Abrir menu principal

Desciclopédia β

Egon Albrecht

Requiao.jpg EstE artigo não tem sotaquE, gentE!

EstE aRtigo é paranaensE, logo, sE você não tiveR intimidadE, cultura, foR um meRda ou moraR em outro lugaR do Brasil quE não seja o Paranã, não sE aproximE, pois elE não fala com gentE da sua laia! Se você avacalhaR, Requião vai ao palanquE com o Diabo e fará um pacto com o Moderador Malvado para tE baniR!

Albrecht, ainda jovem, durante a Anime Expo 1935

Cquote1.png Você quis dizer: Ego Albicha4 Cquote2.png
Google sobre Egon Albrecht
Cquote1.png Grupos Faxistas... Cquote2.png
Apresentadora da Rede Bandeirantes sobre Fascismo no Brasil
Cquote1.png Este era o filho do Brasil... Cquote2.png
Faxistas de cima sobre Egon Albrecht
Cquote1.png Não, eu é que ƒou o filho do Braƒil, ele é o baƒtardo. Cquote2.png
Presidente Lula Molusco sobre citação acima

Egon Albrecht foi um Obrasileiroführer da Alemanha e piloto da Luftwaffe que ficou famoso por ser o único Brasileiro do mundo a ganhar uma Cruz de Ferro, que postou em uma Self no Facebook enquanto tomava cerveja com toddynho em um bar de Curitiba.

BiografiaEditar

 
Os Alemães eram conhecidos por terem os aviões mais modernos do mundo

Filho de imigrantes Emos vindos da Alemanha e Espanhóis Brancos vindos da Argentina, pouco sabe-se sobre a vida de Albrecht antes de entrar para Luftwaffe, apenas que ele participava da Gincana de férias do Hitler (AKA Hitlerjungend) onde Santos Dumont ensinou-lhe a pilotar. Quando ainda tinha 16 anos, foi contratado pelas TAM como copiloto de avião e estudos feitos pela Uncyclomedia Foundation em parceria como o History Channel Studios indicam que ele tenha pilotado o avião que destruiu as torres gêmeas em 11 de Setembro, apesar de pesquisadores da Wikimedia Foundation em parceria com o Discovery Channel Studios indicarem outros suspeitos em potencial como Santos Dumont, Fernando Henrique, Hanna Reitsch e Anônimo

Nas vésperas de completar 18 anos, mudou-se para Alemanha onde fez mestrado em aviação na Universidade Nacional Socialista de Berlim. Fez um estágio não remunerado de 3 anos na Wehrmacht e um estágio remunerado de 4 anos na Luftwaffe até ser promovido Capitão, logo após ganhar sua Cruz de Ferro que lhe garantiu entrevista no Programa do Jô e notícia especial no Jornal Nacional, além de uma fanpage no CaraLivro e rua com seu nome em Gringoville. Ele era especializado em pilotar o Avião do Faustão, que foi amplamente usado pelos Nazistas durante a invasão a União Soviética para enfurecer os Comunistas.