Abrir menu principal

Desciclopédia β

Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo

(Redirecionado de EESC)
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a


A Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo é uma alternativa rural à "engenheirolândia" da capital para quem quer cursar engenharia de verdade.

DemografiaEditar

Seus membros sofrem do mal de femininus feius: após alguns meses participando da comunidade da EESC o membro passa a destinar a qualquer baranga pelo menos meia hora de atenção especial. Nos primórdios de sua criação foi instituído o CAASO (Cambada de Animais Avessos ao Sexo Oposto), grupo que participa do Caipirusp depois de não ser mais convidado para o Interusp após uma confraternização marcante em São Paulo.

Cursos OferecidosEditar

Na EESC existe uma gama de cursos como engenharia mecânica, mais conhecida como engenharia de troca de pneu, mecatrônica (ou nerdatrônica), arquitetura ou “ai que ternura”, elétrica (é cinco estrelas, mas é para louco), aeronáutica - também chamado de curso de formação de comissários de bordo -, de computação - popular entre engenheiros virgens-, além de cursos fora da engenharia, como o de produção. Nesta unidade, no último semestre do curso, todos os membros devem cursar uma disciplina chamada "Desintoxicação alcoólica I". Frequentemente alunos que tiveram excessivas participações no TUSCA e nas Engenhariadas são obrigados a cursar "Desintoxicação alcoólica II". A EESC segue as tradições da engenharia mantendo a característica conhecida como "navio pirata": só tem homem e meia dúzia de canhões.


  Ese artigo é um esboço.
Se vozê aumentar ele, Patronzinho vai ficar feliz.