Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mudanças

Botafogo de Futebol e Regatas

3 bytes adicionados, 12h13min de 16 de setembro de 2011
História
Eles então fundaram um novo clube de remo, o Club de Regaças Botafogo. Infelizmente, os piromaníacos remadores tinham fobia à água, razão pela qual também não tomavam banho, e mesmo dopando todos os seus atletas o Club de Regaças Botafogo não vencia nenhuma prova, sendo vice todas as regatas para o [[Vasco]], [[Flamengo]], Boqueirão do Passeio e o Clube de [[Natação]] Infantil da Tia Tetéia.
Paralelamente, em 1904, um grupo de porteiros nordestinos [[paraibano]]s com nome de mulher resolveu fundar um clube que atendesse à comunidade dos cabeçudos retirantes no Rio de Janeiro. Surgia então o Botafogo [[Pebolim]] Clube. O nome foi escolhido porquê os paraíbas viviam de fogo, e as [[cores]] escolhidas foram o preto e branco, pois por serem desnutridos (gastavam o salário só com bebida), a paraibada era também daltônica.
O destino dos clubes se cruzou quando, durante a final de pique-bandeira da terceira divisão do Estado da Guanabara de 1942 (em que o time infantil do Flamengo foi campeão e os dois empataram em segundo lugar junto com o Vasco), o jogador Jacqueline Sodré sofreu um infarto fulminante em quadra após cheirar sete carreiras de cocaína, consumir um lote contaminado de café, e tocar punheta para a Playboy da Bibi Ferreira no vestiário.
399
edições