Abrir menu principal

Desciclopédia β

Dolnośląskie, ou Baixa Silésia é um dos voivodias (vovozinhos) da Polônia, e tal como o país inteiro, é um local extremamente sem graça, serve apenas para ser invadido pela Alemanha a cada dois séculos.

HistóriaEditar

 
Um bosque qualquer de Dolnośląskie que não tem nada de especial.

Esta zona do mais puro tédio foi criada oficialmente no ano de 1991, época em que a Polônia finalmente se tornou independente com o fim da União Soviética, e assim pode ela mesmo organizar seu território que antes estava cagado pelo comunismo que antes disso estava cagado pelo nazismo, que antes disso estava cagado pelos bêbados prússios que antes disso estava cagados pelos bêbados de hidromel da Ordem dos Cavaleiros Teutônico.

Lá não tem nada, ao passar por lá, ou mesmo avistar de longe, reconhece como sendo um daqueles bizarros locais no centro da Europa que parecem ter sido sugados por um vórtice temporal e ficou travado eternamente no século XII

EconomiaEditar

Dolnośląskie é um dos locais mais ricos da Polônia, mas como esse país consegue ser mais desinteressante, que por exemplo, o Canadá, a informação do que Dolnośląskie produz ou deixa de produzir é inteiramente irrelevante.

GeografiaEditar

É lá que estão os Sudetos, um grupo musical de axé letão, que também dá nome a uma cadeia montanhosa tão sem importância que é quase certeza que você não conhece.

A capital fica Wrocław (Vô Craw em você!) onde os moradores falam mais baixo que os da Alta Silésia, terrinha que eles chamam Górny Śląsk nessa língua cheia de acentos que ninguém entende. O milhonário brasileiro Guilherme Czernichovscki von Oldenburg tentou comprar a cidade de Kamienna Góra, mas goraram o negócio dele porque é um alemão fake e ele teve que ir de cavalo para Kalwaria Zebrzydowska.