Abrir menu principal

Desciclopédia β

Echoes... Echoes... Echoes... Echoes... Oes... Oes... Oes... Oes... Oes... Oes...


Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Música do Pingo D' Água Cquote2.png
Google sobre Echoes
Cquote1.png Eu tenho MEDO! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Echoes
Cquote1.png WTF??? Cquote2.png
Qualquer Um sobre Echoes
Cquote1.png UoOoU \,,/^^\,,/ Cquote2.png
Qualquer Um sobre os solos de guitarra de David Gilmour
Cquote1.png Composta por mim! Cquote2.png
Hércules sobre Echoes
Cquote1.png Onde estão os ecos nessa porra? Cquote2.png
Qualquer Um sobre Echoes

Echoes é uma das músicas enormes do Pink Floyd. Com quase uma hora de duração, é basicamente uma montoeira de solos de guitarra do estilo Chimbinha, uma parte assustadoramente medonha de alguma coisa gritando e uma letra que não quer dizer NADA.

Índice

HistóriaEditar

Após os integrantes fazerem coisas bizarras como o Ummagumma, o Atom Heart Mother e um show da jornada do homem, ou do homem e da jornada... Ah, sei lá! Os integrantes resolveram criar um álbum com músicas estranhas (Outro!?), Meddle. Mas eles estavam sem inspiração para novas músicas, então tiveram a ideia de criar outra música enorme que só serve pra torrar a paciencia. Sem inspiração alguma, decidiram criar uma música sobre algo que estavam em mente: NADA! Tanto que o nome da música seria "De volta ao filho da puta do nada". Mas aí resolveram renomear para "Echoes", porque só dá pra ouvir ecos na cabeça oca dos integrantes (Principalmente na de Nick Mason).

MúsicaEditar

 
David Gilmour cansado de tocar os solos de Echoes pela milésima vez: "De novo essa porra?"

Começa com uma nota no piano desafinado (como sempre) do Wright, aí continua assim até quando você começar a achar chato e cai no sono, aí vem uma músiquinha oriental, mas você nem ouve porque está dormindo... Depois de muito tempo, o Nick resolve trabalhar e dá uma cacetada nos pratos e você leva um susto que te faz acordar. Depois de muito tem o vocal que, não dá pra saber se quem canta é o Gilmour ou o Wright, enfim... ...AaAaAaAaAaAa!!! E aí vem um solo de baixo bem bonitinho: Dam... damdamdamdamdam daranranran... Aí repete de novo a mesma coisa e começa um solo de guitarra fodão que danificou a guitarra de Gilmour.

  Como eu te ensinei, né?  
Chimbinha sobre os solos de guitarra do David Gilmour

Depois de tudo isso, vem um reggae que é mó viajem, mesmo se você não tiver cheirado gatinhos. Acaba o reggae e começa a medonha parte dos ventos (que aparece no episódio da lagartixa, do Chaves). Como essa parte chata demora mais que a propria música, você tenta dormir, mas leva um puta susto com o berro da guitarra chorona de Gilmour.

  Eu tenho MEDO!  
Regina Duarte sobre parte medonha e assustadora da música Echoes do Pink Floyd

Depois dessa barulheira infernal, relaxe e goze! Começa uma parte tão fodona que faz você ter orgasmos multiplos. Aí a música aumenta e vem suspense, só que começa aquele vocal do começo de novo e termina com sons de ventos (que coisa mais clichê).

CuriosidadesEditar

  • Durante as gravações, o imbecil ingenuo David Gilmour estava conectando a guitarra no uai sô wah-wah pra fazer aqueles solos de guitarra dele que pode se ouvir de tudo, só que ele acbaou fazendo merda e saiu um som esridente que destruiu as caixas de som do estúdio. Mas Roger Waters achou aquilo lindo e resolveu por na música, bem na parte medonha.
  • A parte assustadora da música que só serve pra encher o saco demora demais pra caralho porque foi o tempo pra eles reporem os instrumentos danificados durante os solos.
  • Essa música foi usada no Chaves, sim, naquele episódio da lagartixa, quando a Chiquinha está tendo um orgasmo quando o Chaves matou a lagartixa.

Ver tambémEditar