Abrir menu principal

Desciclopédia β

Donetsk (óblast)

Radioatividadegdrg.jpg
TANZEN!!!

Este artigo vem da Ucrânia. Seu autor morava em Chernobyl, idolatra Ruslana, Shevchenko e Verka Serduchka, e NÃO É RUSSO!
Serduchkaa.jpg


Donetsk é o óblast mais inglesado da Ucrânia. Ele criou primeiro a escravidão, os sindicatos e outras coisas típicas de ingleses.

Índice

HistóriaEditar

 
Brasão do movimento sindical donetskiano

A região onde hoje está Donetsk foi primeiramente dominada por um grupo de imigrantes ingleses que vinham para o Brasil, não se sabe porquê eles mudaram um pouquinho[carece de fontes] a rota e foram acabar na costa da Ucrânia.

Lá, eles descobriram uma grande mina de urânio e passaram a explorá-la. Como naquele tempo Donetsk ainda fazia parte da Rússia, que não ajudava muito com taxas de importações e essas coisa econômicas, eles decidiram separar a região da Rússia. Originalmente, ficou sendo um país independente(English Republic of Donetsk), mas pouco tempo depois foi anexado pela Ucrânia.

Por ser uma região desde sempre dominada pelos ingleses, Donetsk desenvolveu primeiro a indústria do que as demais regiões da ucrânia, sendo também o primeiro lugar no Leste europeu a criar indústrias.

Por causa disso, também foi a primeira região a ter problemas com sindicatos, como greves e outras badernas, e foi o berço de nascimento do Socialismo na Ucrânia.

Também foi a primeira região a ter um time de futebol, o Shaktar Donetsk, que não é mais o único, mas é o único que parece ter alguma qualidade[carece de fontes]. Por causa da influência política do óblast, o futebol se espalhou por todo o país.

EtniaEditar

A composição étnica do óblast é basicamente de ingleses e ucranianos, embora também existam outros povos presentes.

Composição ÉtnicaEditar

  • 50% - ingleses.
  • 50% - ucranianos.
  • 30% - outros povos presentes.

EconomiaEditar

A economia de Donetsk se baseia na exportação de urânio para alguns países europeus, embora o comércio interno tenha ficado abalado depois de Chernobyl[carece de fontes]. Além disso, o óblast fatura muito com as indústrias.