Abrir menu principal

Desciclopédia β

Dita Von Teese

ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg


Cquote1.png Uh, gostosa! Cquote2.png
Eu e qualquer um sobre Dita Von Teese
Cquote1.png Já comi essa aí múltiplas vezes. Cquote2.png
Marilyn Manson sobre Dita Von Teese
Cquote1.png O quê diabos ela viu nele? Cquote2.png
Qualquer um sobre o fato dela ter se casado com o Marilyn Manson
Cquote1.png Fama e dinheiro. Cquote2.png
Eu sobre Comentário acima

Dita Von Teese (28 de setembro de 1972), é uma atriz, modelo, puta gostosa e artista burlesca nascida em Rochester, Michigan, nos Estados Unidos, mas é mais conhecida como a ex do Marilyn Manson.

Índice

InfânciaEditar

Dita Von Teese, (a.k.a. Heather Renée Sweet) é a filha do meio de três irmãs. Sua mãe (a mãe dela), era uma malabarista de motosserras, enquanto Seu pai (o dela) era um maquinista daqueles de trens de brinquedo. Desde criança, sempre gostou dos "musicais" da Brazzers e adorava imitar as estrelas dos "musicais" citados. Aos 16 anos, Dita Von Teese estava obcecada por "musicais". Enquanto trabalhava numa loja de lingerie, apaixonou-se pelos diversos estilos de consolos. Ali, nasceu uma entertainer erótica. Desde aí que Dita sabia que se algum dia conseguisse se tornar modelo, iria fazer as coisas à sua maneira.

O início da carreiraEditar

Depois de fazer alguns trabalhos como modelo em alguns bordéis, shows eróticos e até alguns filmes (eróticos também), Dita Von Teese estava pronta para a fama. Tornou-se uma entertainer a solo aos 20 anos e passado algum tempo, a Playboy reparou nela. Em 1997 a revista publicou um ensaio fotográfico de Dita e o sucesso foi tanto que muitos começaram a conhecê-la como a rainha do burlesco. Durante a sua carreira, Dita já apareceu mais de 30 vezes na Playboy e até foi capa em Dezembro de 2002.

FetichismoEditar

 
Mulher demais para você e pro esquisitão.

Foi trabalhando nesses bordéis que ela teve essa ideia de fetichismo. Ela frequentemente emulava um estilo pin-up, inspirada em Maria Madalena e em outras fetichistas. Obcecada com esse lance, ela resolveu agir: vestiu por vários anos um espartilho (daqueles que sua avó, quando virgem usava), o que fez sua silhueta mudar radicalmente. Sua cintura agora beira os 56 cm, quando não os 42 cm dentro do espartilho. Devido essa obcessão, ela foi capa da revista "Bizarre!", e "Sado-Mazoquismo". Além disso, foi capa também (uau!) duma revista japonesa, "Midori - A Arte Sedutora do Masoquismo Japonês". Outrora, descolou também uma capa (outra?) num cd, duma banda de metal alemã, Atrocity.

A arte burlescaEditar

 
  Ordeno que se excite já!  

Caso você não saiba, a arte burlesca consistia em desenvolver uma paródia bem-humorada, mas às vezes grotesca e exagerada. Mas, com o advento dos States, se associou a uma espécie de show de variedades, com o strip-tease como carro-chefe (by Wikipédia). Enfim, Dita é chamada por muitos de a "Rainha Burlesca". Em seus shows, Dita consegue facilmente levar a a platéia ao êxtase (e ao orgasmo, em alguns casos), com suas exibições fetichistas.

Atuações (ela é "atriz", caso não lembre...)Editar

 
Você a encontra assim em seus filmes.

Como atriz, ela participou de mais de 25 filmes, que variam do Soft-porn ao Hardcore-porn (não variou muita coisa...), passando, claro, pelos filmes fetichistas. Pelas suas atuações, ela já ganhou n prêmios, como o Framboesa de Ouro, na sua atuação em Father: fuck me!, e o prêmio por melhor atuação em sexo grupal em Fuck me hard, Vol. II.

Nas passarelasEditar

Como modelo, ela já foi convidada por inúmeras marcas renomeadas para desfilar: C&A, Riachuelo, Renner, entre outras. Frequentemente é convidada a participar da F.O.D.A. (Fundação Onanista das Amigas) Fashion Week. À parte disso, ela têm um atelier próprio, onde cria suas peças masoquistas para revender, sob o nome de DVT Masoca's Line. Não devo nem comentar, mas todos sabem o sucesso da linha DVT Masoca's Line.

  A-do-ro! Ui!  
Clodovil sobre DVT Masoca's Line

Vida pessoalEditar

O relacionamento com Marilyn MansonEditar

Creio eu que todos já estão carecas de saber que ela (sabe-se lá porquê) casou-se com (o sabe-se lá o quê) Marilyn Manson. Esse relacionamento durou de 2005 à 2007. Após o término, ela justificou que tudo se foi porque o casamento vivia no olho do furacão. Mas cá pra nós, eu acho que era o olho dela que vivia no furacão alheio...

Filmografia (só os mais famosos, eu acho)Editar

  • Father: fuck me!, volumes 1, 2 e 3;
  • Fuck me hard!, volume 2, com participação especial no volume 3;
  • Oh shit: you've fucked my ass!;
  • The Bondage Art

ReferênciasEditar

  • Dita Von Teese, Vida e Obra, editora VTNC;
  • As maiores masoquistas: o guia do iniciante, editora FDP;
  • Midori - The Art of Japanese Bondage, editora Tabajara

Ver tambémEditar