Abrir menu principal

Desciclopédia β

Esgrima é um jogo esportivo de futilidades, onde competidores procuram mostrar quem tem a maior habilidade de rebolado e de manejo de uma antena de televisão que chamam alegoricamente de "espada".

Este é um jogo muito praticado pelos seguidores de Olavo de Carvalho, que se dedicam a um debate de vida ou morte para saber quem vence a famosa disputa para depois ficar com as putas.

Índice

HistóriaEditar

 
Dois competidores procurando maior habilidade de rebolado.

A história desse esporte se remonta aos tempos das múmias do Egito, sendo que há grandes suspeitas de que Dercy Gonçalves e Hebe Camargo tenham sido as primeiras a praticar este exercício de habilidade.

Há informações de que esta arte foi muito utilizada pelos gregos, incluindo Leônidas e seus amigos, que lutaram muito para manter Esparta protegida dos habilidosos persas, que também eram praticantes dessa arte marcial.

No Oriente, também tinha uma versão grandiosa dessa arte, que consistia na famosa arte Samurai, que sempre se concebeu na luta supostamente limpa e sem facas na bunda.

Depois do surgimento da pólvora, esta se tornou uma arte reservada apenas a grande elite, sendo por isso mesmo presença nos jogos de Olim Piadas desde a primeira edição.

Há afirmações de que as Mulheres e os Emos só foram permitidos a participar dos torneios envolvendo essa grande arte no ano de 1924 e ainda assim apenas na categoria dos floretes, criada especialmente para este público.

ArmasEditar

A esgrima se divide e se parte em 3 partes, que são as partes a seguir:

  • Florete - Para os mais espertos e ageis , é uma arma que serve muito bem para fazer uma mina ficar l0k4, mas que não chega a matar, a não ser a aqueles que sejam alérgicos a suor. Este é o nome da espada mais leve, que é especial para os que são mais rapidos e ageis e superiores, ainda podem ser considerados verdadeiros homens homens . Nesta parte, só vale a disputa se os golpes tiverem como alvo a área torácica, não sendo válidos os golpes acima ou abaixo dessa linha.Uma curiosidade, esta "arma" recebeu esse nome pois, na época medieval, para os reis marcarem seus oponentes a ferro quente
  • Espada - Não é aquilo que se diga "nossa, mas que espada!", não parecendo em nada uma espada de verdade. Esta é uma arma para aqueles mais gays um pouco menos que florete, que ficam pegando batom no guarda roupa da mamãe. Esta arma tem uma forma mais ereta e mais rígida Uiii.... (os espadistas adoram) e a segunda arma mais inútil, a espada é um florete mais grosso e mais duro (hum.... arma de boyolaaaa), lembrando que o sentido da arma é espetar outro macho, que promete ter um grande futuro, no mundo dos gays, nesta arma qualquer parte do corpo pode ser tocada corpo que se toque vale pontos (até os países baixos)e por traz (Hummm), e deve ser tocada sempre com a ponta (hum...) realmente e incontestavelmente uma arma de viadinho....
  • Sabre - Esta é a arma mais bosta que existe, é também a arma mais (facil) diferente da esgrima, sendo usada por pessoas extramente retardadas, o objetivo do sabre é simples: balançar o braço para todos os lados e torcer para tocar no oponente, . Em geral é usada pelos usuários mais gays que já existiram, Pe lanzza parou de usar sabre quando percebeu que podia ter uma vagina , por ser uma arma extremamente escrota. Neste caso especial, é a arma mais facil, em que você lambe o corpo do adversario ao meio com uma espada , como também testar o corte de uma arma contra a outra para ver quem é o verdadeiro e mais retardado

IndumentáriaEditar

As roupas são as mais seguras possíveis, até para evitar que por acidente algum idiota assassine algum emo que não saiba como praticar o esporte.

Além disso, elas são completamente brancas para que o surgimento de qualquer sangramento seja facilmente identificado, sendo por isso grande tema dos comerciais de sabão em pó e também da limpeza com a qual se ocorre o torneio.

Isso sem contar o campo, que tem 7 metros de cada lado, além da área de recuo, que sempre permitem que idiotas como você pintem o sete tentando mostrar que estão abafando.

RegrasEditar

Quando você luta com o sabre, você tem o famoso direito de passagem, o que significa que caso uma pessoa ataque de forma simultânea duas vezes no mesmo lugar, ela ganha um ponto na pontuação da luta, coisa que também se chama "frase d'arma", apesar de ninguém saber onde está a frase.

Por outro lado, se você é um emo que pratica com o florete, é bom saber que caso um miguxo seu faça o mesmo com você, ele também terá o mesmo direito na marcação de pontos, fazendo com que você marque bobeira e chore.

Semelhantemente ao vôlei das antigas, você não faz ponto sem que você tenha a vantagem sendo que a vantagem só é conseguida quando o seu adversário erra o golpe que iria desferir contra você.

Se há empate, há uma parada para recarregar as baterias e voltar ao embate, até que se tenha um vencedor da disputa, o que pode levar horas e horas, sendo que algumas vezes se prefere a tática do sorteio quando o embate persiste por mais tempo do que o esperado.

DisputasEditar

Neste esporte, temos dois tipos de disputa, sendo elas as seguintes:

  • Disputa Classificatória - Neste caso, para se classificar, o participante tem que conseguir o feito de chegar a cinco toques, sendo que caso nenhum dos participantes chegue a isso, a disputa é prolongada para o período de 3 minutos, pouco maior do que o estipulado por Dr. Marmelada para se terminar uma luta. Em geral, quem vence só este tipo de disputa é um completo noob na arte.
  • Disputa Eliminatória - Ela consiste em eliminar o adversário, como se faz no paredão do Big Brother Brasil, sendo que neste caso a luta é prolongada para que se chegue em 15 toques, num tempo máximo de 9 minutos com pausas de 1 minuto a cada 3 minutos. Esta é a parte em que vencem os verdadeiros profissionais.

CríticasEditar

As "Espadas" poderiam ser enfiadas bem no toba

Dizem ainda que a área mais disputada seria a bunda, mas isto na realidade seria a versão de um emo que está querendo fazer um agrado para seu miguxo, que seria torcedor do São Paulo Futebol Clube, Barbie e parente do Clodovil.

Além disso, esses noobs ainda dizem que o maior prazer é sentir a merda que sai da bunda, que seria um alvo de difícil acesso para as varas, que teriam sido fabricadas por franceses travecos que teriam decidido brincar de "Varet avec nus", que seria o nome francês do termo "Vara na bunda" e que este "esporte" seria muito disputado nas favelas, vilas caipiras e em países povoados por idiotas.

Ainda segundo esse pessoal, o nome Esgrima teria vindo do termo "Na Bunda" que seria existente no latim arcaico basco, idioma que como Padre Quevedo bem disse, NÃO EXISTE!

Como podemos ver, é perceptível o poder de críticas sem fundamento e da teoria da conspiração sobre este esporte famoso entre a elite do Movimento Cansei e entre aqueles que ainda tem condições de praticar algo mais decente do que uma punheta básica.

v d e h