Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mudanças

Marisa Monte

1 byte removidos, 22h16min de 4 de agosto de 2009
m
Adotando uma postura <s>[[cu doce]]</s> '''cool''', Marisa Monte procura evitar a superexposição na mídia, e mantém-se afastada dos meios de comunicação quando não está em turnê de lançamento de um disco novo. Mas o que muitos não sabem é que Marisa, a grande diva, descobre sua verdadeira e dura vocação em 1998. Após se encher e entrar de férias da turnê do disco '''Toc-toc-toc''', Marisa, muito desgastada, vai se divertir um pouco no [[Playcenter]] e se vê entre irmãos. Marisa se descobre e passa a atuar no '''Castelo dos Horrores''' e no '''Noites do Terror''', grandes sucessos do parque temático. Por isso Marisa fica muito tempo sem gravar ou fazer shows, pois vida de monstro não é fácil não, gente, principalmente no Brasil. O [[Playcenter]] toma muito o seu tempo. Enfim, Marisa só retorna com sua carreira menor e menos prazerosa, a de cantora, em 2000.
Em 2000 Marisa lança, forçada pela gravadora e muito a contragosto, o CD '''Memórias, Crônicas e Declarações de Horror''', centrado no tema do '''horror brasileiro''' (destaque para os backing-vocals guturais de Zé do Caixão), disco muito desaclamado pela crítica. Dentre os <s>fracassos</s> do álbum estão as músicas '''Pra seu horror I love you''', '''Não vá embora (se eu tirar o saco da cabeça)''', '''Perdão (se assustei) você'''. A turnê do álbum durou aproximadamente um ano e gerou o DVD homônimo com os melhores momentos do show (onde Marisa passa a excluir o saco de pão da cabeça e começa a cantar no nu e no cru mesmo). Coitada da platéiaplateia! o DVD vendeu cerca de 3 cópias na Rua 25 de Março, Brás e adjacências.
No fim de 2002, Marisa lança o CD e DVD '''[[Índio|Tribo-analistas]]''', projeto idealizado por ela e os parceiros psicólogos Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, que ultrapassou a marca de um milhão de fitas k7 vendidas no Brasil. O disco tem um alto teor psicológico e conta como é triste a vida de um excluído sócio-econômico brasileiro (destaque para a faixa ''' “O amor é feio” '''). Tirando ''' ”O amor é feio” ''', nenhuma outra faixa merece destaque, mas a fitinha até que é boa, viu???
49 589
edições