Abrir menu principal

Desciclopédia β

Efeito Borboleta 2

Efeito Borboleta 2 é um filme de ficção científica/suspense/sacanagem, que narra as desventuras em série de Nick Larson, um cara que, por conseguir manipular o tempo, fica voltando pro passado para tentar consertar as cagadas que fez. O único problema é que ele sempre acaba fodendo a história ainda mais, até o ponto em que ele finalmente resolve se matar pra não ferrar mais ninguém. Sim, isso foi um spoiler gratuito.

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, como o fato de que Nick Larson morre no final
 
  Para com essa merda de alterar o passado, que eu só me fodo com isso  
Julie Miller

Nick Larson (Erick Lively) era um típico playboy americano, daqueles que vão em baladinhas top, usam camisa polo e não dispensam um sapatênis. Levava uma vida pacata ao lado de sua namorada gostosinha Julie Miller (Erica Durance) e de seus escudeiros, Trevor Eastman (Dustin Milligan) e Amanda (Gina Holden), até o dia em que o destino, esse brincalhão, resolveu jogar todo mundo nos braços da morte, com exceção do próprio Nick, que possui o poder supremo do protagonismo.

Depois daquele dia, Nick viveu se culpando, cortando os pulsos e chorando sozinho todas as noites. Até o dia em que, ao olhar para uma velha fotografia tirada por lambe-lambe, percebeu que poderia voltar no tempo e mudar o curso da história, podendo reverter as situações a seu favor. A partir daí, entusiasmado com a possibilidade de manipular o tempo, Nick se esquece que seus atos geram consequências, e começa a cometer uma série de cagadas, que ficam cada vez mais difíceis de corrigir.

PersonagensEditar

  • O protagonista do filme é Nick Larson. Um cara sem-graça, que ao descobrir que herdou os poderes de Cronos, fica tentando mudar o passado, sempre piorando sua própria situação no presente. Em determinados momentos, aparentou ser pegador, comendo a patricinha Grace Callahan (Lindsay Maxwell) no banheiro de um restaurante, porém logo mostrou sua verdadeira natureza, ao receber um boquete do Amin Khader. No final do filme, se mata para não foder mais com a vidas das pessoas ao seu redor.
  • A namorada gostosinha do protagonista e a que mais se fode no filme é Julie Miller. Não importa o que Nick altere no passado, Julie sempre acaba sofrendo e morrendo. Ficou viva apenas na última versão, quando ao descobrir que Julie estava grávida, Nick se mata para que nem ela nem os seus amigos morressem. Julie aparece na cena final, carregando seu filho pirralho que herdou os poderes do pai e que possivelmente acabará fazendo merda no futuro.
  • Trevor Eastman é o amigo retardado do protagonista, estereótipo que não pode faltar em nenhum filme pipoca que se preze. Assim como seu amigão, possui a incrível habilidade de fazer cagada, por isso acaba morrendo violentamente com muito sofrimento em todas as versões da história, com exceção da última.
  • A namorada de Trevor, a nerd que sonha com uma vida de conto-de-fadas, é Amanda. Reduzida a figurante, por conta do baixo orçamento do estúdio, Amanda não possui uma história definida, nem uma personalidade e nem mesmo um sobrenome. Ela é praticamente um easter-egg do filme. Stan Lee aparece por mais tempo do que ela em seus cameos.

RecepçãoEditar

Pessoas que foram aos cinemas achando que veriam algo parecido com o primeiro filme, ficaram decepcionadas. Ao final da sessão, voou muito milho de pipoca, tomates e cadeiras em direção a tela. Só não achou esse filme uma bosta os casais que foram na sessão só pra se pegar.

Trilogia Efeito Borboleta
Efeito Borboleta 1 🦋 Efeito Borboleta 2 🦋 Efeito Borboleta 3