Abrir menu principal

Desciclopédia β

Engraçado

Fofoqueiro entregando a Graça.

Engraçado que eu vi o engraçado e ri por acaso, mas não é por isso que vou deixar de contar a respeito dele, eu não sou egoísta, ao menos com coisas gozadas...

Índice

GozadoEditar

Nada tem a ver com o Bozo, ele não gozou em de ninguém, e aquela piadinha ficou gozada, mas não tem nada a ver com o Bozo, ao menos não da forma gozada melequenta. Sendo porém, gozar algo que significa alegria, não somente de cunho sexual, podendo ser alegria algo que seja um bozo gozo, isso não significa apenas pinto e perereca alegres, mas qualquer estado de feliz graça.

Se achar algo engraçado, mesmo sem olhar entre suas pernas, significa que deve ser é uma graça, e pode ter a ver com gozo, daí que podem engraçado e gozado serem sinônimos, bem como gozar ser uma graça :D

Engraçado que o nome do artigo é engraçado, mas o artigo não está gozado, nem tem a pretenção de ser engraçado porque ele pode mesmo só ficar explicativo e nada ter a ver com o nome do Senhor Jesus o que não significa que alguém não possa dar umas risadinhas com ele, pois graça é relativa, por exemplo alguém acha engraçado uma bunda caída ou sem nada, outra pessoa pode achar um desastre e se desanimar ao ver, assim tem graça que é relativa.

Engraçado que mesmo sendo relativa, tem algumas coisas que já perderam a graça (se é que já tiveram), mas continuam a existir, nada demais, mas engraçado que mesmo estando na praça, é uma zorra, isso de sem graça, pois sempre há meia dúzia que acham engraçado e mantém aquilo vivo, pode ser por causa do tipo de remédio que tomam, mexendo no estado de humor de tais pessoas, deixemos isso pra lá.

EngraçadoEditar

 
Engraçado se preparando e pedindo conselhos.

O engraçado existiu mesmo, fiquei sabendo há pouco tempo e agora, sem qualquer egoísmo vou informar que o engraçado sequer gostava de assim o ser, ele só aparecia e já começavam rir, andando e falando era também engraçado. Você já deve estar imaginando que já viu criaturas assim, mas esse era gozado (sem melecar) mesmo e tinha muito medo de ser desrespeitado, mas até não havia maldade nas pessoas ao rir, e ninguém deixava de rir do engraçado, assim ele teve que ceder, mas como também não queria contrariar seus princípios pensou em como poderia ser o engraçadão (seu tio tentou já naqueles tempos remotos, era seu tio engraçadãode longa linhagem) que todos queriam e ao mesmo tempo manter sua postura.

Falou com suas avozinhas, que para não serem confundidas com bruxas, usavam algumas tranqueiras, pois assim como no seriado Chaves as muié que já tinham idade avantajada (eu escrivinhei "avantajada" por que assim meu ego imprestável o quis, não mude para "avançada"), eram consideradas bruxas por suas rugas, ainda que nada soubessem de feitiços, que o diga Dona Clotilde. Mas o caso que é elas arrumaram para ele, de bom grado, uns aparatos parecidos com o que elas usavam mesmo sem entender à princípio.

O engraçado fez bom uso das tranqueiras de suas veias avozinhas e respirando fundo passou, pintou, escovou, sacudiu, vestiu, enfeitou costurou e... Nada disso, ele não se tranformou em traveco, mas estava pronto para fazer que as pessoas separassem a graça de quando ele estava vestido normalmente e transformpou aquelas risadinhas e gargalhadas todas em profissão: Saía vestido daquela forma estranha em horários específicos e fazia piadinhas, falava bobagem, dançava, cantava, interagia com todo mundo, pulava, subia, berrava e continuou assim.

Esse verdadeiro palhaço (já disse pra deixar o Bozo em paz, não é ele), conseguiu assim, fazer aquelas perucas, fitas coloridas, maquiagens uma coisa para que ele não perdesse seus brios que tanto prezava e ninguém mais riu dele ao se vestir normalmente, pois sabiam que na hora adequada o engraçado faria melhor ainda e vestido igual a um palhaço, que passou a existir, contudo, como não concordava, mesmo vestido daquela forma, ás vezes fazia uma lágrima na maquiagem, sendo também o precursor da emice (nem estou querendo ser repetitivo, a lágrima do engraçado era autêntica). E ele, que era um homem de posses ciências (posse só quando ficava possuído), pode ser levado à sério, mesmo sendo todo gozado.

Filhotes do EngraçadoEditar

Gozar tambémEditar