Abrir menu principal

Desciclopédia β

Entrevista com o Vampiro (filme)

Vampire-picture-hot.jpg Este artigo é vampiresco!

Entrevista com o Vampiro (filme) não gosta de alho, dorme de dia num caixão, sabe virar moguerço e tá de olho na tua jugular! Se você vandalizar, Willian Waack vai chupar seu sangue!

Lestad e Louis se acasalando.

Cquote1.png Esse sim é um filme de vampiro de verdade! Cquote2.png
Você sobre Entrevista com o Vampiro
Cquote1.png Eu prefiro o Crepúsculo. Cquote2.png
Um emo sobre Entrevista com o Vampiro
Cquote1.png Você tens duas escolhas, sejas o meu macho eterno ou morra de agonia. Cquote2.png
Lestat para você
Entrevista com o Vampiro é mais um daqueles filmes de vampiro, mas não é tão ruim porque eles além de chupar sangue de menstruação (tentei mas não consegui deixar o chico em paz). Daí você diz: Então não tem veadagem ou carinhas que parecem veados, mas assim mesmo as gurias retardadas juram que não? Respondo: Não está 100% livre de veadagem, mas é só quando o Antônio Banderas tenta abrir a capa pro Brad Pitt, fora isso, nada de veadagem e muita muié. Que mais? Continue lendo pra saber.

Personagens principaisEditar

Os personagens são ao estilo de filmes de vampiro: Exóticos, estranhos e sinistros. Por isso o filme quase todo é mesmo escuro, não tem jeito... Bom, eles suportam luzes artificiais, coisa que o Lestat demorou pra descobrir, falando nisso comecemos pelo próprio demônio:

  • Lestat (Tom Cruise): Não, não é ele quem dá... A entrevista, nem outra coisa, mas ele é o principal, porque é o único vampiro da bagaça toda que parece ter sangue nos olhos. Por que? Como ele mesmo diz quando ele comete a antropofagia (mesmo sendo só o sangue é antropofagia), antes que a pessoa morra, ele não teve escolha, foi mordido e em seguida transformado em vampiro, por quem ele nem diz, talvez por vergonha de revelar quem o atacou. Pode ter sido um travecão, uma véia assanhada (não, não, a Bebe perece mas não é vampira, até porque ela bebe cachaça e não sangue), ou por algo insignificante como Edward Cullen, numa hora em que estava trêbado... Enfim não se sabe porque, mas o fato é que o Lestat é quem faz algo funcionar. Frase de Lestat: Vou lhe dar a escolha, que eu nunca tive. - isso significa: Quer morrer ou virar vampiro, porra?
 
Pó de arroz não: Maisena e batonzinho.
  • Louis (Brad Pitt) Esse é o vampiro entrevistado e é um bosta: Você chega a conclusão de que em qualquer forma de vida que ele tivesse ia ficar chorando, reclamando e culpando alguém por isso. Quando Lestat o encontrou ele tinha perdido a muié e sua filhinha e saiu provocando tudo que respirasse pra ver se matavam ele. O Lestat só atendeu-lhe o pedido, depois fez a pergunta e ele decidiu virar vampiro, claro que ficou culpando o Lestat assim mesmo. Brad Pitt só recuperou sua masculinidade anos depois, atuando em Clube da Luta. Frase de Louis: Aaaah ! Eu quero morrer!
  • Entrevistador Malloy (Cristian Slater): Não sei o que ele faz da vida que também não lembro nem to à fim de pesquisar agora, mas ele é um meio termo entre nerd e saradão. O Louis começa a contar as lamúrias, ele se interessa, é tão educado que nem cai na gargalhada quando o Louis diz que é um vampiro, nem chama ele de gayzão com problemas de identidade. Acha as lamúrias interessantes e passa a gravar em fitas cassete (o filme é do tempo do Bozo). Ele aparece pouco pois só é ouvinte e faz um ou outro comentário. Frase de Malloy: Isso é fantástico!
  • Cláudia(Kirsten Dunst): Antes de se tornar a namorada do Homem Aranha ela tinha que ser vampira. No tempo era uma pirralhinha de uns oito anos. Foi dada de presente ao Louis pelo Lestat, mas pegou a lamúria dele e acabou dando problemas. O Lois quem a mordeu e adivinha se depois não colocou a culpa no Lestat de novo?
  • Armand(Antônio Banderas): Ele aparece só para salvar o Louis da fúria dos outros vampiros que não toleraram ele e a Cladia terem tentado assassinar outro vampiro. Na verdade eles tentaram matar Louis a Cláudia e Madeleine, uma gostosa que ele arrumou para ser mãe da Cláudia, uma das poucas coisas boas que ele fez, mas assim mesmo ficou se lamentando igual a um emo dos piores e mais chatos mesmo. Adivinha se o Armand salvou a Cláudia e a Madelene? Nada disso, sendo a vampirona biba que era, salvou apenas o Louisinho. Assim mesmo o Louis recusou-se a ser seu companheiro, não por recusar a veadagem, ele mesmo disse : Ui, que convite tentador! - Recusou porque gostava de ficar mais sozinho, não ao modo autosuficiente, mas apenas para poder sentir solidão e assim, ter mais uma coisa para lamuriar.

EnredoEditar

 
Derci, após ser trasformada em Claudia.

Já praticamente citei o enredo todo resumido ao descrever os personagens principais, mas vamos lá. Malloy encontra o Louis chorando como sempre. Louis havia saído do cinema, onde se emocionou muito ao ver Cinderela, se identificou com o sofrimento da Cinderela, e do príncipe e com o sofrimento de todo mundo. Na saída, esbarrou sem querer no Malloy, depois deu um pulo muito longo e abichalhado, que fez Malloy se impressionar e aceitar o convite de ouvir aquele emo pálido, desde que ele não fizesse nenhuma proposta sexual. Deste modo começa a entrevista.

Louis perdeu a filha e a mulher. Claro que é terrivelmente triste, mas a morte pega todo mundo cedo ou tarde e nunca se sabe quando, pode ser muito cedo, por isso você pare de pular muro enquanto é tempo. Mas ele ao invés de seguir sua vida e procurar se ocupar quis morrer também, não tanto por amor, mas porque o bicho era dramático mesmo. Ele parece que tinha algum arrependimento quanto à elas, ou seja: Em qualquer jeito que a vida dele fosse ele era um bosta mesmo, a vida com elas não aparece, mas chega-se à conclusão de que era isso. Assim mesmo: Arrependimento trás alguém? Não, portanto ele era um Zé Ruela e isso não se discute.

Saiu provocando todo mundo pra ver se alguém o matava, principalmente se estivesse armado, ou seja o Lestat entendeu que ele queria morrer mesmo, só uniu o útil ao agradável e foi lá se alimentar já que não via nada melhor em vista e a maoiria das pessoas estava com o sangue contaminado por alguma pestilência, que não fazia mal à Lestat, mas lhe provocava muita coceira no saco. Foi, mordeu o Louis, atendendo ao pedido de morte deste, mas ainda foi legal, lhe oferecendo uma vida diferente, que sim, ser vampiro deve ser uma bosta, mas ainda assim é uma vida e tem seres como o Louis que não se adaptam a nenhuma e sempre conseguem culpar alguém por isso, não digo se conformar com tudo, mas ao invés de chorar melhor descobrir tudo de melhor que se pode fazer. Então Lestat dá a dita escolha a ele, morrer de uma vez o deixando tomar todo o suquinho de tomate, ou beber umas gotas do sangue do Lestat e se tornar um vampiro... O Louis escolhe se tornar vampiro, depois se arrepende tarde demais como sempre e se revolta com o Lestat.

De início, ele morde algumas pessoas, em geral umas gostosas que o Lestat arrumava, coisa que ao escolher ser vampiro, ele sabia muito bem que seria assim, depois começa a sentir culpa, praguejar o Lestat e chupar sangue de ratos, frangos e pintos. Como ele não parava de se lamentar, o Lestat pensava numa forma de se livrar daquela lamúria, mas como gostava dele, por ele lembrar de quando era humano e tinha um amigo emo, ele não o deixava sozinho. Quando o Louis morde a Cláudia, o Lestat acha que encontrou a solução para acalmar aquele chorão: Deu seu sangue pra Cláudia e fez da guria uma vampirinha. Vai bem por um tempo, apesar do Louis continuar chorando, mas agora o Lestat havia conseguido uma proeza: Fazer ele se ocupar de algo, no caso ser babá da Cláudia. Mas com as lamúrias dele a Cláudia também pegou o espírito de revoltadinha: Embora ela não fosse tão idiota quanto sua babá, mas não teve escolha como ele, bom a pergunta Lestat fazia pra quem ELE mordia, e o Louis concordou também em deixar a Cláudia como vampirinha: Mais uma coisa da qual ia se arrepender tarde demais. - Porra Louis, vai tomar no cú!

 
Lestat comendo antes de beber.

Continuando, a guria ficou revoltadinha porque queria crescer, criar peitões, bunda, e sair dando alegremente por aí, mas não podia, pois vampiros ficam de uma só forma, a não ser a outra que é um morceguinho tão feio quanto um Aye-aye. O Louis ao invés de ensinar a guria a aceitar e viver da melhor forma possível, aprender coisas e tals, nada disso: Colocou toda a culpa no Lestat. A guriazinha então armou pra tentar matar o Lestat e conseguiu... Ao menos aparentemente e, quando o Lestat voltou do fundo do esgoto em que o Louis e a Cláudia tinham jogado o corpo dele, apareceu todo coberto de bosta e foi pra dar uma merecida surra nos dois, mas ele estava fraco e o Lestat joga um lampião nele o põe fogo na casa toda.

Depois disso ele foge com a Cláudia, volta a se alimentar de sangue de gente, e conhece outros vampiros, entre eles o Banderas, ou melhor Armand, que sabia desde o começo que os novos amigos de Louis e Cláudia queriam matar os dois, mas tentava acalmá-los e conseguia mandar neles, já que era um bando pior do que o Zé Vampir. E assim foi, até que ele fica enciumadíssima porque, a pedido da Cláudia, o Louis morde uma gostosa e a transforma em vampira para ficar com ele e Cláudia... Finalmente o Louis tinha tomado uma atitude de homem, fez drama, mas tomou. Infelizmente durou pouco, nem deu para ele dar umas com a gostosa da Madeleine porque enciumada, Armand finalmente deixa que eles matem os três, mas dá um jeito de fugir levando Louis.

 
Cristian Slater colhendo o sangue de sua primeira vítima.

Depois, já mencionado, Louis não fica com ele. Muitas décadas depois ele encontra o Lestat vivo, poderosão como era não morria facinho assim, mas como nada é perfeito, ele era burro o suficiente para aturar o Louis e também foi para achar que as luzes artificiais o matariam como a luz do Sol. Foi então que o Louis fez a segunda coisa útil em sua vida que foi explicar que aquilo não era como a luz do dia. Tão feliz e agradecido, Lestat disse que Louis poderia ficar lamuriando de arrependimento por um tempo ao seu lado se quisesse, mas Louis foi indo, pois queria pegar a sessão da Cinderela e depois se encontrou com o entrevistador Malloy.

Terminada a entrevista chorosa, Malloy tenta fazer ele parar de chorar explicando que toda forma de vida é melhor com adaptação, mas claro que o mongo do Louis não se convence. Então Malloy começa a tentar dar as vantagens de ser vampiro, numa crise de fúria emo, Louis o agarra pelo pescoço e ameaça mordê-lo, mas não o faz e vai embora chorando. Malloy se recupera do susto, mas impressionado com a força e com a velocidade do vampiro chorão, ele fica pensando se não seria boa ideia ser vampiro (tem doido pra tudo), Lestat aproveita, aparece, morde ele e depois manda ele fazer a escolha, joga fora as fitinhas com a choradeira do Louis, porque não aguenta mais... e assim termina, fica no ar se o Malloy quis ser vampiro ou morrer de uma vez. De qualquer forma ele não seria tão mala quanto o Louis, apesar do nome.