Abrir menu principal

Desciclopédia β

Einstênio

Cquote1.png Este site é muito bom Cquote2.png
Einstein sobre Desciclopédia

Einstênio é um elemento infra-vermelho e imaginário, que juntamente com seus amiguinhos Fêmio, Merdelévio e n00bélio faz parte da Turma dos Elementos que Só Servem para Fazer Homenagem a Cientista.

HistóriaEditar

 
Albert Einstein elaborando a extremamente poética fórmula da síntese do einstênio.

O einstênio (ou einstêinio para os gajos lusitanos) foi descoberto pela primeira vez por Mago Merlin em sua busca pelo tesouro perdido do Mensalão. Ao examinar resíduos da explosão de uma Biribinha Atômica no quinto dos infernos dos Estados Unidos, conseguiu encontrar o isótopo 253 de um elemento totalmente desconhecido que não era o urânio.

Muitos séculos depois, em 1961, o fantasma do mestre Einstein sintetizou uma amostra desse elemento, que pesava 0,01 mg sendo visível apenas aos olhos do físico. O resultado acabou resultando no mendelévio. Decepcionado, Einstein pegou uma quantidade de seu elemento e misturou com plutônio. Foram produzidos 3 mg do einstênio, que ele fumou com hortelã.

Seu símbolo é o Es de Espanhola.

CaracterísticasEditar

O einstênio é um metal, sólido, alemão, de cabelo prateado e que ouve Rammstein o dia inteiro. Estudos com einstênio-253 dão conta de que o dito cujo apresente características de um elemento tricolor futebolista pesado.

Os 20 radioisótopos do einstênio já foram identificados pela polícia. Segundo o Cabo Arara, os ditos 20 elementos ou meliantes apresentam uma pena de 471,7 dias de vida. Entretando outros apresentam apenas 40 horas, devido ao fato de cometerem delitos em amostras menores.

UsosEditar

O einstênio não apresenta absolutamente nenhuma aplicação! Como dito acima, provavelmente foi descoberto apenas para homenagear cientista. Já que seu descobridor ficou rico com seu achado e conseguiu comprar um Lada Samara, um luxo na época.

Entretanto, foi divulgado que Professor Pardal descobriu um novo uso para o einstênio. Algum descíclope criou o referido artigo, que pode ser visto aqui.