Abrir menu principal

Desciclopédia β

Galah

(Redirecionado de Eolophus)
Galã
Um galah deitado descansando após um árduo dia de trabalho
Um galah deitado descansando após um árduo dia de trabalho
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Classe: Voadores
Ordem: Bicos em forma de bundinha
Família: Caca tua
Gênero: Loló
Espécie: Gagá
loló piroquinhasroseas

Galah é um pombo australiano, facilmente identificado por sua cabeça, pescoço e roupas íntimas rosas, embora este último tem uma tendência infeliz de mais parecer marcas de derrapagem e podem aparecer completamente marrom devido a uma dieta baseada pesadamente em frutas australianas.

Índice

AnatomiaEditar

Originalmente, o galah é uma cacatua, mas como tem vergonha de parecer mais um punk travesti, eles não cultivam seu topete, preferindo eles tentarem se confundir com os pombos.

Numa visão em preto e branco, o galah compartilha de praticamente todas características anatômicas dos pombos, embora seja parente das cacatuas, parentes estes cuja única similaridade são suas cordas vocais, próprias para gerar um chiado estridente que irrita a todos australianos. Mas quando avistado em cores, o galah demonstra todo seu esplendor com sua plumagem rosada bem gay, embora estas aves também possuem uma parte traseira, cauda e asas totalmente cinza, de modo que estes pássaros acham que eles podem fundir-se a uma multidão de pombos sem serem notados. Infelizmente seu habitat contém muito poucos pombos e os gatos não são enganados.

O seu piado é caracterizado um grito estridente característico, "chi-chi-chi-chi '. Enormes bandos ruidosos destes pássaros se reúnem à noite, muitas vezes perto de alguma lojinha de conveniência noturna, onde eles ficam esperando suas vítimas calmamente sob a folhagem das árvores e arbustos, até que surge um desavisado consumidor humano para que então, os galahs deslocam-se para trás deste humano e começam a soltar uma enorme e coordenada 'chi-chi-chi' fazendo com que suas vítimas se apavorem. As tentativas por parte das autoridades australianas para banir essa barulheira de galahs têm sido infrutíferas, pois os pássaros têm uma taxa de alfabetização muito baixa e por isso tendem a ignorar os sinais "Proibido Galahs".

ComportamentoEditar

Os galahs são pássaros conhecidos por seu comportamento bizarro. Gostam de se fingir de morto no meio do gramado, se pendurar de cabeça para baixo, ficarem parados no meio de autoestradas aguardando serem atropelados, tomarem choques voluntariamente e toda demais bizarrice imaginável que explica porque a palavra galah é um xingamento na Austrália.

HabitatEditar

O Galah é um dos mais abundantes papagaios australianos, encontrados em grandes bandos, em uma variedade de habitats, geralmente perto de fontes de água e alimentos. Ela ocorre na maior parte da Austrália e Tasmânia está se tornando mais abundantes em torno de áreas de habitação humana onde parasitam os restos destes. O crescimento da população de galah é em grande parte resultado do aumento da disponibilidade de canais de nerdice no Youtube, pois é isso que os galah mais consomem em suas vidas (lembre-se que os galahs sãonerds tolos e chatis). Pássaros engaiolados foragidos também contribuíram para esse crescente número populacional, uma vez que na Austrália não há estigma social associado à aqueles que têm ascendência de ex-presidiários britânicos.

Galahs tem um voo acrobático causada por uma tendência de comer demais no café da manhã. Como resultado do gasto de energia matinal, estes pássaros na parte da tarde se protegem do calor na folhagem das árvores e arbustos.

ReproduçãoEditar

Galahs formam laços de pares permanentes e são monogâmicos, embora um pássaro terá um novo parceiro se o outro morrer tragicamente. Afinal, há muitos casos registrados de galahcídio como resultado do constante chi-chi-chi-chi-chi que os machos da espécie são sujeitos depois de ser flagrados a twittar com outras fêmeas.

A época de reprodução é variável, mas vai principalmente de janeiro a dezembro no norte, e de julho a junho no sul. O ninho dessas cacatuas rosadas é em uma árvore oca ou local semelhante, forrado com folhas. Como o galah masculino é notoriamente muito gordo para voar corretamente, isso torna o ninho tradicional em um galho de árvore fora de questão. Ambos os sexos são incumbidos de cuidar dos ovos e mesmo assim há uma alta mortalidade de filhotes de galahs, com até 50% de chances de morrer nos seus primeiros seis meses. Uma causa comum desta mortalidade tem sido atribuída a folhotes sendo alimentado com pickles jogados fora de dentro de um Big Mac que os galahs adultos normalmente escolhem aleatoriamente para levar aos seus filhotes, sem saber que pickles são venenosos para as cacatuas.