na época já tinha 58 anos, bonecas e estojinhos de maquiagem que os tios muambeiros traziam na época da Igreja Universal. Di era incentivado pela vovó a fazer coisas bem desafiadoras como soltar pipa na frente do ventilador na sala com a janela fechada, roubar frutas na fruteira da cozinha e gritar com as pessoas que passavam no andar térreo, mesmo morando no 23° andar.

Com 12 anos, logo após aprender a ler, Di começou a bater punheta sozinho e logo em seguida resolveu que seria veado, digo, cantor.

Como todo nascido em uma cidade do fim do mundo veio para um grande centro, montou uma banda emo de merda qualquer e virou mais um cantorzinho de bosta, o que pra quem nasceu no centro da República das Bananas é um feito que não tenha virado mais uma dupla caipira.

Cansado de ser ridicularizado por seu jeitinho gay, procurou uma namorada, mas como não foi acostumado a ter trabalho com isso, escolheu uma que um negão já tinha alargado bastante, e ficou com a Isabeli Fontana já toda alargada pelo filho do Bob Marley. Assim ela continua o homem da relação e ele finge que tem uma mulher.

CarreiraEditar

Carreira? Que carreira? Ele tem uma?

A primeira vez em que se ouviu falar de Di Ferrero foi em um programa da Xuxa em 1997, onde cantou uma música de Michael Jackson e fez algumas de suas danças Deu uma reboladinha, exceto aquela de colocar a mão no saco, pois este já havia feio sua cirurgia de mudança de sexo, quando ficaram sabendo que ele era filho de Hitler, começaram a torturá-lo e foi aí que todos decobriram que ele também era emo, já que era o filho do emo mais velho do mundo.

Diego entrou (ou foi penetrado?) no NX Zero em 2004, pouco tempo antes da saída de um tal de Yuri Nishida. Em dezembro de 2008 o "cantor" sofreu um acidente de moto (onde estava sendo encoxadinho) onde quebrou a perna e ralou o esfíncter, passando a se apresentar de cadeira de rodas ser encoxado pelo Motumbo na moto é praticamente suicídio

Foi eleito a gostosa do ano pelo VMB 2007 e ganhou o Colirio Nacional de 2008 pela Revista Capricho. O Nx Zero também ganhou prêmio de melhor banda do ano em 2009 pelo Domingão do Faustão.

PerformancesEditar

 
Di em sua peformance Cry Baby (Clipe gravado no Inferno!)

Tem uma canção gravada em parceria com a cantora-puta-pseudogostosona Nelly Furtado, em que criou a parte em português. A canção gravada com ele foi a única que ganhou clipe, que esteve em todas as paradas. Participou também da música "Tudo Passa" do rapper Túlio Dek e gravou uma música com o grupo Rouge

DiscografiaEditar

CD

  • (2004) Diálogo?
  • (2006) Nxzero
  • (2008) Agora
  • (2009) Sete Cabe

DVD

  • 2007 - MTV ao Vivo - 5 Bandas de Rock (MTV: Ao vivo - 5 surubas no Rock)
  • 2008 - 62 mil horas até aqui (69 mil trepadas até aqui)

Singles Solo

  • 2008: "All Good Things (Come to an End)" (com Nelly Furtado) (Me come até o fim)
  • 2008: "Tudo Passa" (com Túlio Dek) (Tudo Passa, até sua Rola)


  Coloque mais dados aqui. Di Ferrero merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a