Abrir menu principal

Desciclopédia β

Doyle Wolfgang von Frankenstein

(Redirecionado de Doyle Wolfgang)
Rabbimetal.jpg Cadê o moedinha?

Este artigo é judeu! Ele odeia samaritanos, foi escolhido por Javé e não come lagosta porque é caro e anti-kosher. O autor deste artigo provavelmente é contador e deve estar cuidando da lujinha.

Punk.gif Este ser curte Panque Roque.

E deve praticar cheiramento de gatinhos ouvindo The Clash,
assim como todos os revoltados listados aqui.

Doyle Wolfgang von Frankenstein, ou Supla para os íntimos, foi um dos mais de 8000 guitarristas da horrível "banda" punk Misfits e o que acabou se tornando o mais notável deles pela sua forma carinhosa de tocar o instrumento, por não conseguir parar de falar durante os shows e pela eterna receptividade para com seus próprios fãs.

História desse infelizEditar

 
Doyle dando uma checada na bunda do Glenn Danzig durante um show

O menino Doyle começou sua carreira como carregador de caixotes da banda de seu irmão Jerry Only. Doyle ficava puto porque sempre tinha que carregar a maior quantidade de peso enquanto seu irmão não levava nada e ainda pegava as groupies todas na frente dele enquanto ele trabalhava pesado. Isso levou o caçula a entrar na academia e se viciar em anabolizantes, não só pra dar uns tapas no irmão mais velho, mas também pra ficar fortinho e impressionar as meninas carregando o dobro do que podia antes. Claro que não funcionou e todo mundo continuou a olhar pra ele como se ele fosse um autista (o que não chega a ser mentira). O pai dos dois ficou então sabendo dos maus-tratos que Jerry promovia ao pequeno e como castigo o fez ensinar o pentelho a tocar guitarra. Doyle entrou na banda logo em seguida, porque cobrava um cachê bem mais baixo que os outros guitarristas.

A partir daí foi só sucesso, o menino participou da gravação das músicas de maior sucesso dos Misfits e era sempre uma das estrelas dos shows com sua atitude antissocial e sua capacidade inata de dar surras na guitarra (e nos fãs, sempre que necessário) fizeram dele uma lenda do hardcore.

Porém, em 1983, o sonho acabou e o pão também. E a banda se dissolveu, porque o vocalista e punheteiro Glenn Danzig já tava ficando de saco cheio de cantar sobre filmes de terror (segundo ele, seu filme preferido agora era Emmanuelle no Espaço), deixando uma legião de adolescentes em luto. Os irmãos foram então visitados em sonho por Jesus Cristo, que os convenceu a voltar para o caminho do Reino de Deus e que seu ex-colega era o capeta em pessoa, e em resposta a ele Jerry e Doyle montaram uma banda de metal cristão (acredite se quiser) com imagem bárbara chamada Kryst the Conqueror, uma bosta que tinha tudo pra dar errado. E deu mesmo.

Arrependidos, resolveram que voltar para os caminhos de Satã seria o melhor pra eles (e para seus bolsos) e tentaram reunir os Misfits novamente, porém Danzig estava de mal com eles e não aceitou de jeito nenhum, levando-os a entrar na justiça. Glenn teve que entregar o nome da banda a eles e ainda pagar 3 pirulitos de chiclete de indenização, algo que deixou seu coração em pedaços. Com a banda reformada, o guitarrista mudou de nome pra Doyle Wolfgang von Frankenstein, mas ninguém percebeu ou ligou muito pra isso. Doyle gravou mais dois discos com a banda antiga, desta vez com o ex-galã da Disney Michale Graves e o baterista corcunda e gordo Dr. Chud, mas teve que pedir arrego para cuidar de sua artrite e reumatismo.

No controle total da banda, Only finalmente se viu livre pra realizar seu sonho de enfiá-la bem no fundo do poço, gravando os discos Project 1950 e The Devil's Rain que foram uma bosta (e quando digo isso ofendo a bosta). Desde então, Doyle Wolfgang fez as pazes com Glenn Danzig e os dois costumam se reunir nos shows pra tocar 30 minutos dos clássicos dos Misfits, ou seja, o repertório todo deles.

Vida pessoalEditar

Doyle hoje vive feliz com sua esposa gostosa (e esperta) Gorgeous George, que apesar do nome artístico não é nenhum traveco e trabalha como a dançarina da banda do marido Gorgeous Frankenstein. Eles têm uma filha devidamente oferecida ao diabo, chamada Boriss.

Ver tambémEditar