Abrir menu principal

Desciclopédia β

Dom Pedro (Maranhão)

Cquote1.png Você quis dizer: Bom Peido Cquote2.png
Google sobre Dom Pedro (Maranhão)
Cquote1.png Ufa! Até que enfim achei um "buraco" onde cabe tudo! Cquote2.png
Kid Bengala sobre Dom Pedro
Cquote1.png Então foi aqui que a minha Genki Dama veio parar! Cquote2.png
Goku sobre cratera que abriu com sua Genki Dama
Cquote1.png "Te enfio a pexera no bucho, vacila não, caboclo!" Cquote2.png
Habitante gentil da cidade vendo você editando esse artigo

Dom Pedro é uma pequena cidade (pequena mesmo) da região mais fodida, literalmente, do interior do Maranhão, localizada numa região denominada de "Cafundé dos Judas" onde fica o esconderijo da Akatsuki.

Localizada no interior do Maranhão, é conhecida como o cu do Maranhão por razão de seu formato ser um tanto estranho, é também um lugar de destino de muitas pessoas de várias outras cidades vizinhas pois além de ser o um ponto de referência em potencial de putaria do centro do Maranhão, é o lugar onde há maior concentração de quengas por metro quadrado que ficam dando a rosquinha nos cabarés ou então vadiando e rodando a bolsinha na rua ou na beira da BR-135. O povo dompedrense não são moles não, gostam de farra e de bagaceira noite e dia (aliás, é só o que tem por lá).

Índice

HistóriaEditar

 
Desenvolvida rua de Dom Pedro.

Até 1952 a área onde hoje está o município de Dom Pedro do Maranhão era apenas uma fazendinha isolada cheia de gente iletrada e que trabalhava em regime de semi-escravidão para algum fazendeiro pertencente à Codó, que desejando se livrar daquelas terras inúteis deixou a emancipação de Dom Pedro ocorrer.

GeografiaEditar

Com a área de 1m² tem espaço suficiente para uma galinha por um ovo, por isso é considerada a cidade da terra do nunca ou Acre do Nordeste.

É o lugar onde o inverno (inferno) é quente e o verão é frio, é também o lugar em quê há muitas serras onde muitos acham que é o esconderijo da Akatsuki.

É famosa por sua geografia esburacada mais que vagina de quenga. As formações montanhosas importantes só tem a da torre mesmo. Turismo é se afogar no Lourenção e lazer é raparigar nós cabaré famosos. Dom Pedro é também a capital do mundo.

EconomiaEditar

A economia da cidade é abastecida pelo enorme tráfico de drogas e de bucetas, que são consideradas iguarias locais.

Dom pedro conta com:

  • A prefeitura
  • Duas escolas
  • Uma drogaria (Maconha, Cocaína, Crack, Loló)
  • 1000 bares
  • 2000 puteiros
  • Uma quadra de bosta
  • Um estádio de merda, o Estádio do Tiradentes de Dom Pedro, que foi uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, pois a FIFA estava pobre e o Tiradentes era o estádio mais barato.

PopulaçãoEditar

O povo de Dom Pedro quando não tá dormindo, tá farreando, em geral os homens trabalham a semana inteira para gastar todo o dinheiro no final de semana, se algum estiver namorando ou for casado pode ter certeza que é corno. Maria Gasolina é o que não falta, para conseguir pegar alguma garota tem que ter no mínimo uma Hilux ou um Corolla, e o pior, quando não são patricinhas ou já estão grávidas ou são putas.

BairrosEditar

A seguir segue uma lista dos bairros e suas descrições, para que você, caso deseje visitar a cidade, não saia de lá sem comer ninguém:

  • Centro - Obviamente por mais podre que seja uma cidade ela tem que ter um centro, no caso de Dom Pedro é onde você vai encontrar a 25 de Março dom pedrense, isso mesmo, lá um celular (do Paraguai, claro) não custa mais de 50 reais, são famosas as lojas onde uma peça de roupa não custa mais de 10 reais, isso explica o porquê da falta de qualidade no modo de se vestir da cidade. No centro também são encontrados os points da cidade, lugares onde a putaria rola solta, se quiser descolar uma cocota ali terá mais chances, contanto que tenha dinheiro no bolso ou um carro importado.
  • Caveirão - As chances de você ser estuprado, assaltado, morto ou ser utilizado em rutais de macumba nesse bairro são maiores que na favela da Rocinha, lá são encontradas as gangues e os chefes de tráfico da cidade, o garotinho mais inocente de lá já consegue fazer os policiais cagarem nas calças, facções criminosas mais fodas que o PCC fazem a festa por lá, portanto, se você deseja visitar o local o recomendado para sua defesa é no mínimo um fuzil, se não quiser ser hostilizado leve umas gramas de pó no bolso e ofereça a alguém.
  • Cândido Hermes - Só não é mais perigoso que o Caveirão, pelo lado bom é o único lugar onde você pode pegar alguém sem ter tanto dinheiro, maloqueiro tem de sobra.

IdiomaEditar

O engraçado é que mesmo sendo uma cidade do Maranhão, o idioma dos habitantes da cidade de Dom Pedro é um dialeto formado por cerca de 40% do piauiês, 30% do próprio maranhês, 10% do cearês, 10% do paraês, 5% do baianês e 5% do brasilianês. Já dá até para imaginar a beleza que é jeito de falar dos dompedrenses. Abaixo um brave dicionário entre termos dompedrenses traduzidos para o português:

  • ACOCHAR - Apertar
  • CAÇAR CONVERSA - Provocar, irritar alguém.
  • EGUAGEM - Asneiras, bobagens, tolice.
  • IXE, VIXE - Meu Deus! Nossa!
  • BARRUADA - Batida, acidente, colisão de veículos. Ex.: "Aconteu uma barruada na avenida".
  • DESDROBO - Enganar, levar na conversa
  • DOIDO - Cara, mano. "E aí doido?
  • RUMBORA, SIMBORA, TU RAI RAI? - É a mesma coisa de você ta chamando o cara pra sair no dialeto feminino "RAMO"
  • CHANA - é uma gatinha (de quatro patas!)... (diminuitivo de bichana) ex. "Essa chana é tua... é sim... vem chaninha... chaninha... chaninha...
  • RAPÁ, DOIDO, Ó - "Cara..."
  • DIIIÁÁÁÁÁÁÁÁÁ - Diacho
  • QUÊDI - Cadê.
  • TORAR - Trepar, transar; Cortar ou quebrar algo.
  • PRIQUITO - Vagina.
  • ALPENDRE - Varanda
  • ALUMIAR - Iluminar
  • BOGA, ROSCA, BURAQUIN - Cu
  • GATO VÉI - Rapariga, Quenga, Puta
  • TCHÓLA - Viado, Baitola
  • DA HORA, MASSA, MUITO LOKO, DOIDERA - Legal
  • MANJAR - Entender
  • BOTE FÉ - Acredite
  • ÉGUAS - Quando alguém fica surpreso
  • PREGO - Estraga prazer, babaca
  • PLEY - Playboy, filinho do papai
  • OXENTE - Puxa! qual é?, que é isso?
  • AFOLOSADO - Arrombado