Abrir menu principal

Desciclopédia β

Os prédios de Dubai ultrapassando as nuvens.

Dubai é um dos emirados e cidade com o maior número de canteiros de obras dos Emirados Árabes Unidos, é a casa dos sheiks magnatas quatrilhonários do petróleo que ficam torrando a grana com as maiores futilidades do Planeta Terra como, por exemplo, a construção de uma estátua de camelo banhada em tungstênio turcomeno de 400 metros de altura, e por causa dessas viadagens Dubai é considerada uma cidade extremamente moderna, desenvolvida e com enormes arranha-céus e largas avenidas.

HistóriaEditar

 
As largas e labirínticas avenidas da cidade.

A história antiga de Dubai é algo completamente irrelevante, não passava de um posto de troca comercial de beduínos. Ninguém nunca imaginaria que aqueles pobres seriam o que são hoje.

Dubai é um exemplo clássico de Sim City da vida real, após a descoberta da lâmpada mágica um daqueles árabes desejou um estoque ilimitado de petróleo, e assim aqueles sheiks tudo começaram a esbanjar seu dinheiro em construir de tudo no meio do deserto. Até um arquipélago artificial em formato de mapa mundi feito da mais pura areia importada do Saara.

Dubai possui uma grande rivalidade com a cidade vizinha Abu Dhabi, as duas cidade competem quem produz mais inutilidades e excentricidades. Por enquanto Dubai está liderando a disputa depois que construiu o maior prédio do mundo apenas como sede do Habib's além de inúmeras ilhas artificiais em formatos gozados se vistas de satélite.

PopulaçãoEditar

Dubai conta com uma população de 2,2 milhões de habitantes, dentre os quais 99,99% são empregados, escravos ou integrantes de harens particulares dos demais 0,01% da população que é formada por sheiks árabes egocêntricos que se quiserem comem até seu cu porque têm dinheiro para isso.

Pontos turísticosEditar

 
Uma típica ilha de Dubai.

Dubai parece uma daquelas cidades construídas de Lego, a cada dia prédios aparecem e somem em lugares diferentes como se fosse tão simples como desmontar e montar lego. Destacam-se entre os monumentos da cidade:

  • Burj Al-Arab - Inicialmente era um projeto de construir o maior veleiro do mundo que deu errado. Como já haviam gastado uma grana preta no negócio, decidiram converter aquilo num hotel de 50 estrelas. Pelo simbólico preço de 1 milhão de dólares a diária, você pode desfrutar de um harém particular de 100 virgens e 50 camelos com pedigree, além de banquetes com especiarias como escorpiões-negros do Saara empanados com ouro, um aquário com espécies triássicas que foram ressuscitadas através de DNA em laboratório, umas quadras de tênis bem radicais a 500 metros de altura, além é claro de outras coisinhas básicas como sala de cinema particular, jatinho particular e até mesmo uma milícia de 500 fiéis homens-bomba a seu serviço.
  • Burj Khalifa - O maior prédio do mundo, foi construído como a sede mundial do Habib's.
  • The World - Um arquipélago que algum sheik maluco mandou construir no formato do mapa mundi.
  • Aquelas Penínsulas em Formato de Coqueiros - Essas aqui só servem para fazer graça na hora que tirarem fotos de satélite de Dubai.