Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mudanças

Rotom

552 bytes adicionados, 19h09min de 5 de fevereiro de 2011
Triste história de uma mente iluminada
==Triste história de uma mente iluminada==
Afinal ele é uma lâmpada, nada mais correto.
Rotom foi uma criação do grande deus Arceus, que todo o mundo pokémon ama-adora-idolatra (estranho, afinal ele só apareceu na última série). Sua função primordial era mostrar aos seres humanos como trabalhar com eletricidade. Muito bem, é uma funçã função nobre, os seres humanos são totalmente dependentes da eletricidade hoje. Mas depois que essa brilhante tarefa foi cumprida o que restou ao pobre do rotom? Nada. Ele ficou sem papel no mundo, o que talvez explique o fato de ele ser um dos poucos pokémon lendários que podem ser capturados por uma simples e básica pokebola (só perdendo para os unows).
Rotom, então entrou em depressão, que se acentuava a cada dia já que ele não podia nem ao menos mostrar sua trsiteza, já que Arceus resolveu fazer ele sorridente e brilhante, como alguém feliz. Como naquela época os emos e qualquer coisa parecida ainda nem sonhavam em existir, Rotom, sem ter com quem se identificar resolveu se suicidar.
Mas, claro, não deu certo. Rotom era um monstrinho de bolso lendário, ou seja, ele não poderia morrer, mesmo que ele já não tivesse o que fazer na Terra. E foi assim que nasceu/morreu/renasceu o primeiro e único pokémon fantasma e elétrico do planeta. Agora que era uma alma penada o que restava a ele fazer? Claro que ficar putinho e, morto de raiva, passar a atazanar o insuportaveis humanos que lhe deram um pé na bunda depois de ele ensinar a usar a eletricidade. E foi assim que ele resolveu atacar aparelhos domésticos e conceguiu conseguiu um processo por parte de Samara do Poço. Antes de Arceus criar Rotom, uma das hipóteses é que possivelmente tenha faltado energia, então só restou a ele criar um pokémon que inutilmente não gere energia e sim, faça pipoca (microondas), picolé (geladeira), uma máquina de lavar roupa (que não limpa nem a bunda direito), um Aparador de grama pra cortar (as unhas do pé) qualquer porra que seja verde e rasteira (a qual nem eu e tenho certeza que ninguém sabe qual é) mesmo, e consequentemente um ventilador pra (disfarçar o mal-hálito) dar um couro feio no Aparador de Grama.
==Formas do Rotom==
6
edições