Abrir menu principal

Desciclopédia β

Engenheiro Leal

Bandeira rj.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.


Cquote1.png Você quis dizer: Roberto Leal Cquote2.png
Google sobre Engenheiro Leal
Cquote1.png Que!? Roberto Leal!? PORTUGUESA! tchuru-ru-ru-ru-ru! Cquote2.png
Retardado sobre citação acima

'Engenheiro Legal Leal é um bairro de pobres que fica na Zona Norte do Rio de Janeiro, que só serve de passagem para outros bairros como Marechal Hermes, Honório Gurgel, Osvaldo Cruz e outros bairros com nomes de pessoas que estão mortas - e que se estivessem vivas ficariam frustradas ao ver a bosta que batizaram.

O bairroEditar

 
Pessoal de Engenheiro Leal indo para o trabalho em mais um dia muito feliz.
 
Típico divertimento de quem mora na área.

Não tem muito a que se destacar sobre esse pedaço de terra, a não ser o fato que realmente é duvidoso que um engenheiro tenha projetado tal bairro. Se foi, provavelmente esse engenheiro não tinha diploma...Ou então uma criança de 4 anos fez rabiscos no papel e assim surgiu o bairro. Se bem que pelo aspecto visual do local, qualquer um vê logo que é uma blasfêmia tal comparação - crianças de 4 anos desenham melhor.

Apesar disso, o trânsito do bairro é um exemplo - de como se ter engarrafamentos a qualquer hora do dia. As ruas são completamente pavimentadas - segundo a Prefeitura jogar pedras e outros cascalhos na pista é igual a asfalto. O povo é super educado e quando você esbarra em alguém logo tratam de falar algo para se retratar - geralmente coisas sutis e meigas, como um filho da puta! por exemplo. O comércio se orgulha em estar num lugar tão bom - se comparar o bairro à Serra Leoa, realmente é local muito bom.

Ninguém tem medo de passar no local, o que todos temem mesmo é viver por lá, pois, a não ser que esteja tudo engarrafado, dá para tentar fazer um mini Need For Speed no bairro (bom, tá mais para um Motorstorm ou qualquer outro jogo de rally, mas, que seja) e assim ter menos chance de sofrer um latrocínio e terminar num microondas no meio de uma favela cujo nome deve ter um nome tão escroto quanto Morro do Charutão.

Os moradores do bairro já se acostumaram a terem que falar nome de bairros vizinhos para alguém identificar onde moram - ou por vergonha de morar por alí, mas não adianta muito dizer que mora em Marechal Hermes, Campinho ou Bento Ribeiro, já que é tudo quase a mesma merda. A diferença entre esses é que em Campinho tem um ou dois prédios mais bonitinhos do lado de concessionárias de carros (mais que) usados. Ou poder dizer que nasceu no mesmo bairro do Ronaldo Fenômeno - como se fosse grande coisa, o mesmo nem deve mais saber O QUE É Bento Ribeiro.

ImpostosEditar

Há um projeto de lei correndo na Câmara Municial em que um vereador pede um pouco de piedade ao povo que já sofre por viver ali e por isso merecia uma isenção de impostos, bem como passagem grátis no ônibus, só para poderem ter a chance de passear por algo melhor que o lugar em que vivem - para se ter ideia, muitos dali consideram Madureira um paraíso, para chegar a esse ponto, alguém deve tomar alguma medida drástica.

Mas como tem imposto no meio, a resposta deve ser não e ainda virão com um projeto-resposta no qual os impostos do povo da área devem ser quintuplicados, pra ver se todos dali desistem de viver em tal bosta - ou morram de fome, o que seria melhor pra Prefeitura (ou não, já que é ganho a menos com impostos).