Abrir menu principal

Desciclopédia β

Espírito da Burrice

Crazyhorse.gif Atenção! Este artigo fala sobre BURRICES!

Não leve nada daqui a sério, ou você corre o risco de
se tornar tão burro e lerdo quanto o criador dessa joça.

Ou as burrices podem te morder.

Kidiaba.gif

O Espírito da Burrice é o principal fenômeno ainda em estágio de pesquisa por pesquisadores japoneses, apontado pelos mesmos de ser o principal fator que faz de forma permanente ou excepcional a redução abrupta do QI médio da vítima, fazendo-a ficar tão burra quanto a Carla Perez ou não.

Carla Perez é um exemplo de vítima que sofre de Espírito da Burrice crônica

Ele é um pesadelo para todos, já que ele pode atingir estudantes de todos os níveis de inteligência. O Espírito da Burrice é tão maléfolo, que faz que um estudante que obtêm nota 8 numa matéria, passa a obter notas quase nulas (Vide 3 para baixo). Em seres mais azarados, seu efeito pode ser crônico e devastador para o futuro da pessoa.

Origem e evidênciasEditar

 
O dia que o Nerd que fez essa prova não vai esquecer...

Não sabe-se ao certo a origem desse fenômeno. Mais muitos pesquisadores entusiasmados com o fenômeno, disem que é uma força virtual pertencente à uma outra dimensão, paralela ao espaço-tempo, e que só existe quando há cerebros humanos.

Ele se forma quando a inteligência (i) de uma pessoa chega ao máximo permitido pelo seu cérebro. Quando o cérebro passa deste patamar, os neurônios mais externos do cérebro sofrem mutação por uma energia desconhecida, vinda desta tal de dimensão. Esses neurônios preparam o cérebro para a recepção do fenômeno, fazendo que a bomba de sódio e potássio dos neurônios de pensamento complexo pifem, fazendo que a vítima ache que tudo está certo, tudo é a mesma coisa, tudo é muito evidente e que ela não precisa de argumentos para provar seu fraco raciocíno. Observando isso, esse princípio recebeu o nome de "O princípio fundamental da burrice", onde foi dado pela frase filosófica: "A Inteligência tem limite, a burrice, não"

Na verdade, o Espírito da Burrice não formata o cérebro como muitos pensam, mas simplesmente impede que informações verdadeiras sejem utilizadas. Em estágio crônico, ele age como um mecanismo de defesa para impedir a entrada de conhecimemtnos homologados e válidos pela humanidade, fazendo que a vítima tenha que utilizar da sua criatividade para criar sua burrice, ou seja, a criatividade está mais em relação a burrice, do que pela inteligência

Como preverEditar

Quando a previsão, ainda os nossos queridos pesquisadores estão destruindo seus neuorônios por nós, mas há quem diga que dá para saber aproximadamente quando virá um terceiro ataque do espírito da burrice, mais você deve assegurar-se que você já foi vítima do fenômeno pelo menos duas vezes.

O terceiro ataque é dado pela diferença entre a data do segundo, e a intensidade é dado pela tendência retilínea pelo módulo relativo do padrão mínimo exigido pela escola, ou seja, coisa tão complicada que aposto que a inteligência (i) sua está passado dos limites só para entender esse parágrafo... é melhor parar de entender do que fazer MERDA na sua próxima prova!

O que fazer?Editar

Aqui estão reunídos algumas dicas para você evitar o ataque testemido do Espírito da Burrice (ou não)

  • Conte para seus pais expressando no fundo da sua newbiência dizendo que até um jumento presta mais que você
  • Toma surra dos mesmos e vá para o Cantinho da Disciplina

  • Chore
  • Grite
  • Pegue uma faca e enfinque na sua pele para expressar sua condição de pobre sofredor
  • Derrame o Vinho do Acre nos olhos e e no machucado que você fez na faca
  • Beba um litro de ácido sulfúrico e implorue que você não poderia ter chegado até onde você chegou (Mais você chegou, porra!)
  • Formate seu cérebro para eliminar o espírito da burrice. Para isso, fique pelo menos um dia sem usar seu cérebro (já que o Esp. da burrice já inutiliza o cérebro). No outro dia, ele estará novinho em folha (Ou não)
  • Se não resolver, Pule de um prédio de cem metros de altura e caia de cabeça para baixo, a ponto de rachar o crânio no meio. Peque seu pobre cérebro e venda-o para o ferro velho por 25 centavos, mais duvido quem paga tanto para ter algo inútil
  • Se não resolver, pegue uma pá e vire uma planta desumana
  • E se não resolver... Se mata porra!!!